Sábado, 31 de Janeiro de 2009

Photoshop do Bru (30)

tags:
por João Severino às 20:59
link do post | comentar | ver pauladas (1) | favorito
| partilhar

Calão (3)

Maricas - Picolho
tags:
por João Severino às 20:58
link do post | comentar | ver pauladas (1) | favorito
| partilhar

A arte de fotografar (12)

por João Severino às 17:50
link do post | comentar | ver pauladas (2) | favorito
| partilhar

Filosofia do graxa

O engraxador de serviço no café que frequento, perguntou-me:
- Oiça lá, porque é que ninguém tem a coragem de dizer que a justiça não funciona e que é uma merda?
tags:
por João Severino às 17:33
link do post | comentar | ver pauladas (3) | favorito
| partilhar

A descoberta da pólvora

"Há muitas maneiras de esfolar um gato. No caso Freeport estão todas à vista. É um jogo em que toda a gente cometeu erros. O fim desta história pode não estar muito longe. Se o caso ficar encerrado, temos eleições antecipadas"

Ricardo Costa, director-adjunto do Expresso e irmão de António Costa, socialista na calha caso seja necessário substituir José Sócrates, hoje
tags:
por João Severino às 17:28
link do post | comentar | ver pauladas (2) | favorito
| partilhar

A melhor da semana (5)

Insídia

"s.f. emboscada; traição; aleivosia; estratagema; ardil"
(fonte: Dicionário da Língua Portuguesa, Porto Editora).
Substitui no novo léxico socialista a palavra "urdidura"

In Expresso, hoje
por João Severino às 17:20
link do post | comentar | favorito
| partilhar

Abortos a dois mil euros

Uma enfermeira fazia abortos ilegais e cobrava dois mil euros cada. Há muito disto pelo país fora.
tags:
por João Severino às 17:14
link do post | comentar | favorito
| partilhar

Absurdo

O caso Freeport parece um polvo podre. Muitas pernas, tentáculos e cheiro nauseabundo. E alguma coisa é absurda. Partindo do princípio que não existiu nada de irregular, porque será que:
- Sean Collidge, ex-patrão do Freeport, fugiu e escondeu-se?
- Charles Smith, promotor do Freeport, esteve dois dias em parte incerta?
- Manuel Pedro, promotor do Freeport, não aparece em lado algum?
- Hugo Monteiro, primo de José Sócrates, intermediário, saiu do país?
tags:
por João Severino às 16:59
link do post | comentar | favorito
| partilhar

Feio

A procuradora Cândida de Almeida foi apoiante da candidatura de Mário Soares à Presidência da República. No Ministério Público os colegas dizem que é simpatizante do PS. Tem sido responsável pelo preocesso Freeport, do qual disse na televisão que não existem suspeitos. Nos corredores da política afirma-se à boca cheia que o caso Freeport voltou a ser despolotado por "poderes ocultos" do PSD. E de repente, Cândida de Almeida anuncia que vai reabrir o processo SIRESP, conotado com o governo último do PSD...
por João Severino às 16:53
link do post | comentar | ver pauladas (1) | favorito
| partilhar

A vergonha da semana (29)

A afirmação da ministra da Saúde "chamo-lhes mercenários". Acusação despropositada que Ana Jorge proferiu a respeito dos médicos de empresas privadas que vão trabalhar à tarefa em serviços públicos.
por João Severino às 16:47
link do post | comentar | favorito
| partilhar

Bocas na rua (187)

- Ó Antunes, ouve cá! Se as eleições fossem hoje votavas em quem?
- No Sócrates, pá!
- No Sócrates?... Mesmo com estas broncas todas?
- Quais broncas?... Tu quando vais à Câmara para aprovar um projecto, o que é que fazes?
- Pago 'luvas'!
- Quando queres entrar para a polícia, o que é que fazes?
- Pago 'luvas'!
- Quando queres uma carta de condução, o que fazes?
- Pago 'luvas'!
- Quando queres ganhar um concurso de uma obra pública, o que fazes?
- Pago 'luvas'!
- Quando queres ser deputado, o que é fazes?
- Pago 'luvas'!
- Ora aí tens a resposta do meu voto... Voto sempre com a maioria...
tags:
por João Severino às 16:26
link do post | comentar | ver pauladas (1) | favorito
| partilhar

Por mares nunca dantes blogados (42)







Exoticlic
por João Severino às 16:16
link do post | comentar | favorito
| partilhar

Sidecar (5)

tags:
por João Severino às 16:01
link do post | comentar | favorito
| partilhar

A graça do cosnos (1)

Qual deles é mais rápido, a luz ou o pensamento? Uma piranha a devorar carne ou a Luciana Abreu a consumir silicone? A velocidade é, muitas espécies aprenderam, pormenor importante para a sobrevivência. Lembre-se a ligeireza com que, a meio do século passado, muitos portugueses partiam para fora do país ou com que alguns cadáveres públicos andam de cargo em cargo tentando reanimar a sua carreira. Se Portugal é um país de onde apetece fugir, quanto mais não seja pelo frio e pelas músicas do José Malhoa, certos locais do Universo aparentam ser, igualmente, tão atractivos como esse rectângulo onde já não vou faz este ano uma década... aqui
por João Severino às 15:52
link do post | comentar | ver pauladas (1) | favorito
| partilhar

Valerá a pena, senhor engenheiro?

Leio os jornais, oiço a rádio e vejo a televisão, e lamento. A loucura invadiu a comunicação social. A luta política, a luta dos interesses, a luta de certos jornalistas sem-vergonha atingiu limites inimagináveis. José Sócrates é o alvo. A abater ou a proteger. Não sei se compare este caso com o 'Watergate' de Richard Nixon, no particular de moer até sair farinha...
José Sócrates deve ter sonhado quando pequenino em ser muito rico, poderoso e viver num palácio quando fosse grande. Sócrates já foi acusado de não possuir o curso que anuncia, de ser homossexual e agora em plena praça pública de suspeito de corrupção. Um jornal diz que há e-mails fatais no caso Freeport. Outro, que há muitas coisas que o senhor tem de explicar. Outro ainda, que a sua mãe comprou uma casa a pronto num off shore. Outro, que os projectos assinados por si não eram seus. Outro, que um intermediário afirmou ter-lhe entregue 500 mil contos... etc.

A minha pergunta ao engenheiro Sócrates é simples: valerá a pena sujeitar-se a estes vexames por uma vivência palaciana? Ainda não pensou que daqui a vinte anos já não terá forças físicas para correr maratonas, esquiar na neve ou nadar nas ondas da Costa de Caparica? Valerá a pena tanta ambição ou fortuna para acabar a conversar com uma bengala no jardim? Pense nisso, senhor engenheiro...
tags:
por João Severino às 11:25
link do post | comentar | ver pauladas (2) | favorito
| partilhar

Vá chamar nomes a outro

Luísa Schmidt assina hoje no 'Expresso' um artigo ao qual deu-lhe o título, quase misterioso, "A árvore das patacas somos nós". Nos dias de hoje, em que de modo transversal se atingem vários sectores da sociedade com acusações de corrupção, suborno, fraudes, lavagens de dinheiro, compras de casa a pronto em off shores e ilícitos vários, eu quero dizer à Luísa Schmidt que vá chamar nomes a outro com essa de que a "árvore das patacas somos nós". Nós, ponto e vírgula, minha senhora. Eu sei bem o que foi a "árvore das patacas" para alguns que tiveram o privilégio de governar ou de ser arquitecto, engenheiro e advogado em Macau e que hoje usufruem de posições importantes na governação e na sociedade portuguesas.
Refiro-me a uma "árvore das patacas" que ridiculariza qualquer acusação de "luvas" no valor de 4 milhões de euros ou mesmo de 4 milhões de contos. Em Macau cheguei a ver um advogado e um governante lucrarem num só negócio mais de 10 milhões de euros. A partir dos bons tempos de administração portuguesa de Macau podemos ver em vários locais do mundo a sumptuosa riqueza de alguns portugueses, fortunas essas, avaliadas, cada uma per si, em mais de 40 milhões de euros. Parecem números astronómicos e inacreditáveis, mas não são. A lista é infindável e gigantesca. Atendam apenas a um pequeno pormenor, para que possam comparar com a "ninharia" do Freeport: só para aprovar um projecto de um edifício com pisos a mais do que era indicado, pagava-se por cada piso extra mais de um milhão de patacas*...

* Na altura 1 pataca equivalia a 20 escudos
por João Severino às 10:56
link do post | comentar | ver pauladas (3) | favorito
| partilhar

O jornal de hoje (213)


tags:
por João Severino às 10:52
link do post | comentar | ver pauladas (2) | favorito
| partilhar
Sexta-feira, 30 de Janeiro de 2009

Sondagem PPTAO (2)

A nossa equipa simples e eficiente realizou mais uma sondagem nos últimos três dias. Temos informação recolhida por via telefónica e por abordagem pessoal. Já temos três profissionais que trabalham em duas empresas de sondagens. Temos dois colaboradores para as abordagens de rua.

Entre 28 e 30 deste mês de Janeiro foram contactadas 240 pessoas, potenciais eleitores. Perguntou-se apenas qual o sentido de voto para eleições legislativas.

Resultado:

PS - 37,1%

PSD - 31,6%

BE - 13,2%

PCP - 12,1%

CDS/PP - 6,0%

tags:
por João Severino às 21:56
link do post | comentar | ver pauladas (2) | favorito
| partilhar

BCP pode sair do 'Sol'

O BCP não está disponível para ser accionista com gente que não conhece de lado nenhum. Começa a haver mais seriedade na banca...
tags:
por João Severino às 19:49
link do post | comentar | ver pauladas (1) | favorito
| partilhar

Açores: a raridade




A ilha de São Jorge, nos Açores, está com neve. Um fenómeno raro e que os jovens nunca tinham visto. As fotos belíssimas e significativas foram enviadas pelo nosso leitor João Gonçalves, a quem muito agradecemos com um grande abraço.
tags:
por João Severino às 19:16
link do post | comentar | ver pauladas (2) | favorito
| partilhar

Terras de Portugal que visitam o PPTAO (78)

CAMPO MAIOR, Portalegre
tags:
por João Severino às 17:17
link do post | comentar | ver pauladas (1) | favorito
| partilhar

Bocas na rua (186)

- É pá, em que é que devemos investir o nosso dinheiro?
- Que eu veja... É pá, só há um produto que não é tóxico!
- Qual?
- O bacalhau...
tags:
por João Severino às 17:12
link do post | comentar | favorito
| partilhar

400 quilos de cocaína num iate francês

Na Póvoa de Varzim foi apresado um iate francês que transportava 400 quilos de cocaína. E não foi ao fundo...
tags:
por João Severino às 17:07
link do post | comentar | ver pauladas (2) | favorito
| partilhar

Não se riam (77)

Cavaco Silva disse que a existência dos novos pobres se deve aos divórcios...
por João Severino às 16:01
link do post | comentar | ver pauladas (3) | favorito
| partilhar

Não é foto, é lápis! (14)

tags:
por João Severino às 15:43
link do post | comentar | favorito
| partilhar

Defenda os animais (9)

tags:
por João Severino às 15:35
link do post | comentar | ver pauladas (1) | favorito
| partilhar

A arte de fotografar (11)

por João Severino às 15:27
link do post | comentar | ver pauladas (1) | favorito
| partilhar

Humor às avessas (5)

Em homenagem a todos os brasileiros que criam anedotas a gozar os portugueses.

Um brasileiro compra a lotaria.
Mais tarde vai conferir, ao olhar para a televisão vê o número vencedor: 200345.
Olha bem para o seu bilhete e confirma o número que lhe calhou em sorte: 200345 e diz:

- Porra, cara! Brasileiro nunca ganha, só empata!!!
tags:
por João Severino às 15:22
link do post | comentar | favorito
| partilhar

Surrealismo...

... No rádio oiço Ana Paulo Vitorino. Dizem que é secretária de Estado dos Transportes. Fala que já vai adjudicar, blá, blá, um troço, blá, blá, do TGV... E diz mais: que a "terceira" travessia sobre o Tejo também, blá, blá, vai avançar até ao Verão.
Terceira travessia? Só de Abrantes até Vila Franca de Xira conheço algumas 10 travessias sobre o Tejo...
Gente culta...
por João Severino às 15:13
link do post | comentar | favorito
| partilhar

O peso do processo Freeport...

tags:
por João Severino às 15:06
link do post | comentar | ver pauladas (3) | favorito
| partilhar

Buraco



















"A crise é um buraco silencioso"


João Severino, blogger
tags:
por João Severino às 14:57
link do post | comentar | ver pauladas (1) | favorito
| partilhar

A Melhor Primeira do Mês (6)

tags:
por João Severino às 14:33
link do post | comentar | favorito
| partilhar

História de logos de marcas de carros (15)

tags:
por João Severino às 14:29
link do post | comentar | favorito
| partilhar

Defenda o 'Diário de Notícias'

Em defesa de um património com 144 anos

A história do Diário de Notícias não pode, nem deve, ser dissociada da história do País. Nos últimos 144 anos, o jornal fundado a 29 de Dezembro de 1864, por Thomaz Quintino Antunes e Eduardo Coelho, tem estado presente nos momentos mais históricos da sociedade portuguesa.
Em 1864, por exemplo, quando a maioria dos periódicos não escondia a sua veia de combate político, o Diário de Notícias apostou na sobriedade informativa e na prioridade factual. Sempre aliada à atracção de alguns dos nomes mais importantes da cultura nacional. Nestas páginas escreveram, entre outros, Ramalho Ortigão, Eça de Queirós, Pinheiro Chagas e José Saramago.
Ao longo dos anos, contra crises mundiais e nacionais, sobreviveu a tudo e a todos, ultrapassou o Antigo Regime, defendeu a liberdade e implantou-se como uma das maiores referências nacionais e internacionais na história do jornalismo. 144 anos a informar Portugal e a inaugurar novos géneros jornalísticos: o Editorial, a Grande Reportagem, as grandes entrevistas.
Momentos houve, porém, em que algumas forças pareceram querer aniquilar o DN, colocando em causa a sua subsistência. Com sucessivas vendas e privatizações, muitas vezes causadoras de enormes perturbações no seio de uma redacção que apenas tem procurado informar Portugal, sempre com o máximo de rigor.
Nunca, porém, a precariedade dessa sobrevivência foi tão notória como hoje, sendo tempo de todas as forças vivas da sociedade portuguesa reclamarem contra o definhamento da identidade de uma instituição centenária que sempre as representou.
Num difícil momento económico-financeiro, nacional e internacional, são cada vez mais nítidos os indícios de que o grupo Controlinveste está a usar a crise como pretexto para levar a cabo uma reestruturação, longamente pensada, e que conduzirá ao despedimento, sem qualquer tipo de critério explicável, de 122 trabalhadores, dos quais mais de 60 são jornalistas do Diário de Notícias, JN, 24 Horas e O Jogo.
E ainda com o maior processo de despedimento de trabalhadores de que há memória nas últimas décadas no sector da Comunicação Social a decorrer, projecta-se já a criação de diversas sinergias que irão destruir a identidade dos dois jornais centenários de que o grupo Controlinveste é proprietário: o JN e o Diário de Notícias.
Se o processo não for travado, os dois jornais, mesmo que mantenham cabeçalhos diferenciados, serão apenas suportes de conteúdos sem alma. A ideia não é nova e, com a concentração dos media e as alterações legislativas no Estatuto do Jornalista, feitas à medida dos interesses dos grupos económicos, está em pleno curso.
É agora prática corrente a figura do “enviado notícias”, jornalista de um dos dois títulos em serviço no estrangeiro e que vê a sua reportagem publicada, ipsis verbis, em ambos, ainda ontem concorrentes, mesmo que integrados no mesmo grupo.
Correm igualmente rumores sobre a ideia de criar, à custa do despedimento de fotojornalistas, uma agência fotográfica cujos membros integrantes trabalharão, indiscriminadamente, para os jornais Diário de Notícias, 24Horas e O Jogo, constituindo a primeira grande machadada nas matrizes identitárias das publicações. O JN entrará logo depois nesse esquema.
Num jornal que se pretende de referência e internacional, opta-se agora pela redução drástica das redacções do Porto e Coimbra e extingue-se a de Leiria, reforçando ainda mais a crença de que o Diário de Notícias é, apenas, “um jornal de Lisboa”.
O resto virá a seguir. Os jornais do Grupo Controlinveste passarão a ser, não importa se sob uma ou várias marcas, veículos de um pensamento único. Pensando apenas na optimização de recursos, descaracterizam-se redacções e nada impedirá que secções sejam extintas, uma vez que, nesta visão redutora, um só jornalista chegará para alimentar quantos jornais e páginas da Internet for necessário.
É pela identidade de cada meio de informação que os profissionais se batem, até porque é essa mesma identidade - editorial e de conteúdos – que os levou a optar pelo jornal em que trabalham. E é ela também que permite a manutenção dos leitores do DN e a eventual conquista de outros. Caso contrário, o que é que leva um leitor a optar pela compra do DN?
De forma brusca e pouco pensada, caminha-se a passos bem largos para a total descaracterização de um jornal que marcou a agenda nacional, que incomodou governos e desassossegou sectores que se sempre se sentiram protegidos. Qualidade jornalística tal que levou mesmo a que, em 1983, a UNESCO considerasse o Diário de Notícias “o jornal de referência de Portugal”.
A 11 de Abril de 1975, no calor do pós-Revolução de Abril, o director Luís Barros e o futuro Nobel da Literatura José Saramago alertavam o País: "O DN é importante de mais para que os seus trabalhadores aceitem vê-lo transformar-se em feudo de alguém. Esta Casa precisa de todos e será obra de todos". É pois chegado o momento de não apenas os trabalhadores desta casa, mas a própria sociedade portuguesa sair em defesa de um jornal que não pode perder a sua identidade.

Em defesa deste grande jornal assine esta petição:


http://www.petitiononline.com/defesadn/petition.html
tags:
por João Severino às 14:11
link do post | comentar | ver pauladas (3) | favorito
| partilhar

Ai é?...

tags:
por João Severino às 12:07
link do post | comentar | ver pauladas (1) | favorito
| partilhar

Sidecar (4)

tags:
por João Severino às 11:51
link do post | comentar | ver pauladas (1) | favorito
| partilhar

Humor às avessas (4)

No Alentejo, um autocarro que transportava políticos chocou com uma árvore. Pouco depois chegou um jornalista e perguntou a um alentejano que estava por ali com uma pá na mão:

- O senhor viu o que se passou?
- Vi, sim senhor! O autocarro com os políticos espetou-se no chaparro.
- E onde estão os políticos?
- Enterrei-os!
- Mas, então não estava nenhum vivo?
- Alguns diziam que sim, mas o compadre sabe como são os políticos...
tags:
por João Severino às 11:11
link do post | comentar | favorito
| partilhar

Mais 71 hipers

A informação caiu nas redacções como que para animar as hostes da crise económica. "Portugal vai ter mais 71 super e hipers este ano". Ora aqui está um filme visto ao contrário. O realizador ainda não leu o guião. O problema não é a construção de mais 10, 40, 70 ou 100 supermercados. O que é vital para a sobrevivência de todos nós é saber se a crise que nos foi oferecida pelos exploradores do capitalismo selvagem terá alguma vez, no futuro, a possibilidade de permitir que continuem a existir alimentos para todos. Segundo os especialistas, corremos o risco de ver o planeta sem alimentos suficientes para dar de comer a toda a gente.
Podem abrir os hipers que quiserem, mas seria bom certificarem-se primeiramente com segurança se não vão ficar, dentro de pouco tempo, com os estabelecimentos às moscas...
por João Severino às 10:58
link do post | comentar | ver pauladas (2) | favorito
| partilhar

Governo a portar-se mal

viola segredo de justiça.
por João Severino às 10:50
link do post | comentar | favorito
| partilhar

Pouco cândida

Cândida Almeida não é uma magistrada qualquer do Ministério Público. E mesmo que fosse escreveria a mesma coisa. Ela é chefe, é coordenadora de processos relevantes e mediáticos, é da confiança extrema do procurador-geral da República. Ontem, esta senhora deixou-nos perplexos. Mais parecia um qualquer José Lello, Santos Silva ou Vitalino Canas a correr as "capelinhas" justificando o injustificável. Não gostei. Se existe segredo de justiça para umas coisas e para uns, tem de ser igual para outros.
Cândida Almeida nunca veio a terreiro falar de Oliveira e Costa e das suas implicações no caso BPN, de Vale e Azevedo e dos processos que continuam pendentes com os "ingleses", da 'Operação Furacão' que envolve tanta gente 'importante', de João Rendeiro e os problemas com o BPP, de Dias Loureiro, de Fátima Felgueiras, de Pinto da Costa, de Valentim Loureiro, de Isaltino Morais, de Pedro Santana Lopes, de Telmo Correia, de Nobre Guedes, de Paulo Portas, de Carmona Rodrigues, dos implicados no caso Casa Pia e de tantas outras personalidades conhecidas da sociedade portuguesa que têm sido alvo de suspeitas judiciais.
Interrogamo
-nos do propósito de tanta entrevista e de tanta lisura na assunção de enquadramentos judiciais que até ontem eram apresentados como sendo segredos procesuais para se manter o silêncio sobre os mesmos da parte do MP.
Não, alguma coisa esteve mal na esfera da independência exigida ao poder judicial. Não é com falatório deste calibre que se convence o povinho de que a Justiça é séria e que tudo vai bem no reino de Pitágoras...
tags:
por João Severino às 10:21
link do post | comentar | ver pauladas (3) | favorito
| partilhar

O jornal de hoje (212)

tags:
por João Severino às 10:19
link do post | comentar | ver pauladas (3) | favorito
| partilhar
Quinta-feira, 29 de Janeiro de 2009

A arte de fotografar (10)

por João Severino às 23:16
link do post | comentar | ver pauladas (1) | favorito
| partilhar

Muito culta...

A ministra da Saúde acha que Praga é capital da Eslováquia.
por João Severino às 21:53
link do post | comentar | ver pauladas (2) | favorito
| partilhar

Lésbicas ao poder

Islândia deverá ter a primeira chefe de Governo lésbica do mundo.

tags:
por João Severino às 19:34
link do post | comentar | ver pauladas (2) | favorito
| partilhar

Não é foto, é lápis! (13)

tags:
por João Severino às 19:18
link do post | comentar | ver pauladas (1) | favorito
| partilhar

Como eu vejo as mulheres (14)


Cultas e analfabetas







photo Daniel Oliveira

tags:
por João Severino às 19:11
link do post | comentar | ver pauladas (1) | favorito
| partilhar

Trabalhadores da Controlinveste dispostos a lutar

Os trabalhadores da Controlinveste exigem a retirada dos processos de despedimento colectivo e a abertura imediata de negociações entre as empresas e os sindicatos.
por João Severino às 19:09
link do post | comentar | favorito
| partilhar

Humor às avessas (3)

- Ó Zé, vais demitir-te?
- Não, pá! Vou fazer um teste de resistência...
tags:
por João Severino às 19:04
link do post | comentar | ver pauladas (1) | favorito
| partilhar

Freegate: Sócrates desmente tudo

O primeiro-ministro voltou a abordar o assunto Freeport com uma intervenção em directo na televisão. José Sócrates manteve o que tem dito. Trata-se de uma calúnia para o denegrir pessoal e politicamente, e que irá continuar a governar com determinação.
tags:
por João Severino às 18:46
link do post | comentar | favorito
| partilhar

Sócrates não recebeu nada

EXCLUSIVO

Esta tarde mantivemos uma conversa com uma personalidade que exerceu funções no gabinete do ministro do Ambiente, José Sócrates, e que, por sinal, hoje não é apoiante da política liderada pelo actual primeiro-ministro.

PPTAO - Estas notícias sobre o Freeport têm fundamento?
Interlocutor - Podem ter!
- Com a envolvência do ex-ministro do Ambiente, José Sócrates?
- Nem pensar! Posso assegurar-lhe, eu que trabalhei directamente com ele enquanto ministro do Ambiente, que não é pessoa para entrar por esses caminhos. Discordo hoje da maioria das políticas que o engenheiro Sócrates protagoniza, mas tenho a certeza que sobre o processo de licenciamento do Freeport, o engenheiro Sócrates não recebeu quaisquer "luvas".
- Mas disse-me que poderia haver fundamento para as acusações...
- Para as acusações sobre o movimento de "luvas" pode ser uma hipótese viável, mas as "luvas" podem ter ido parar a mãos que não as do primeiro-ministro.
- Caso do seu tio e primo?
- É uma possibilidade a ter em conta. Há muita gente que se aproveita do parentesco com pessoas situadas em cargos de importância política e que intermeiam projectos.
- Com movimento de dinheiros?
- Com certeza e em muitas áreas da governação. Muitas vezes dizendo aos interlocutores que terão de adiantar uma quantia determinada para entregar ao director, ao secretário de Estado ou ao ministro e essas pessoas nunca sabem de nada.
- E passam por corruptos...
- Sim! Aos olhos desses interlocutores que entregam dinheiro aos intermediários, os quais afirmam destinar-se aos familiares que ocupam lugares importantes, a imagem de certos políticos está de rastos.
- Então, é convicção sua que José Sócrates está inocente no caso Freeport?
- No que respeita a ter recebido dinheiro tenho a certerza absoluta que estará inocente.
- E acha que todo este caso nos média pode levar o primeiro-ministro a demitir-se e a provocar eleições antecipadas?
- Olhe, o primeiro-ministro vai esta tarde, penso que por volta das dezoito horas, falar ao País. Tenho a certeza que não será para anunciar a demissão de chefe do Executivo... não faz o seu estilo e ele deve sentir-se muito forte mentalmente porque sabe que está inocente... eu, hoje em dia, sou um dos maiores críticos das suas políticas, mas neste assunto veremos quem é que conseguirá provar que ele foi corrupto.
- Na sua interpretação a que se deve o regresso deste caso?
- Por mera perseguição política. A oposição está de rastos e não tinha outro caminho para o destruir...
tags:
por João Severino às 17:05
link do post | comentar | ver pauladas (8) | favorito
| partilhar

Chá das cinco (139)

tags:
por João Severino às 16:53
link do post | comentar | favorito
| partilhar

Terras de Portugal que visitam o PPTAO (77)

ESTÔMBAR - Algarve
tags:
por João Severino às 12:13
link do post | comentar | favorito
| partilhar

Só um cego não via

BPP pode fechar.
tags:
por João Severino às 12:07
link do post | comentar | ver pauladas (1) | favorito
| partilhar

História de logos de marcas de carros (14)

tags:
por João Severino às 11:38
link do post | comentar | favorito
| partilhar

Photoshop do Bru (29)

tags:
por João Severino às 11:33
link do post | comentar | favorito
| partilhar

Sidecar (3)

tags:
por João Severino às 11:31
link do post | comentar | favorito
| partilhar

Calão (2)

Guarda-nocturno - Sereno
tags:
por João Severino às 11:30
link do post | comentar | favorito
| partilhar

Sócrates feito aos bifes

Os ingleses querem ver as contas bancárias do cidadão José Sócrates. Agora? E o rabinho lavado com água de colónia, não querem? É que isto já cheira mal...
tags:
por João Severino às 11:27
link do post | comentar | favorito
| partilhar

Freegate: ora aí está

A teoria que avancei ontem sobre o Freeport ter sido um must bem engendrado pela máquina de comunicação que está por trás de José Sócrates, a fim de poder culminar com a impossibilidade de governar e consequente realização de eleições antecipadas, foi precisamente estampada esta manhã para todo o País e Regiões Antónomas poderem ouvir.
Através da Antena 1 ouvimos claramente o comentador da corte socretina, Raul Vaz, a deambular pela falta de condições que o primeiro-ministro pode ter para governar e, nesse sentido, rematou o comentador: "ter-se-á que ir para eleições antecipadas".
Ora aí está...
tags:
por João Severino às 10:12
link do post | comentar | ver pauladas (4) | favorito
| partilhar

O jornal de hoje (211)


tags:
por João Severino às 10:09
link do post | comentar | ver pauladas (2) | favorito
| partilhar

pptao

Um blogue onde deixarei simples observações sobre o que vai acontecendo à nossa volta neste mundo global. Também serve de contacto com imensas pessoas que gostaram de mim. O título do blogue? Porque sempre fui "pau para toda a obra". Obrigado por ter vindo. “Morrendo estou na vida, em morte vivo; / vejo sem olhos, e sem língua falo; / e juntamente passo glória e pena.”, Camões

widgets

arte

João Eduardo Severino

Create Your Badge

a frase

"A vida é muito curta para termos inimigos"
Ayrton Senna

Fevereiro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28

links

arquivos

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

cv

Jornalista com a Carteira Profissional nº 278. Já restam poucos do meu tempo. Como último cargo fui director e proprietário do diário 'Macau Hoje'. Pode ler o meu CV completo na primeira mensagem de Outubro de 2007.

subscrever feeds

visitantes


widgeo.net

tags

todas as tags