Quinta-feira, 31 de Março de 2011

guerra civil em portugal

 

 

 

> Quem ouve o Presidente da República a falar e simultaneamente Francisco Assis, Silva Pereira e Teixeira dos Santos pode naturalmente pensar que em Portugal, mais tarde ou mais cedo, irá acontecer uma guerra civil, nem que seja ao murro. O governo do PS enterrou a economia e deixou o país à beira da bancarrota e ainda vem comportar-se com a maior falta de dignidade jamais vista.

É importante e necessário que o Governo salve o país da bancarrota. Para isso, terá de contrair empréstimos a entidades estrangeiras. Cavaco Silva declarou perante o povo de que o Governo em gestão pode realizar perfeitamente esse desiderato. Mas, a vingança do PS serve-se fria e anuncia que estando o Governo em gestão não tem poderes nem condições para contrair empréstimos. Está verdadeiramente a brincar com o povo e quando esse mesmo povo sentir que está a cair no poço, cuidado com o que pode acontecer.

O PS que sempre teve uma atitude de grande responsabilidade pelos valores da liberdade e da democracia, está agora a empurrar os portugueses para o confronto grave, do qual pode resultar um regime ditatorial. Os actuais dirigentes do PS estão a encaminhar as responsabilidades da crise em que vivemos para o seio dos outros partidos, quando o povo sabe perfeitamente que a responsabilidade da situação apenas se deve a uma má governação nos últimos seis anos.

No caso de o Governo não assumir as suas obrigações de continuar a contrair a necessária intervenção financeira junto de entidades estrangeiras, assistiremos certamente a algo de muito grave no comportamento de quantos deixam de ter salário, aposentação, reforma, pão e leite.

Apelamos à sensibilidade patriótica da maioria dos socialistas que não se revê na liderança actual do PS, no sentido de tomar uma posição radical que obrigue os governantes a evitar que a violência generalizada se apodere dos portugueses.

 

por João Severino às 21:08
link do post | comentar | ver pauladas (1) | favorito
| partilhar

se calhar foi um curso igual ao do outro

 

> Puro Prazer era uma empresa cujos sócios eram Paulo Campos, actual secretário de Estado e Marcos Baptista, administrador dos CTT. Há muito que se duvidou da veracidade da licenciatura que Marcos Baptista introduziu no CV. Desde 2005 que nos CTT o "senhor doutor" aufere rendimentos inerentes à função. Será que vai devolver todo o dinheiro recebido ilegalmente?, porque o referido administrador deixa os CTT após suspeitas sobre falsificação de currículo.

Ou terá sido por Puro Prazer?...

 

 

 

 

 

 

por João Severino às 20:38
link do post | comentar | favorito
| partilhar

conselho de estado

 

> - É pá, acabei de reunir o conselho de estado!

 

- Ó pá, de qual estado?

 

- Do estado da minha saúde...

 

© jes

 

por João Severino às 19:06
link do post | comentar | ver pauladas (1) | favorito
| partilhar

na tvi está muito calor

 

 

> Se a temperatura do ar subiu hoje em Lisboa para os 25 graus, na TVI o ambiente tem andado muito mais quente. O calor na redacção entre os jornalistas queima e se pega fogo a alguém poderá ir parar à secção das queimaduras vs prateleira...

 

Então, é assim: (vendida como me a vendeu um jornalista da TVI). Como sabem o Conselho de Redacção demitiu-se. Ninguém soube as razões. São muitas, mas tudo começou a descambar quando a "doutora" Judite de Sousa começou a querer ser a patroa da Informação. Realmente os vícios da RTP são insuportáveis para gente normal...

A Judite tem estado ávida de aparecer no ecrã e já fez o frete ao Teixeirinha dos Santos para uma entrevista onde o ministro irá explicar o que não tem explicação. Mas, o copo entornou quando a jornalista ex-RTP perguntou se já tinham pensado na cobertura jornalística do casamento do príncipe Williams, em Londres. Responderam-lhe que sim e até lhe indicaram o nome do jornalista que já tinha sido escalado para esse trabalho. Vaidade das vaidades, Judite respondeu que não seria assim e que a reportagem em directo do casamento real seria realizada por ela, elle méme.

E pronto, quem manda aqui sou eu, eu é que sou a vedeta e sou eu que vou. E assim, o ambiente na TVI está como podem imaginar...

 

por João Severino às 16:47
link do post | comentar | favorito
| partilhar

mais de seis milhões já viram estes bebés gémeos a conversar

 

 

 

por João Severino às 16:30
link do post | comentar | ver pauladas (3) | favorito
| partilhar

e o que têm a dizer as jogadoras da selecção feminina de futebol?

 

> Clínica privada afasta médico suspeito de abusos sexuais e que esteve na selecção feminina.

 

 

 

 

por João Severino às 16:19
link do post | comentar | favorito
| partilhar

aaaaah!... foi golpe?!...

 

 

> António Barreto: Crise política é “golpe” de Sócrates para se vitimizar.

 

 

 

 

por João Severino às 16:11
link do post | comentar | favorito
| partilhar

imperdível

 

por João Severino às 16:01
link do post | comentar | favorito
| partilhar

desafio 60

 

 

 

 

Jorge Cabral*

 

 

SANTANA LOPES E OS PONTAPÉS NO BERÇO

 

Senhor Santana,

 

Se fossemos uma monarquia V. Exa. seria o bobo. Mais, se fossemos uma monarquia e o rei fosse o Don Juan já lhe teria dito “callate”. Mas não somos! Somos uma república e o nosso Presidente só soube traduzir este quadro em “moeda falsa”. Mas para bom entendedor…

Se bem me lembro, V. Exa. soube, com suficiente prosápia, mas com alguma infelicidade, criar a imagem dos pontapés no berço, onde V. Exa., metaforicamente falando, estaria tranquilo e deleitado em sonhos de poder e de bajulação das tias deste “rectângulo”.

Na altura reconheci-lhe alguma razão; não porque lhe reconhecesse valor para o lugar que inadvertidamente e sem dignidade ocupou, mas porque a atitude de corrosão e maledicência, perpetrada pelos seus pares me pareceu de grande baixeza.

 

Na verdade, V. Exa. não tinha/tem qualquer competência para o lugar que ocupou, e só alguém sem o mínimo de consistência, responsabilidade, dignidade ou autoridade, se deixa primeiro, conduzir para tal situação, e, posteriormente, varrer insultuosamente como lixo, como o Sampaio lhe fez. Possuidor de uma maioria absoluta, V. Exa. não teve a mínima capacidade para se impor, simplesmente porque não era merecedor do lugar, nem tinha a mínima noção do que fazer com ele, o que parece configurar alguma demência e uma considerável imbecilidade.

Mas o mais grave de tudo é que V.Exa. com o seu diletantismo habitual e uma enorme superficialidade em tudo o que aborda, insiste em continuar numa linha de irresponsabilidade e de inconsistência, contrariamente à atitude que lhe poderia grangear respeito e dignidade.

Lamento ter que lhe fazer um convite sério para que se cale e deixe de nos envergonhar. Simplesmente porque alguém que foi já primeiro-ministro não deve, melhor, não pode proferir as leviandades que V. Exa. tão insultuosamente, para o bom senso, para a inteligência e para a razoabilidade, tão facilmente parece insistir em corporizar.

 

Naquele célebre debate televisivo com José Sócrates é que o senhor teve toda a oportunidade de mostrar quem era, quem é, o que valia e o que vale. E fê-lo! V. Exa. mostrou ignorância nas matérias abordadas.

V. Exa. é o paradigma dos irresponsáveis que se têm apoderado das rédeas dos poderes deste pobre país e conduzido as suas simples e crédulas gentes ao lugar andrajoso, pungente e impensável em que nos encontramos. V. Exa. é bem o estereotipo dos políticos que me provocam profundfa náusea.

Há-os sérios e capazes mas, os do seu estilo tudo farão para se lhes opôr.

Não incomode mais os portugueses.

 

 

*Colaborador residente

 

 

 

 

por João Severino às 11:34
link do post | comentar | favorito
| partilhar

trabalho sem trabalho

 

 

> À porta do Ministério do Trabalho estavam seis motoristas do Ministério em plena cavaqueira e a fumar o cigarrito da praxe, porque os seus "patrões" estariam no gabinete, possivelmente a ler o jornal, a tomar o café, a navegar na net e ao telefone a marcar a viagem de férias da Páscoa. Só naquele Ministério estão ali seis carros parados, seis motoristas a olhar para o boneco e que, muitas das vezes, têm que aguardar, durante horas extraordinárias, que os seus "patrões" acabem a jantarada para os transportar para casa.

A despesa pública reduz-se de todas as formas. Para quando a existência de carros com motorista na estrutura governamental apenas para ministros e secretários de Estado? Na Suécia, até os ministros utilizam os transportes públicos...

 

tags:
por João Severino às 10:40
link do post | comentar | ver pauladas (2) | favorito
| partilhar

vem aí o benfica-porto

 

por João Severino às 10:13
link do post | comentar | favorito
| partilhar

o senhor lopes devia ter vergonha

 

 

> Pedro Santana Lopes num país que não estivesse à beira da bancarrota nem sequer era ouvido pelos engraxadores. E à beira da bancarrota por quê? Pelas asneiras que centenas de senhores como o senhor Lopes levaram a cabo. Destruiram a economia e deixaram o povo a pão e água e ainda se atrevem a mandar palpites para enganar tias de Cascais e da avenida de Roma. O senhor Lopes se tivesse vergonha não abria a boca sobre política ou sobre líderes políticos durante um século, depois do que fez como primeiro-ministro. O senhor Lopes num momento em que o seu (?) partido se está a reorganizar, a unir, a cativar mais gente, que tem um líder eleito [e que o derrotou] e que nunca andou pelos corredores do poder a "mamar", vem arrasar o líder do seu (?) partido da forma mais indecente. Se o PSD não serve para o senhor Lopes, por que não cumpriu o que ameaçou? Experimente criar um novo partido, o seu, e verá o resultado "extremamente positivo" que obtém em quaisquer eleições, para aí uns 0,1% dos votos nacionais...

 

tags:
por João Severino às 09:58
link do post | comentar | ver pauladas (1) | favorito
| partilhar
Quarta-feira, 30 de Março de 2011

as mentiras sobre a gnr

 

 

> Anda por aí um(a) aprendiz de feitiçaria, aliás, de jornalismo, a perseguir os actuais comandos da GNR com notícias falsas e a escrever sem ter a noção do que faz. Aconselha-se a aprender a ouvir as fontes credíveis e ir directamente a quem sabe. Quando se afirma que a GNR anda a gastar mais dinheiro, o/a articulista deveria tentar saber o que se passou.

Acontece que o ex-ministro da Administração Interna, António Costa, teve a infeliz ideia, [eventualmente aconselhado por uma empresa que ganhou uma fortuna] de acabar com as Brigadas de Trânsito, Fiscal e Territoriais. Nesse tempo, quando decorriam reuniões dos comandos das brigadas eram apenas nove militares que se sentavam à mesa dos trabalhos. Depois do senhor Costa "destruir" as referidas brigadas, foram criados "inteligentemente" comandos por todo o país. Quase mais que as mães, atendendo ao exagero figurado. Mas, aqui é que está a verdade: agora são comandantes às dezenas e as despesas com toda a nova estrutura triplicou. E a culpa é de quem assumiu recentemente o comando das tropas? Hum... E ainda dizem que os cursos de jornalismo têm interesse. Só se for para decorar as paredes da arrecadação...

 

tags:
por João Severino às 19:13
link do post | comentar | favorito
| partilhar

abutres

 

 

por João Severino às 16:52
link do post | comentar | ver pauladas (1) | favorito
| partilhar

é urgente fugir da líbia

 

por João Severino às 16:51
link do post | comentar | ver pauladas (1) | favorito
| partilhar

chegou a vez de portugal

 

> 'Japan Times' dedica hoje editorial à situação em Portugal

 

"E agora chegou a vez de Portugal", diz hoje o Japan Times, num editorial dedicado à crise política, financeira e económica do país e à questão do fundo de resgate na União Europeia.

Lembrando que Portugal sempre foi um dos mais pobres Estados de toda a Europa Ocidental, o jornal considera que a dor da austeridade deveria ser suportada por todos sem excepção. "Nenhuma classe de cidadãos deveria ficar isenta".

O jornal japonês prossegue sublinhando que os líderes europeus sabem que têm um problema para resolver e que, depois do adiamento das questões relativas ao fundo na última cimeira, "a dúvida sobre a capacidade da Europa de apoiar as suas economias em crise vai persistir".

O facto de este jornal dedicar um editorial à crise de Portugal, numa altura em que o país em que é publicado enfrenta uma emergência humanitária e um desastre nuclear sem precedentes, na sequência do sismo e do tsunami de dia 11, ilustra bem a preocupação que a situação portuguesa também suscita no resto do mundo. (DN)

 

por João Severino às 16:22
link do post | comentar | favorito
| partilhar

a que horas é que se demite o senhor martins?

 

> Inquérito e buscas aos pagamentos à mulher de ministro da Justiça.

 

 

PAU COMMENTS

 

De Carmindo Mascarenhas Bordalo a 30 de Março de 2011 às 19:22
 
O Senhor Martins tem um único dado curricular, que lhe tem matado a fome durante 37 anos: disse umas lérias ao Almirante Américo Tomás (e, segundo a malta de Coimbra, até lhe apalpou o traseiro).

 

tags:
por João Severino às 16:12
link do post | comentar | ver pauladas (2) | favorito
| partilhar

a grande verdade

 

DIVULGUE POR TODOS OS AMIGOS

 


 

por João Severino às 15:53
link do post | comentar | favorito
| partilhar

declare a independência

 

 

> Açores recusa suspender o processo de avaliação de desempenho dos professores.

 

 

 

 

tags:
por João Severino às 09:46
link do post | comentar | ver pauladas (1) | favorito
| partilhar

é o povo, pá!

 

> Quem somos
Não importa quem somos, mas aquilo que nos junta. Somos gente farta da falta de oportunidades e cansada do discurso mentiroso que afirma «não há outro caminho». Somos gente cujo investimento e sacrifícios dos pais na nossa educação resultou em desemprego e precariedade e ofende-nos ouvir dizer que a culpa da nossa precariedade é dos direitos que a geração deles conquistou. Somos gente que defende o trabalho digno e com direitos, independemente da idade e habilitações literárias. Somos gente que está farta de ter a vida congelada e o futuro, nosso e dos nossos filhos, adiado. Porque não nos resignamos, protestamos. Exigimos respeito e reclamamos o direito à dignidade e ao futuro.

Ao que vimos
Vimos dizer que não nos comem por parvos. Não aceitamos o discurso que nos impõe a precariedade como forma de organização do trabalho. Desconfiamos de quem nos diz que «tem que ser assim» e «este é o único caminho» acenando com a chantagem da falta de patriotismo. Este país também é nosso e temos direito a cá viver e trabalhar. Exigimos pluralidade de opiniões porque sabemos que é nesse confronto que se encontram caminhos. Não aceitamos o pensamento único e sabemos que chegámos até aqui porque foram feitas escolhas: decidiram converter as pessoas em clientes e contribuintes. Nós dizemos que essas escolhas são erradas.

Porquê o BPN
Quando falamos do buraco nas contas públicas deixado pelo BPN referimo-nos a cerca de 6500 milhões de euros, ou seja, a mais de 13 milhões de salários mínimos, mais de um salário mínimo por cada habitante deste país.

A Caixa Geral de Depósitos enterrou directamente no BPN cerca de 4600 milhões de euros, a somar aos 2000 milhões de euros em imparidades (activos tóxicos), o que perfaz cerca de 4% do PIB. Explicitando: este valor assemelha-se ao encaixe total que o Estado português prevê fazer com o plano de privatizações. Dito de outra forma, assemelha-se ao valor previsto pelo plano de austeridade de 2010, em que para o cumprir foram necessários os PEC, mas também o fundo de pensões da PT, no valor de 1600 milhões de euros. Este é o valor da factura que todo nós estamos a pagar.

Quase três anos após a falência do BPN, podemos dizer que aquilo que estamos a pagar é a fraude,a promiscuidade entre a política e a finança, a cumplicidade e a troca de favores, os offshores, a evasão fiscal. Enfim, estamos a pagar o preço de um crime que não cometemos.

O caso BPN configura o processo de desagregação do Estado democrático, onde se salvam os accionistas e as entidades reguladoras, onde se escolhe salvar os activos nacionalizando os prejuízos à conta dos impostos que pagamos. O caso BPN diz-nos que em Portugal a fraude compensa e, quando esta vence, a democracia perde. Portugal está transformado num país onde há Estado máximo para alguns e Estado mínimo para quase todas as outras pessoas.

Quando nos dizem que o tempo é de sacríficios , sabemos que a sua distribuição não é justa nem democrática. Quem escolhe salvar Bancos para salvar amigos legitima a corrupção. Para o fazer, corta onde é mais necessário: nos serviços públicos e nas prestações sociais.

Não nos falem de austeridade, falem-nos de  justiça.

 

publicado no blogue http://eopovopa.wordpress.com/

 

 

PAU COMMENTS

 

De a.marques a 30 de Março de 2011 às 09:50

 

Um dos mais antigos métodos da democracia. www.peticaopublica.com

ASSINAR esta Petição

Petição Cidadania Para:Portugueses
Os partidos políticos são importantes em democracia mas não podemos deixar que a subvertam. O fim da podridão tem que começar pela Constituição. Com a regra simples de que não podem ser os que em principio vão a jogo a definir a seu contento as próprias regras de participação e representação. Portugal, sempre dado a tudo imitar do que é supérfluo , distorcido e indigente deve meditar neste exemplo que sopra da Islândia bem escondido pelos interesses instalados:
"Para as mudanças constitucionais, outra vitória popular: a coligação aceitou criar uma assembleia de 25 islandeses sem filiação partidária, eleitos entre 500 advogados, estudantes, jornalistas, agricultores, representantes sindicais, etc. A nova Constituição será inspirada na da Dinamarca e, entre outras coisas, incluirá um novo projecto de lei, o Initiative Media - que visa tornar o país porto seguro para jornalistas de investigação e de fontes e criar, entre outras coisas, provedores de internet." Portugal inteiro deve exigir uma Constituição soberana de raiz , que brote límpida da sociedade civil e liberta dos vícios que nos atrofiam. Pelo fim á ditadura dos acantonamentos partidários.

 


 

por João Severino às 09:36
link do post | comentar | ver pauladas (2) | favorito
| partilhar

25a

 

 

 

 

> - É pá, por que é que não se comemora o 25 de Abril?

 

- Para que o Vasco Lourenço não continue a engordar...

 

© jes

 

por João Severino às 09:12
link do post | comentar | favorito
| partilhar

por que é que o país não é todo assim?

 

> Comissão de Trabalhadores da Autoeuropa satisfeita com contrapartidas pelo aumento de produção.

 


por João Severino às 09:09
link do post | comentar | ver pauladas (1) | favorito
| partilhar

amigos

 

por João Severino às 09:00
link do post | comentar | favorito
| partilhar
Terça-feira, 29 de Março de 2011

tgv do mendonça já anda nas nuvens

 

por João Severino às 22:37
link do post | comentar | favorito
| partilhar

bruno de carvalho e godinho lopes comem-se vivos

 

por João Severino às 22:23
link do post | comentar | favorito
| partilhar

já não há ajuda

 

> Lula e Dilma antecipam regresso ao Brasil após morte de José Alencar.

 

 

 

 

tags:
por João Severino às 22:19
link do post | comentar | favorito
| partilhar

um e outro

 

> José Sócrates diz que tudo fará para não haver ajuda externa.

 

- Passos Coelho apresenta programa de apoio às "vítimas” da austeridade.

 

 

 

 

 

 

por João Severino às 22:11
link do post | comentar | favorito
| partilhar

lixo

 

 

 

 > - É pá, ouvi no rádio a dizerem que o BCP Millennium é lixo!

 

- Ó pá, desse lixo eu recolho-o todo, já!...

 

© jes

 

 


 

por João Severino às 11:24
link do post | comentar | ver pauladas (1) | favorito
| partilhar

fmi

 

> Esta manhã, na rádio Antena 1, a socialista Ana Gomes [possivelmente uma das portuguesas mais viajadas] falou desde a Grécia. Explicou tudo o que o FMI tem feito aos gregos. O quadro pareceu-me muito negro, mas foi séria ao referir que os gregos andaram muito tempo a fazer batota e a falsificar as contas. A senhora eurodeputada acabou por dizer que agora o governo grego está a ser aconselhado a vender umas ilhas.

Ops! Ainda bem que temos as Berlengas...

 

 

 

FMI na Grécia:

 

Sector Público

 

  • Corte do subsídio de férias e natal para todos os empregados públicos que ganhem mais de 3000€/mês brutos. Quem ganhar menos de 3000€ vai receber 250€ pela Páscoa, 250€ no Verão e 500€ no Natal;  
  • Reduzir os subsídios de 8 a 20% no sector público estado e 3% nas empresas públicas  
  • Uniformizar todos os salários pagos pelo estado;  
  • Congelar todos os salários do sector público até 2014.


 

Sector Privado

 

  • Chegou-se a um acordo colectivo, assinado em 15 de Julho, pelo qual os empregados do sector privado na Grécia continuam a receber o seu salário anual em 14 pagamentos (chegou a ser sugerido passar para 12 pagamentos). Não houve aumentos em 2010 e prevê-se aumentos de 1.5 a 1.7% para 2011 e 2012 – muito abaixo da inflação actual que ronda os 5.6%.  
  • Imposição de um imposto aplicado uma única vez às empresas que tenham tido mais de 100 000€ de lucro em 2009:
    • 100 000 a 300 000: 4%;
    • 300 001 a 1 000 000: 6%;
    • 1 000 001 a 5 000 000: 8%;
    • Mais de 5 000 000: 10%.

 

  • Alargar os limites pelos quais os empregadores podem despedir funcionários:
  • Empresas com até 20 empregados: sem limite;
  • Empresas com um número de empregados entre 20 e 150: até 6 despedimentos por mês;
  • Empresas com mais de 150 empregados: até 5% dos efectivos ou 30 despedimentos por mês.

 

  • Redução das indemnizações por despedimento, que também poderão ser pagas bimensalmente;  
  • Pessoas jovens, com menos de 21 anos podem ser contratadas durante um ano recebendo 80% do salário mínimo (592€). O pagamento da segurança social também será apenas de 80% e findo o ano de contrato têm direito a ingressar nos centros de emprego;  
  • Pessoas com idades entre os 15 e os 18 anos podem ser contratadas por 70% do salário mínimo, o que dá 518€;  
  • Os empregados considerados redundantes não podem contestar o despedimento a menos que o empregador concorde;  
  • Empregados pela primeira vez, com menos de 25 anos, podem ser pagos abaixo do salário mínimo;  
  • Pessoas que auto empregadas com OAEE (sistema de seguro para empresários em nome individual), que por qualquer motivo não tenham trabalho, são cobertos pelo seguro durante até dois anos desde que:
  • Tenham trabalhado um mínimo de 600 dias, mais 120 por cada dia acima dos 30 anos até terem chegado aos 4500 dias ou 15 anos de trabalho;
  • Não estejam segurados por um seguro do sector público.

 

  • Liberalização das profissões ou sectores fechados (são aquelas profissões ou sectores que necessitam de autorizações do estado ou que estão altamente reguladas, tais como notários, farmácias, cirurgiões, etc). Esta medida não foi implementada dado que há processos a decorrer no Tribunal Europeio;  
  • Cancelar o segundo pagamento de pagamentos de solidariedade
  • Aumentar as contribuições para a segurança social em 3%, tanto para empregados como empregadores.


 

Pensões/Reformas

 

Notar que a reforma do sistema de pensões já tinha sido discutida muito antes da entrada do FMI, mas nunca tinha sido implementada. A Grécia tem uma percentagem desproporcionada de população idosa, cerca de 2.6 milhões e uma população activa na ordem dos 4.4 milhões, isto para uma população total de 11.2 milhões. Isto obriga o estado a contrair empréstimos para puder efectuar os pagamentos mensais.
A 8 de Julho aprovou um conjunto de princípios depois de terem sido efectuadas mais de 50 emendas à lei. As medidas mais importantes foram:
 

  • Cortar os subsídios de férias e natal para todos os pensionistas que recebam mais de 2 500€/mês brutos. Aqueles que ganhem menos de 2500€ vão receber 200€ pela Páscoa, 200€ pelo Verão e 400€ no Natal;  
  • Cortar os subsídios de férias e natal para todos os pensionistas com menos de 60 anos, excepto para aqueles que tenham o número mínimo de anos de contribuição, tenham menos dependentes ou estudantes com menos de 24 anos a viver na mesma casa;  
  • Todas as pensões congeladas até 2013;  
  • Calculo das pensões tendo em conta toda a carreira contributiva. Vai estar em vigor um sistema de transição até 2015;  
  • Passagem da idade de reforma no sector público e privado para os 65 anos;  
  • Ajustes da idade de reforma tendo em conta a esperança média de vida a partir de 2020;  
  • As pessoas podem-se reformar a partir dos 60 anos com penalizações de 6% por cada anos, ou aos 65 anos com pensão completa depois de 40 anos de serviço. A partir de 2015 ninguém abaixo dos 60 se poderá reformar;  
  • Os trabalhadores que tenham trabalhos de desgaste rápido podem reformar-se a partir dos 58 anos (antes era 55) a partir de 2011;  
  • Desconto para um fundo de solidariedade social (LAFKA), a ser feito pelos pensionistas que ganhem mais de 1400€, a partir de 1 de Agosto de 2010:
    • 1401 a 1700: 3%;
    • 1701 a 2300: 5%;
    • 2301 a 2900: 7%;
    • 2901 a 3200: 8%;
    • 3201 a 3500: 9%;
    • Mais de 3500: 10%.

 

  • Aumento da idade de reforma para mães trabalhadoras:
  • No sector privado: para 55 (era 50) em 2011, 60 em 2012 e 65 em 2013;
  • No sector público: para 53 em 2011, 56 em 2012, 59 em 2013, 62 em 2014 e 65 em 2015;
  • Com três filhos: 50 em 2011, 55 em 2012 e 60 em 2013.

 

  • Retirada da pensão aos ex-empregados públicos que sejam apanhados a trabalhar e tenham menos de 55 anos; Corte em 70% se tiverem mais de 55 anos e se a pensão for mais de 850€/mês. A partir de 2011;  
  • Limitar a transferência de pensão de pais para filhos segundo critérios de idade e rendimento, o que inclui o pagamento de 26 000 a filhas divorciadas ou solteiras de empregados bancários e empregados públicos. Se os filhos podem receber duas destas transferências, apenas receberão uma delas, a maior, a partir de 2011;  
  • A pensão completa pode ser transferida para viúvas(os) se a data da morte ocorreu após cinco anos de casamento e o cônjuge vivo tem mais de 50 anos e se certos parâmetros de rendimentos são cumpridos. No entanto, durante os primeiros três anos após a morte os pagamentos serão retidos;  
  • Estabelecimento de uma pensão mínima garantida de 360€;  
  • As pensões não devem exceder 65% do rendimento auferido enquanto se trabalhava (anteriormente este número podia chegar aos 96% baseado nos últimos anos de trabalho e nos mais bem pagos);  
  • Os que não pagaram segurança social podem receber a pensão mínima desde que tenham mais de 65 anos, não tenham rendimentos e que vivam há mais de 15 anos na Grécia;  
  • Fusão dos 13 fundos de pensão Gregos até 2018. Os fundos dos trabalhadores por conta de outrem, agricultores, empresários em nome individual e trabalhadores do sector público, serão integrados na segurança social até 2013;  
  • Reduzir o número de fundos que servem os advogados, engenheiros, jornalistas e médicos;  
  • Reforma completa das condições de reforma dos militares e forças de segurança o que inclui aumentar a idade de reforma e a remoção de bónus especiais;


 

Impostos

 

  • IVA: todas as taxas de IVA foram aumentadas 10%: 5 para 5.5%, 10% para 11% e 21 pra 23%;  
  • Imposto sobre tabaco, bebidas alcoólicas e combustíveis: imposto adicional de 10%;  
  • Imposto em automóveis de luxo (novos e usados): 10 a 40% baseado no valor em novo e no valor de mercado;  
  • Publicidade na TV: toda a publicidade na TV está sujeita a um imposto de 20% a partir de 2013;  
  • Imposto especial de 1% para aqueles que tenham um rendimento líquido de 100 000€ ou mais.


 


tags:
por João Severino às 10:23
link do post | comentar | ver pauladas (3) | favorito
| partilhar
Segunda-feira, 28 de Março de 2011

não venha para cá o patrick de barros vender a banha da cobra

 

>Vestígios de radioactividade de Fukushima chegam a Portugal.

 

 

 

 

tags:
por João Severino às 18:50
link do post | comentar | ver pauladas (1) | favorito
| partilhar

golpe no sporting

 

 

> O blogue 'Golpe no Sporting' põe a nu toda a trapaça que se verificou nas eleições do Sporting e a "cambalhota" que os resultados sofreram cerca das 04.00 horas de domingo passado. Eis aqui o post:

 

RESUMO DO GOLPE NO SPORTING

 

 

Caros amigos Sportinguistas,

Quero começar por agradecer a todos pelo apoio que tenho recebido.

Mas vamos lá ao que interessa.

PONTO 1

O Sporting no dia de ontem apresentou por volta das 19:40 a seguinte noticia no site oficial do clube (www.sporting.pt) que passo a transcrever (deixo também o link)

http://www.sporting.pt/Noticias/Clube/notclube_eleicoespsit_260311_73897.asp

 "MAIOR NÚMERO DE VOTOS DE SEMPRE"

"Pelas 19h30 o número de associados votantes continuava a crescer. Registavam-se já 13653, o que corresponde a 85611 votos. Este é o maior número de votos de sempre, sendo que já ultrapassou os 72524 que elegeram José Eduardo Bettencourt, nas últimas eleições. Fica ainda o registo de que os sócios mais antigos do Sporting já votaram, bem a família Rocha, à excepção do pai João Rocha."

PONTO 2

O Sporting no dia de ontem apresentou por volta das 20:00 a seguinte noticia no site oficial do clube (www.sporting.pt) que passo a transcrever (deixo também o link)

http://www.sporting.pt/Noticias/Clube/notclube_clubeenceraamentournas_260311_73920.asp

"URNAS ENCERRADAS"

"As urnas encontram-se neste momento encerradas. Dentro de momentos informaremos o número total de votantes ao longo do dia de eleições do Sporting Clube de Portugal."


 PONTO 3

O Sporting no dia de ontem apresentou por volta das 20:45 apresentou no seu site de internet (www.sporting.pt) a seguinte noticia que passo a transcrever (deixo também o link)  http://www.sporting.pt/Noticias/Clube/notclube_clubeeleicoesvotantes_260311_73924.asp


"VOTARAM 14205 ASSOCIADOS"

"O dia de eleições do Sporting contou com uma forte adesão de sócios sportinguistas às urnas. No total votaram 14205 associados, o que corresponde a 88 530 votos. Neste momento começou a contagem dos votos. Durante a noite fica a conhecer-se quem será o próximo presidente do Conselho Directivo do Sporting Clube de Portugal, bem como todos os elementos dos Órgãos Sociais.

Neste momento ficamos a saber o numero de votantes e o total dos votos das eleições para todos os órgãos do Sporting Clube de Portugal ( Conselho Directivo, Mesa da Assembleia Geral, Conselho Fiscal e Disciplinar, e Conselho Leonino).

PONTO 4

Conselho Directivo        
  VOTOS % SÓCIOS  
LISTA A 33275 36,55% 4515 30,98%
LISTA B 8013 8,80% 1191 8,18%
LISTA C 32915 36,15% 6047 41,53%
LISTA D 15062 16,54% 2552 17,53%
LISTA E 1777 1,95% 259 1,78%
BRANCOS/NULOS 440   59  
Total 91482 99,99% 14623 100,00%


Deixo aqui umas questoes:

1) Se foram votar 14.205 sócios com um total de 88.530 votos como é possível que haja mais uma diferença maior de sócios (14.623-14.205= 418) Ou seja foram votar mais sócios do que o Sporting informou...

Hum... Estranho não é? 

2) Se foram votar 14.205 sócios com um total de 88.530 votos como é possível que haja mais uma diferença maior de votos (91.482- 88.530= 2952) Ou seja o número de votos foi maior do que é possível para o número de votos anunciado pelo clube.


Hum...Continua a ser estranho não é?

PONTO 5

Assembleia Geral        
  VOTOS % SÓCIOS %
LISTA A 33396 36,88% 4533 31,35
LISTA B 8881 9,81% 1384 9,57
LISTA C 34417 38,01% 6247 43,21
LISTA D 11341 12,52% 1912 13,22
LISTA E 2524 2,79% 382 2,64
BRANCOS/NULOS 740   125  
  91299 100,01% 14583 99,99



Deixo aqui umas mais umas questões:

1) Se foram votar 14.205 sócios com um total de 88.530 votos como é possível que haja mais uma diferença maior de sócios (14.583-14.205=378 ) Ou seja foram votar mais sócios do que o Sporting informou...

Hum... Outra vez!?

2) Se foram votar 14.205 sócios com um total de 88.530 votos como é possível que haja mais uma diferença maior de votos (91.299- 88.530= 2769) Ou seja o número de votos foi maior do que é possível para o número de votos anunciado pelo clube.


Hum...Tou a ficar chateado outra vez errado!?

PONTO 6

Concelho Fiscal e Disciplinar        
  VOTOS % SÓCIOS %
LISTA A 33899 37,64% 4658 32,47%
LISTA B 7750 8,60% 1141 7,95%
LISTA C 27778 30,84% 5080 35,41%
LISTA D 12530 13,91% 2075 14,46%
LISTA E 2161 2,40% 343 2,39%
LISTA F 5952 6,61% 1050 7,32%
BRANCOS/NULOS 1380   252  
  91450 100,00% 14599 100,00%


Deixo aqui umas mais umas questões:

1) Se foram votar 14.205 sócios com um total de 88.530 votos como é possível que haja mais uma diferença maior de sócios (14.599-14.205=394 ) Ou seja foram votar mais sócios do que o Sporting informou...

Hum...outra vez pá...

2) Se foram votar 14.205 sócios com um total de 88.530 votos como é possível que haja mais uma diferença maior de votos (91.450- 88.530= 2920) Ou seja o número de votos foi maior do que é possível para o número de votos anunciado pelo clube.


Hum...se precisavam de uma máquina de calcular porque é que não pediram!?


PONTO 7

Conselho Leonino

  VOTOS % SÓCIOS %
LISTA A 27513 25,93% 3726 25,93%
LISTA B 6165 6,45% 927 6,45%
LISTA C 17250 21,84% 3138 21,84%
LISTA D 11456 13,10% 1883 13,10%
LISTA E 1925 2,02% 290 2,02%
LISTA G 3865 4,41% 634 4,41%
LISTA H 12840 15,12% 2172 15,12%
LISTA I 5496 7,93% 1140 7,93%
LISTA J 2982 3,19% 459 3,19%
BRANCOS/NULOS 1091   167  
  90583 99,99% 14536 99,99%
       
         
         
Deixo aqui umas mais umas questões:

1) Se foram votar 14.205 sócios com um total de 88.530 votos como é possível que haja mais uma diferença maior de sócios (14.536-14.205=331 ) Ou seja foram votar mais sócios do que o Sporting informou...

Hum...outra vez pá...

2) Se foram votar 14.205 sócios com um total de 88.530 votos como é possível que haja mais uma diferença maior de votos (90.583- 88.530= 2053) Ou seja o número de votos foi maior do que é possível para o número de votos anunciado pelo clube.


Hum...ai essa Matématica

PONTO 8


SÓCIOS REAIS VS SÓCIOS INDICADOS SPORTING
       
DIRECÇÃO 14623 14205 418
ASSEMBLEIA 14583 14205 378
FISC/DISC 14599 14205 394
C.LEONINO 14536 14205 331

PONTO 9

VOTOS REAIS VS VOTOS INDICADO PELO SPORTING

VOTOS REAIS VS VOTOS INDICADOS SPORTING
       
DIRECÇÃO 91482 88530 2952
ASSEMBLEIA 91299 88530 2769
FISC/DISC 91450 88530 2920
C.LEONINO 90583 88530 2053
       
         
         
         
Conclusão: Só não vê quem não quer ver. Os votos a mais foram no fundo "afinados"              
         
Sportinguistas, é preciso que a verdade se saiba, isto são FACTOS!             
         

É preciso correr com esta corja do nosso clube o mais rápido possível.

 

 

O Sporting está como o país.

 

Não se pode aceitar um presidente no Sporting que se assuma como tal depois de tudo o que se passou. Devem realizar-se novas eleições com a participação apenas de Bruno de Carvalho e Godinho Lopes.

Godinho Lopes assume-se legitimamente como presidente do clube, mas faz mal.

 


 

por João Severino às 14:59
link do post | comentar | ver pauladas (1) | favorito
| partilhar

cartoon do cid

 

 

 

 

tags:
por João Severino às 11:49
link do post | comentar | favorito
| partilhar

ainda vem a tempo para o sporting

 

> Um guarda-redes que já marcou 100 golos. Está no São Paulo.

 

por João Severino às 11:32
link do post | comentar | favorito
| partilhar

ops! lá se vão as relações com a china

 

> Taiwan com interesse na TAP e em outras empresas.

 

 

 

 

por João Severino às 11:16
link do post | comentar | favorito
| partilhar

recorde absoluto

 

 

 

 

 

> O nosso blogue surpreendeu o próprio autor. Ontem, foi o máximo. A nossa notícia sobre as eleições no Sporting mereceu a honrosa presença de destaque no portal SAPO. A partir daí foi o recorde absoluto na existência do PPTAO. Numa só hora chegámos a ter 634 visitantes e no final do dia registámos um total de visitas de 6.749. No Blogómetro, pela primeira vez, estamos classificados nos 100 primeiros.

 

87 Perturbações de (Hu)amor (stats) 549386 1618 767999 2286
88 (o vento lá fora) (stats) 2154796 1590 3059788 1950
89 Pau Para Toda A Obra (stats) 496775 1526 735432 1985

 

Obrigado a todos.

 

tags:
por João Severino às 09:04
link do post | comentar | ver pauladas (2) | favorito
| partilhar

sócrates ainda não percebeu que acabou o seu tempo

 

> "O voto no Parlamento foi contra Sócrates", diz Marcelo Rebelo de Sousa.

 


tags:
por João Severino às 09:03
link do post | comentar | favorito
| partilhar

23 anos depois

 

 

> Heróis recebidos em ambiente de festa em Guimarães.

 

Guimarães chega à final da Taça pela quinta vez.

 

 


 


tags:
por João Severino às 09:02
link do post | comentar | favorito
| partilhar

e tu, quando é que cais?

 

> Hugo Chávez lamenta queda do “bom amigo” José Sócrates.

 

 

 

 

tags:
por João Severino às 09:01
link do post | comentar | ver pauladas (1) | favorito
| partilhar

irmão gémeo

 

> O meu "irmão" gémeo chega hoje a Portugal. O Príncipe Carlos de Inglaterra nasceu, tal como eu, às 02.00 horas do dia 24 de Novembro de 1948. Em algumas coisas somos autênticos sagitários...

 

 

 

por João Severino às 09:00
link do post | comentar | favorito
| partilhar

uma 'vista d'olhos' pelos jornais

 

 

> A redução dos meios para combate aos fogos, a subida da prestação das casas, as trocas de acusações entre PS e PSD e os confrontos em Alvalade são alguns temas hoje em destaque na imprensa.

«Combate aos fogos com menos meios» é a manchete do Correio da Manhã, realçando que a «falta de dinheiro obriga a reduzir o número de aviões e helicópteros contratados a privados».

O diário destaca também as eleições no Sporting, com o título «PSP guarda votos do Sporting», adiantando que «boletins foram guardados em malas seladas à espera da decisão dos tribunais».

O Diário de Notícias escreve, na manchete, «Plano que poupava 200 milhões à GNR e PSP parado há 4 anos», referindo que «parte do programado não se fez» e que «o que se fez não teve o resultado previsto».

O jornal titula também «José Sócrates acusa PSD de dar cambalhota » e "Miguel Relvas diz que PS faz pugilismo verbal », "Combate a fogos vai sofrer cortes de 20,6 milhões" e "A história e a contagem dos votos na vitória de Godinho Lopes" nas eleições do Sporting.

O Jornal de Notícias (JN) adianta «Prestação da casa aumenta 744 euros», explicando que a «subida média anual para empréstimo de 150 mil euros com prazo de 35 anos».

«Pancadaria em Alvalade», «Sócrates acusa PSD de estar rendido ao FMI», "Facturas falsas: Construtoras lesam Estado em 2,5 milhões de euros" e "Loucura em Guimarães com acesso à final da Taça" são outros assuntos em destaque no JN.

«Contratos a prazo são a regra para mais de metade dos jovens» é a manchete do Público, que explica que o «aumento da precariedade na última década afecta sobretudo quem tem menos de 24 anos, mas não poupa os trabalhadores mais velhos».

O destaque fotográfico do Público vai para os bombardeamentos das forças da coligação na Líbia, titulando «Tropas de Kadhafi fogem, rebeldes avançam para Oeste». Refere também "Alemanha: Nuclear dá vitória histórica aos Verdes" e "Mais médicos a reformarem-se desde Janeiro".

O i titula «Casa Pia. Procurador avalia contradições de ex-aluno», "Carlos e Camila. Hoje em Lisboa para uma visita muito ecológica", «Cavaco promulga fim da avaliação dos professores», «Dissolução do parlamento só no final da semana» e "Sporting. Godinho já foi empossado mas pode haver impugnação".

O Diário Económico adianta «Estado vai precisar de mais de 2,7 mil milhões só em Abril», «Novo corte de rating pode ser já esta semana», "BCP reforça poderes do Conselho Geral e de Supervisão" e "Fisco mostra dados de um milhão de contribuintes".

O Jornal de Negócios salienta que «Banca espanhola tem um terço da dívida portuguesa». Adianta também "Sócrates critica 'cambalhota' do PSD e Passos Coelho quer 'mais audácia' nas privatizações" e "Procura de gás natural dispara impulsionada pela indústria".

As eleições do Sporting continuam a dominar as manchetes dos jornais desportivos com os títulos «Vida nova em Alvalade» (Record), «Leão partido em dois» (O Jogo) e a frase de Godinho Lopes "Há uma mística a voltar" (A Bola).

Lusa/ SOL

 

por João Severino às 08:58
link do post | comentar | favorito
| partilhar
Domingo, 27 de Março de 2011

rali de portugal com sucesso

 

 

> Ogier vence pela segunda vez.

 

 

 

 

tags:
por João Severino às 19:44
link do post | comentar | favorito
| partilhar

f1: puto vettel já começou o show

 

 

> Vettel vence Grande Prémio da Austrália em Fórmula 1.

 

 

 

 

tags:
por João Severino às 18:56
link do post | comentar | favorito
| partilhar

educação à alçada

 

> O sistema de Educação para as nossas crianças tem sido conspurcado com normas que não lembravam nem ao Kadhafi. Por exemplo, uma criança de 8 anos a frequentar o 2º Ano, surpreende os pais por nunca trazer trabalhos de casa. Os pais dirigem-se à escola e perguntam ao professor qual a razão desse facto. O professor responde que o seu filho tem trabalho de casa para fazer, acontece que terá de ir ao site www.......... É o absurdo total. Mas, quais são as crianças que sabem trabalhar com um computador? Quais são as crianças que têm computador? Quantos são os pais que podem comprar computador aos filhos? Quantos são os pais que podem pagar a ligação à net? Quantos são os pais que não estão interessados que os seus filhos de tenra idade tenham contacto com a internet em vez de estarem a brincar?

E que história é essa de se obrigar as crianças a adquirirem o computador 'Magalhães', para financiamento da empresa do amigo do demissionário?... 

 

por João Severino às 18:29
link do post | comentar | favorito
| partilhar

quem tem estado a governar tem sido a oposição

 

> Sócrates: oposição abriu crise política sem pensar nos interesses do país.

 

 

 

 

por João Severino às 18:25
link do post | comentar | ver pauladas (1) | favorito
| partilhar

sporting dividido

 

 

> Está instalado o caos em Alvcalade. Às 5.00 horas deste domingo registaram-se violentas tentativas de agressões por parte de cerca de mil sócios do Sporting ao terem conhecimento de uma reviravolta na contagem dos votos para a eleição do novo presidente do clube leonino. A vitória do candidato Bruno de Carvalho estava anunciada, não oficialmente, por diversas fontes e por membros de outras candidaturas. Chegaram-se a ouvir gritos no exterior de "Acabou-se o tacho!".

Depois, o candidato Godinho Lopes pediu uma recontagem dos votos e a vitória pendeu para o seu lado. Nessa altura foi o caos, começou a insatisfação e os protestos no exterior do estádio e Bruno de Carvalho pediu uma nova recontagem dos votos, a qual viria a confirmar a vitória de Godinho Lopes. Este anúncio está a provocar violentos confrontos com a polícias de intervenção e muitos sócios, supostamente apoiantes de Bruno de Carvalho que não se conformam com a reviravolta nos resultados.

Cerca das 5.30 horas, o candidato Bruno de Carvalho acalmou os ânimos dos seus apoiantes e apelou à retirada.

Às 6.00 horas, o presidente da Assembleia Geral em exercício anunciou os resultados:

Godinho Lopes - 36, 55%

Bruno de Carvalho - 36,15%

 

A paz não reina no Sporting.

 

Lista de Bruno de Carvalho pede impugnação das eleições no Sporting.

 

No Sporting não vai haver descanso se Godinho Lopes insistir que é presidente de 36% contra 36%: Manifestação em Alvalade decorre com tranquilidade.

 

 

 

 

 

 

por João Severino às 05:10
link do post | comentar | ver pauladas (10) | favorito
| partilhar
Sábado, 26 de Março de 2011

máquina especial: vendo!

 

 


More Funny videos & Funny pictures

 

 

por João Severino às 17:23
link do post | comentar | favorito
| partilhar

já aí vem o tgv

 

por João Severino às 16:58
link do post | comentar | favorito
| partilhar

comentador do trimestre

 

> A equipa do PPTAO elegeu por unanimidade o nosso leitor A. Marques como o "Comentador do Trimestre". Parabéns.

 

tags:
por João Severino às 16:50
link do post | comentar | ver pauladas (2) | favorito
| partilhar

queridas motos

 

 

por João Severino às 16:10
link do post | comentar | favorito
| partilhar

eleições

 

 

 

 

> - É pá, as eleições estão muito concorridas!

 

- No partido do Sócrates?

 

- Não, pá! No Sporting...

 

por João Severino às 15:03
link do post | comentar | favorito
| partilhar

mais trabalho precário

 

> Cabras vão limpar espaços públicos.

 

por João Severino às 14:37
link do post | comentar | ver pauladas (5) | favorito
| partilhar

o exemplo da islândia

 

> BLOGUE "O PAÍS DO BURRO"

 

Talvez não tenha havido país onde a crise financeira se tenha feito sentir de forma tão dramática como na Islândia. Com certeza todos se lembrarão da bancarrota que sucedeu à catadupa de bancos que faliram. Pois bem. Depois disso, não houve lá cantigas que falam de responsabilidade, sentido de Estado ou medo dos mercados que surtisse o efeito desejado por quem costuma usar esse expediente para se fazer eleger. Os islandeses souberam fazer uma autêntica revolução, absolutamente democrática, e tiveram a coragem de querer mudar de vida.

 

Neste processo, os islandeses correram com a direita que então detinha o poder, esvaziaram a esquerda prostituída ao liberalismo que se propunha adoptar as mesmas soluções que os primeiros e fizeram das eleições a oportunidade para mudar de vida, pondo aos comandos do destino do país uma coligação de esquerda formada por social-democratas, feministas, ex-comunistas e Verdes. Em referendo, com aproximadamente 93 por cento dos votos, recusaram que fosse a sua sociedade a pagar o buraco financeiro gigantesco aberto pela ganância de banqueiros delinquentes. Prenderam quantos destes ladrões puderam. Asseguraram o controlo da sociedade sobre o sistema financeiro nacionalizando os três maiores bancos. Mandaram os credores externos esperar. E elegeram uma assembleia constituinte em 27 de Novembro de 2010 incumbida da redacção de uma nova Constituição capaz de limitar os excessos de um capitalismo que lhes provocou um sabor tão amargo e de catapultar de novo a Islândia para uma trajectória de progresso e de justiça social.

 

A actualidade política islandesa passou a ter tanto destaque como a da lua. Podem experimentar procurar por notícias sobre política islandesa no separador de notícias do Google que não encontrarão nada de nada. Na Europa e no mundo inteiro, manda um capitalismo que também se soube apropriar dos meios de comunicação social e que aponta o caminho da regressão social e da concentração de riqueza como o único possível para evitar um “ainda pior” sentido pela maioria, coincidente com o “ainda melhor” de uma elite, que, verifica-se, crescem a cada dia que passa. Há que limitar a possibilidade do surgimento de outras revoluções pelo voto inspiradas no caso islandês. E isto faz-se blindando a ideia de que é possível, como está a ser na Islândia, reconquistar democraticamente um poder político novamente posto ao serviço de todos.

 

A Islândia ainda atravessa grandes dificuldades, é verdade que sim. Mas já inverteu a rota descendente. Estão incomparavelmente melhor do que nós. A economia e o emprego dão bons sinais. E, sobretudo, regressou aquela energia para trabalhar que apenas a perspectiva de um futuro melhor para todos é capaz de gerar. A esperança voltou à ilha. Souberam obrigá-la a regressar. As revoluções também se fazem com votos.

 

 

 

por João Severino às 14:32
link do post | comentar | ver pauladas (2) | favorito
| partilhar

aí está o circo

 


 

 

> Sebastian Vettel 'esmaga' concorrência e conquista pole em Melbourne.

 

O GP Austrália pode ser visto na SportTV às 7.00 horas deste domingo, mas não esqueça de adiantar o relógio 1 hora ao deitar-se.

 

tags:
por João Severino às 12:03
link do post | comentar | favorito
| partilhar

tvi sem rei nem roque

 

 

> Na TVI, desde que José Eduardo Moniz saiu, que a informação mais parece um rebanho sem pastor e sem mestre. Ontem, assisti a um facto inacreditável. O enviado-especial da estação à Libia apareceu a realizar uma reportagem sobre os confrontos entre as tropas de Kadhafi e as dos rebeldes. O jovem jornalista viu-se mesmo que foi atirado aos bichos sem o mínimo de experiência e de conhecimento das regras básicas. Foi escandaloso e quase fatal o que se viu: o repórter a falar sobre os acontecimentos em cima de uma carrinha dos rebeldes equipada com metralhadora. E o repórter estava convencido  que efectuava um acto heróico, nem lhe passava pela cabeça que não ficou desfeito por mero milagre. Se as forças de Kadhafi tivessem acertado em cheio naquela carrinha militarizada, lá se ia o repórter e o operador de imagem da TVI para o outro mundo.

Como é possível que não haja um rei ou um roque que antes de enviar os repórteres para cenários de guerra não lhes ensinem as regras básicas do que devem e não devem fazer? Como é possível que um repórter se coloque de uma forma suicida no seio (tomando partido) de uma das partes em confronto? O espectáculo doeu-me o coração, porque ser-se jovem jornalista não significa ser kamikase.

tags: ,
por João Severino às 10:58
link do post | comentar | ver pauladas (1) | favorito
| partilhar

apagão

 

> Foi fartar vilanagem. Roubou-se e gastou-se o que se quis. Administraram-se as empresas públicas para se comprar uma ou mais vivendas no Algarve, um monte no Alentejo e um apartamento de luxo no sul de Espanha. Colocaram-se os amigos e amigas nos lugares mais inacreditáveis que nem sequer existiam. Criou-se um "buracão" de 17 mil milhões de euros, que se agora fossem contabilizados levaria o país à bancarrota imediata. No entanto, o senhor Presidente da República e os "interesses" que exploram Portugal, ordenaram um "apagão" ao "buracão".

Já fiquei de cara à banda por Cavaco Silva "obrigar" Passos Coelho a esquecer a auditoria às contas públicas, conforme o líder do PSD tina intenção de fazer. Quer dizer, quando os ladrões do fartar vilanagem [como aqueles que iam para o Hotel do Guincho almoçar com as secretárias e ficavam lá dois dias com uma conta paga por nós de 3.000 euros] se deliciaram a sacar o nosso dinheiro e se esperava que fossem parar com os costados a um calaboiço, não senhor, a ordem é para esquecer o assunto porque isso levaria o país à bancarrota imediata.Tem pai que é cego ou baixamos já as calças?

Se realmente tivessemos sangue árabe já estaríamos na rua com a metralhadora na mão...

 

por João Severino às 10:34
link do post | comentar | ver pauladas (3) | favorito
| partilhar
Sexta-feira, 25 de Março de 2011

passos em frente

 

> Pedro Passos Coelho concedeu, esta noite, uma entrevista à SIC. O líder do PSD mais parecia um cidadão britânico, daqueles que parecem e são sérios. PPC demonstrou que é possível falar de política, programar futuro político e tentar ganhar eleições sem propaganda barata, sem promessas falaciosas, sem basófias monocórdicas, enfim, nos nossos ecrãs apareceu um homem calmo, conhecedor das matérias e que demonstrou algo de muito importante: pretende transparência e verdade na política e na governação. Será o primeiro político nesse estilo? Aguardaremos como S. Tomé...

Passos Coelho admitiu incluir outros partidos no Governo mesmo que PSD tenha maioria absoluta.

 

 

tags:
por João Severino às 23:05
link do post | comentar | ver pauladas (4) | favorito
| partilhar

não há vergonha

 

> Armando Vara recebeu 822.192 euros do BCP em 2010.

 

 

 

 

por João Severino às 23:03
link do post | comentar | favorito
| partilhar

macau passado

 

> O outro blogue que mantenho na web já está reactivado na plataforma SAPO.

 

http:/macaupassado.blogs.sapo.pt

por João Severino às 15:50
link do post | comentar | favorito
| partilhar

por causa da crise

 

 

 

> Portugueses fogem do País nas férias da Páscoa.

 

 

 

 

por João Severino às 15:41
link do post | comentar | favorito
| partilhar

o que é a política

 

> Almeida Santos é dos dirigentes socialistas mais amados e odiados pelos portugueses. É uma figura idêntica ao brandy 'Constantino', a sua fama já vem de longe... dos tempos da entrega de Moçambique e de Timor. O presidente do PS declarou à rádio Antena 1 que não foi cumprimentar o Presidente Cavaco Silva após o acto de posse por ter ficado indignado com o discurso. Aperto de mão, nem pensar. E esta tarde, se Cavaco Silva o deixasse de mão estendida?...

 

por João Severino às 15:14
link do post | comentar | ver pauladas (1) | favorito
| partilhar

pptao

Um blogue onde deixarei simples observações sobre o que vai acontecendo à nossa volta neste mundo global. Também serve de contacto com imensas pessoas que gostaram de mim. O título do blogue? Porque sempre fui "pau para toda a obra". Obrigado por ter vindo. “Morrendo estou na vida, em morte vivo; / vejo sem olhos, e sem língua falo; / e juntamente passo glória e pena.”, Camões

widgets

arte

João Eduardo Severino

Create Your Badge

a frase

"A vida é muito curta para termos inimigos"
Ayrton Senna

Fevereiro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28

favoritos

Quatro anos depois

pessoalmente

arquivos

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

cv

Jornalista com a Carteira Profissional nº 278. Já restam poucos do meu tempo. Como último cargo fui director e proprietário do diário 'Macau Hoje'. Pode ler o meu CV completo na primeira mensagem de Outubro de 2007.

subscrever feeds

visitantes


widgeo.net

tags

todas as tags