Quarta-feira, 18 de Julho de 2012

Venda do BPN tem cambalacho

 

> Presidente do Montepio: Estado saiu prejudicado ao negociar venda do BPN com apenas um candidato.

 

 

 

tags:
por João Severino às 10:21
link do post | comentar | favorito
| partilhar
Sexta-feira, 22 de Junho de 2012

Por quê?

 

> BPN: PS abdica de ouvir Dias Loureiro, Duarte Lima e Arlindo de Carvalho.

 

Há telhados de vidro?

 

 

tags:
por João Severino às 10:04
link do post | comentar | favorito
| partilhar
Sábado, 9 de Junho de 2012

Falta-lhe memória em tudo

 

> BPN: Constâncio “sem memória” de processo contra Francisco Bandeira.

 

 

por João Severino às 10:35
link do post | comentar | ver pauladas (1) | favorito
| partilhar
Sexta-feira, 18 de Maio de 2012

BRONCA

 

 

> - É pá. ganda bronca... um escândalo nunca visto... um roubo incalculável... milhões lavados ilegalmente... políticos, empresários, advogados presos... uma ganda bronca, não achas, pá?!

 

- Ó pá, fogo de artifício...

 

 

© texto: jes

© ilustração: jpb

 

 

tags: ,
por João Severino às 15:29
link do post | comentar | favorito
| partilhar
Sábado, 12 de Maio de 2012

NÃO SE RIAM

 

> Governo diz que venda do BPN ao BIC avançou por falta de alternativas.

 

 

tags:
por João Severino às 10:45
link do post | comentar | favorito
| partilhar
Sexta-feira, 9 de Dezembro de 2011

COLONIALISMO

 

> Angola continua o seu caminho na colonização de Portugal: Governo conclui negociações para vender BPN a grupo angolano.

 

 

tags: ,
por João Severino às 21:30
link do post | comentar | favorito
| partilhar
Sábado, 19 de Novembro de 2011

TAMBÉM TU, MEU FILHO RELVAS?

 

> O Banco Efisa foi uma das instituições bancárias com mais operações de timbre duvidoso. Do Oriente a Ocidente. Negócios com o BPN foram um descaramento à margem da moralidade inter-bancária. Muitas, mesmos muitas personalidades bem situadas na alta roda da finança e dos negócios estiveram ligadas ao BPN/Efisa. Nunca me passaria pela cabeça que Miguel Relvas tivesse colaborado com esquemas ligados ao BPN antes da nacionalização.

 

por João Severino às 16:54
link do post | comentar | favorito
| partilhar
Segunda-feira, 17 de Outubro de 2011

feche-se o bpn, já!

 

> O BPN foi o maior cancro da economia portuguesa nas últimas décadas. O povo está revoltado com a atitude dos dois últimos governos. A nacionalização do BPN foi um crime. O povo não entende que um banco onde se realizaram as maiores ilegalidades e vigarices esteja a colocar um povo inteiro a sofrer pelos desmandos realizados por uma centena de bandidos. O banco devia (e deve) ter sido encerrado e a prova está aí quando hoje, ao acordar, os portugueses foram confrontados com mais uma notícia de cariz escandaloso e obsceno: Subsídios de Natal e férias não tapam buraco do BPN.

 

tags:
por João Severino às 09:52
link do post | comentar | favorito
| partilhar
Sábado, 8 de Outubro de 2011

os criminosos do bpp e bpn continuam à solta...

 

> ... e até se atrevem a roubar a própria polícia. E que raio de polícia onde até se roubam os computadores com material importantíssimo. Suspeitas de roubo de dados do BPP e BPN.

 

 

tags: , ,
por João Severino às 11:25
link do post | comentar | favorito
| partilhar
Segunda-feira, 11 de Abril de 2011

lixo à mostra

 

> Segredos do BPN escondidos num contentor em Loures.

 

 

 

 

tags:
por João Severino às 09:37
link do post | comentar | ver pauladas (1) | favorito
| partilhar
Segunda-feira, 29 de Novembro de 2010

bpn vai fechar

 

 

 

 

 

 

> Um quadro superior do Banco de Portugal disse-me durante o fim-de-semana que não há nada a fazer com o BPN. O banco está nacionalizado e falido. O buraco financeiro atinge milhares de milhões de euros. Muita gente que roubou muito.O banco serviu para tudo. Para enriquecer políticos, papalvos, "patos-bravos" e seus apêndices.

Ninguém está interessado em comprar a instituição bancária que mais ilegalidades e fraudes cometeu na história da banca portuguesa. É imperioso que, no mínimo, todos aqueles que levantaram ilegalmente quantias astronómicas para adquirirem prédios, vivendas no Algarve, montes no Alentejo, iates de luxo e abrirem várias lojas comerciais, sejam obrigados a devolver imediatamente o dinheiro que levantaram dos cofres do banco.

E a propósito de cofres, é incorrecto, como li hoje nos jornais, dizer-se que "o Banco arrisca cenário de liquidação, que custará de imediato 2,5 mil milhões de euros aos cofres do Estado". Errado. Este montante exorbitante não será pago pelo Estado mas sim por todos nós. É bom sublinhar, que o Estado somos todos os que, infelizmente, temos exercido o papel de burros de carga de toda uma escumalha que só sabe roubar o que não lhe pertence.

tags:
por João Severino às 10:02
link do post | comentar | ver pauladas (3) | favorito
| partilhar
Quinta-feira, 5 de Agosto de 2010

COMPRO!

> Governo vende 95% do BPN a partir de 180 milhões de euros.
tags:
por João Severino às 15:27
link do post | comentar | favorito
| partilhar
Quarta-feira, 24 de Março de 2010

ACREDITE NO INACREDITÁVEL

EXCLUSIVO

>
Há factos que nos deixam embasbacados a meditar sobre a sua possibilidade. Mas o inacreditável torna-se verdadeiro quando os factos são realmente factos muito sérios e graves.

Um cliente do BPI ao fazer ontem o seu pedido de consulta dos movimentos da sua conta, verificou que lhe tinham retirado 21,00€ e que no descritivo dizia "tranferência de auxílio ao BPN" .
Hoje, dirigiu-se ao BPI a fim de indagar com que autorização é que o banco tinha realizado deliberadamente tal transferência. Aguardo mais pormenores deste escândalo que poderá traduzir um saque a milhares de clientes de vários bancos para numa tentativa [com face oculta] de evitar a falência do BPN.
tags: ,
por João Severino às 14:22
link do post | comentar | ver pauladas (3) | favorito
| partilhar
Quarta-feira, 27 de Janeiro de 2010

O CRIME COMPENSA

> José Oliveira Costa recebeu uma indemnização de quase 800 mil euros, quando abandonou a Sociedade Lusa de Negócios (SLN) e o Banco Português de Negócios (BPN) e acordou no pagamento de uma pensão vitalícia de 9.000 euros mensais, cujo pagamento teve início no passado dia 1 de Janeiro, informa o semanário 'Sol'.
tags:
por João Severino às 21:41
link do post | comentar | ver pauladas (1) | favorito
| partilhar
Sexta-feira, 22 de Janeiro de 2010

DE CONSCIÊNCIA TRANQUILA

> O polémico negócio de Porto Rico, que levou já a constituição de Dias Loureiro como arguido, provocou um prejuízo de 120 milhões de euros ao BPN e não apenas os 40 milhões que foram mencionados na Comissão Parlamentar de Inquérito. A primeira verba consta de um despacho do procurador Rosário Teixeira, que deu início à investigação sobre o negócio, envolvendo a compra de duas empresas tecnológicas (a Biometrics e a Nova Tech), que pertenciam ao empresário libanês El-Assir, por parte do grupo da Sociedade Lusa de Negócios (SLN).
tags:
por João Severino às 10:11
link do post | comentar | favorito
| partilhar
Quarta-feira, 6 de Janeiro de 2010

NÃO SE RIAM

> Um dos manifestantes (clientes do BPN) que percorrem as ruas de Lisboa a caminho do Palácio de Belém, quando abordado pelos jornalistas sobre o que poderia resultar do protesto, limitou-se a responder que "vamos cantar as janeiras...".
tags:
por João Severino às 15:05
link do post | comentar | favorito
| partilhar
Quinta-feira, 10 de Dezembro de 2009

JANTAR

> Dezenas de clientes do BPN concentraram-se hoje de manhã em frente ao balcão do banco no edifício da Moagem, em Leiria, para reaverem dinheiro, encontrando-se à porta da agência seguranças privados e agentes da PSP.

Os administradores do BPN podiam convidar os manifestantes para um jantar em hotel de luxo, no Porto...
tags:
por João Severino às 11:32
link do post | comentar | ver pauladas (1) | favorito
| partilhar
Terça-feira, 8 de Dezembro de 2009

SEM VERGONHA

> Os administradores e quadros superiores do BPN jantaram num hotel de luxo do Porto, com o Natal como pretexto. Revoltante, quando se sabe a situação de tantos clientes daquele banco e os milhões que o Governo tem introduzido.
tags:
por João Severino às 15:09
link do post | comentar | ver pauladas (4) | favorito
| partilhar
Sexta-feira, 27 de Novembro de 2009

HÁ 10 ANOS

> Afinal, tanta conversa, tanto processo, tanta comissão parlamentar, tantos arguidos, tantos reguladores e agora sabe-se que o Banco de Portugal já sabia desde 2000 das broncas no BPN e apêndices. O Banco de Portugal sabia da existência de excessiva concentração de risco de crédito na Sociedade Lusa de Negócios em 2000. Mandou corrigir as falhas, mas não confirmou os resultados. Boa!
tags:
por João Severino às 10:43
link do post | comentar | favorito
| partilhar
Quinta-feira, 26 de Novembro de 2009

FOI DEMAIS

> O ex-presidente do BPN, Oliveira Costa, obteve pelo menos 19,8 milhões de euros de benefícios directos por operações irregulares em sociedades do grupo Sociedade Lusa de Negócios (SLN). O montante resulta da soma de vários depósitos em contas pessoais e "montantes sacados" do Banco Insular, descritos na acusação ao ex-banqueiro e restantes 23 arguidos (um dos quais uma empresa), cuja notificação o Ministério Público concluiu ontem.
tags:
por João Severino às 11:02
link do post | comentar | favorito
| partilhar
Quarta-feira, 25 de Novembro de 2009

FARTAR VILANAGEM

> O antigo presidente do BPN, Oliveira Costa, e três outros ex-administradores são acusados pelo Ministério Público de terem gerado um buraco de 9700 milhões de euros no banco, com um esquema fora de contabilidade que envolvia o Banco Insular, segundo o 'Correio da Manhã' de hoje.
O esquema terá sido montado em 2003 e envolvia também Luís Caprichoso, Francisco Sanches e Vaz Mascarenhas, que são agora acusados de abusão de confiança, burla qualificada e falsificação de documentos, segundo o despacho de acusação.
Aquele diário conta que as operações do Banco Insular (BI), que estava registado em Cabo Verde era detido pelo BPN, passaram a ter dois balcões naquele ano: um com registo de movimentos e outro como balcão virtual, à margem da contabilidade.
tags:
por João Severino às 11:21
link do post | comentar | favorito
| partilhar
Quinta-feira, 29 de Outubro de 2009

BPN É POÇO SEM FUNDO

> O eurodeputado Nuno Melo quer que o ministro das Finanças diga quanto é que o BPN já custou aos cofres do Estado. «Quanto é que o BPN já custou? Na dança de valores é importante que se saiba. Em segundo lugar quanto vale hoje o BPN, quanto é que já foi injectado pela Caixa Geral de Depósitos e em terceiro lugar o que vai acontecer ao BPN, se vai ser incorporado, se vai ser privatizado e por que valor», questionou Nuno Melo.

Em declarações aos jornalistas na sede do CDS-PP, Nuno Melo frisou que com o último despacho do Governo, que autoriza o BPN a financiar-se até mil milhões de euros com recurso à emissão de papel comercial com garantia do Estado, «já vamos em três mil milhões».

O eurodeputado defendeu que o ministro deve clarificar aqueles valores até ao dia 12 de Novembro, data limite para o ministério das Finanças entregar na Assembleia da República o relatório semestral com o balanço de todas as garantias prestadas pelo Estado aos bancos.

Nuno Melo, que representou o CDS-PP na comissão parlamentar de inquérito ao caso BPN, destacou que «antes da nacionalização acontecer, há um parecer do Banco de Portugal que refere pouco mais de 400 milhões de euros de custo para os contribuintes».

«Depois disso, na defesa da nacionalização, o ministro Teixeira dos Santos garantiu que seriam 700 milhões. O governador do banco de Portugal na Assembleia da República garantiu que seriam menos de mil milhões. (…) A verdade é que para efeitos de aval do Estado já vamos em 3 mil milhões», disse.

De acordo com um despacho publicado terça-feira em Diário da República, o Banco Português de Negócios já pode financiar-se até mil milhões de euros com recurso à emissão de papel comercial, com garantia do Estado.

A operação foi organizada pela Caixa Geral de Depósitos destina-se a «assegurar o financiamento de todas as necessidades de tesouraria do BPN decorrentes das responsabilidades pecuniárias assumidas» pela CGD, na sequência da nacionalização, e a garantir «o desenvolvimento da actividade bancária normal do BPN».

tags:
por João Severino às 18:58
link do post | comentar | ver pauladas (1) | favorito
| partilhar
Sexta-feira, 16 de Outubro de 2009

CONSCIÊNCIA TRANQUILA

> Lembram-se da célebre entrevista que Dias Loureiro concedeu a Judite de Sousa, na RTP, na altura que rebentou a bronca do BPN? A tal em que o homem disse que não tinha cometido qualquer ilegalidade e que tinha a consciência tranquila.
Hoje, é noticiado novamente que a actual administração do BPN acusa Dias Loureiro de mais um buraco de 30 milhões. Deve ser um buraco de consciência tranquila...
tags:
por João Severino às 10:22
link do post | comentar | favorito
| partilhar
Domingo, 26 de Julho de 2009

PJ PASSA DAS MARCAS

BPN Investigação abusa das pessoas

> A Polícia Judiciária, no âmbito das suas investigações, não tem o direito de levar a efeito um comportamento que ultrapassa todas as regras da lógica, da decência e do bom senso ao chegar ao ponto de quebrar toda a privacidade dos familiares dos alegados suspeitos no caso do BPN. O JORNAL DO PAU apurou que os inspectores da PJ que se deslocaram à residência de um suspeito do caso BPN, a fim de procurarem documentação que se relacionasse com fraudes ou burlas, tiveram o desplante de obrigar a mulher do proprietário do imóvel a acompanhá-los ao quarto de dormir e vasculharam todos os guarda-fatos e gavetas de roupa. Inclusivamente as gavetas de roupa interior que apenas recolhiam soutiens e cuecas. Os inspectores obrigaram também a senhora a abrir o seu cofre pessoal onde possuia as jóias. O ridículo chegou ao ponto de os inspectores se terem colocado de rabo para o ar à procura, sabe-se lá de quê, debaixo da cama do casal. Documentação debaixo da cama e junto com a roupa interior?...
Entretanto, o JORNAL DO PAU apurou que a investigação do caso BPN irá chamar a interrogatório na próxima semana mais sete personalidades suspeitas de implicação nas fraudes e negócios ilícitos.
tags: ,
por João Severino às 10:57
link do post | comentar | ver pauladas (1) | favorito
| partilhar
Terça-feira, 21 de Julho de 2009

OLIVEIRA E COSTA VAI PARA CASA

BPN Pulseira electrónica para o "patrão"

> Oliveira e Costa, arguido no caso BPN e que se encontra em prisão preventiva, vai passar a ficar com "obrigação de permanência na residência", vulgo prisão domiciliária com pulseira electrónica, por decisão do juiz Carlos Alexandre.
O advogado do antigo secretário de Estado dos Assuntos Fiscais adiantou aos jornalistas que, devido a formalidades legais a cumprir, Oliveira e Costa só dentro de um a dois dias passará do regime de prisão preventiva para a situação de prisão domiciliária com pulseira electrónica.
Questionado sobre a alteração da medida de coação, Leonel Gaspar respondeu: "Penso que nesta fase de inquérito o Ministério Público e o juiz vão aclarando e tomando conhecimento de uma realidade que pode ser diferente daquela que inicialmente estava prevista".
Questionado sobre se a audição de Oliveira e Costa foi apenas para analisar a medida de coação, Leonel Gaspar adiantou que "houve também esclarecimentos complementares que o juiz quis e que Oliveira e Costa, no âmbito da sua colaboração permanente com a Justiça, prestou".
tags:
por João Severino às 18:12
link do post | comentar | favorito
| partilhar
Segunda-feira, 20 de Julho de 2009

TROMBONE

BPN Dias Loureiro em piores lençóis

> O ex-presidente do BPN Oliveira e Costa deu com a boca no trombone sobre os seus "amigos" e as investigações sobre as irregularidades no BPN surtiram outros efeitos. Oliveira e Costa até já vai ser solto... Leia +
tags:
por João Severino às 14:30
link do post | comentar | ver pauladas (1) | favorito
| partilhar
Domingo, 19 de Julho de 2009

TRISTEZA

Freeport BPN

> É triste. É muito triste e desolador que a política em Portugal se resuma à vingança. O PS está no Governo e puxa dos galões. O PSD na oposição puxou as cordas. O PS tem a pedra do Freeport no sapato e o PSD vendeu-lhe sapatos apertados. O PSD tem há muito uma espinha na garganta chamada BPN e o PS tenta colher dividendos eleitorais atirando para o tribunal com todas as pessoas ligadas ao banco de Oliveira e Costa. É triste ao que se assiste. Esperemos que ambos não escorreguem um dia na calçada das almas perdidas...
tags: , , ,
por João Severino às 19:51
link do post | comentar | favorito
| partilhar
Quinta-feira, 16 de Julho de 2009

PARAÍSOS DO GOLPE

PJ investiga 1 milhão do edifício dos CTT passou pelo BPN

> Os investigadores do caso CTT suspeitam que na venda de um edifício dos Correios em Coimbra foi entregue aos ex-administradores Carlos Horta e Costa e Manuel Baptista um milhão de euros, que terá passado pelo BPN rumo a paraísos fiscais, segundo fonte judicial.


A fonte disse à Lusa que, daquilo que foi apurado na investigação da Polícia Judiciária (PJ), existe a convicção de que terá sido entregue a Carlos Horta e Costa e Manuel Baptista (presidente e vice-presidente do Conselho de Administração dos CTT de 2002 a 2005) um milhão de euros, ou parte desta quantia, estando pendente a conclusão de diligências junto do BPN para demonstração cabal desta suspeita.
Paralelamente a este pagamento, que, de acordo com a fonte, visou fundamentalmente garantir a venda do edifício por parte dos CTT, verificaram-se vários contactos e pressões junto de outros decisores públicos para assegurar o arrendamento dos espaços vagos no edifício, também essencial para o fim do negócio - a compra e imediata revenda de um imóvel com um rendimento garantido, do qual resultaria o recebimento de um avultado prémio.

O prédio dos CTT em Coimbra foi vendido em 20 de Março de 2003 à empresa DEMAGRE por 14.814.297,54 euros, que, no mesmo dia, revendeu o imóvel à ESAF - Espírito Santo Fundos de Investimento, SA, por 20 milhões de euros.

Assim, e sempre segundo fonte judicial, para concretizar tal objectivo, os investigadores concluíram que seriam incontornáveis as conivências políticas, através daqueles membros do CA dos CTT e de outros decisores públicos, nomeadamente da autarquia de Coimbra. A fonte precisou que, em cada momento do negócio da venda do imóvel houve alegadamente a preocupação de actuar concertadamente junto da autarquia, por forma a conceder pagamentos a todos os intervenientes directos ou indirectos. Entretanto, a PJ anunciou na semana passada a conclusão do relatório da investigação, que tem 52 arguidos suspeitos de crimes de administração danosa, corrupção, prevaricação, tráfico de influências, fraude fiscal, branqueamento de capitais e falsificação de documentos, entre outros.

Fonte judicial indicou que todos os membros do CA liderado por Carlos Horta e Costa foram constituídos arguidos por terem tomado decisões patrimonialmente lesivas para os CTT, as quais resultaram também numa vantagem patrimonial para as empresas privadas envolvidas em negócios com os Correios.

Fontes policiais e judiciais revelaram que são também arguidos no processo o presidente da Câmara de Coimbra, Carlos Encarnação (PSD), e vários elementos do executivo da autarquia do mandato 2001-2005: Nuno Freitas, Mário Nunes e João Rebelo (PSD), Manuel Rebanda (CDS), Luís Vilar, António Rodrigues Costa, Víctor Carvalho dos Santos e António Rochette Cordeiro (PS) e Jorge Gouveia Monteiro (CDU). Todos eles são indiciados do crime de prevaricação enquanto titulares de cargo político pelo arrendamento de parte do edifício dos CTT de Coimbra para a AIRC - Associação Informática da Região Centro, uma empresa intermunicipal.

tags: ,
por João Severino às 10:40
link do post | comentar | favorito
| partilhar
Quinta-feira, 9 de Julho de 2009

PRECIPITAÇÃO

BPN Ex-administrador diz que nacionalização foi "precipitada"

>
O ex-administrador do Banco Português de Negócios (BPN), Meira Fernandes (na foto), considera que a nacionalização do banco só veio agravar os problemas existentes e não surtiu os efeitos esperados.

Em comentário publicado na edição de hoje do 'Público', Meira Fernandes diz estar convencido de que “o acto de nacionalizar o BPN não surtiu os efeitos que o Banco de Portugal e o Ministério das Finanças esperavam”, tendo-se agravado “os problemas de liquidez e a ‘sangria’ dos depósitos”.

Em adição, nota o antigo administrador do BPN, o banco não conseguiu atingir os níveis de solvabilidade legal, ao mesmo tempo que não são conhecidas as propostas para a viabilização do mesmo.

“A factura para os contribuintes será bem mais pesada do que se o Governo tivesse optado por recapitalizar o BPN através de um envolvimento conjunto com os privados, e não só pelo Estado”, aponta Meira Fernandes.

O ex-administrador do banco diz que “houve precipitação” na nacionalização do BPN, ao que se seguiu, na sua opinião, “uma longa falha de intervenção” por parte do Banco de Portugal.

“A nacionalização foi ‘um tiro no escuro’, que não acertou no alvo, todavia atingiu em cheio os contribuintes e feriu de morte os accionistas”, lamenta Meira Fernandes.

Este responsável concluiu o seu comentário questionando-se sobre se não teria sido melhor para o país “se os mesmíssimos apoios de liquidez, concedidos ao BPN nacionalizado, tivessem sido concedidos ao BPN privado e ao seu plano [de salvação]?”.

tags:
por João Severino às 11:44
link do post | comentar | favorito
| partilhar
Quarta-feira, 8 de Julho de 2009

LOUREIRO AGRADECE A COSTA

BPN Prisão

> Oliveira e Costa, ex-presidente do BPN, poderá ser libertado a todo o momento. Dias Loureiro já pode respirar de alívio. Costa vai ser posto cá fora para que Loureiro não tenha que ir lá para dentro. O sol quando nasce é para todos. É a lei dos vasos comunicantes...
tags:
por João Severino às 11:06
link do post | comentar | favorito
| partilhar
Sábado, 4 de Julho de 2009

CADILHE E VAKIL FAZEM DESESPERAR

BPN 100 milhões de alto risco

> É mais um «esquema» que está a prejudicar centenas de clientes do Banco Português de Negócios (BPN). Uma emissão de papel comercial, no valor de 100 milhões de euros, da SLN Valor, emitido sem garantias e comercializado aos balcões do BPN em Julho de 2008 chega ao fim em 5 de Agosto, revela o «Correio da Manhã».

Não há dinheiro nem para pagar o capital, nem para pagar os juros. Os clientes que subscreveram a emissão estão desesperados e já ameaçaram de morte a administração da SLN Valor.

Miguel Cadilhe era presidente do BPN e Abdool Vakil liderava o Banco Efisa, na altura da colocação da emissão.
tags:
por João Severino às 12:51
link do post | comentar | favorito
| partilhar
Quarta-feira, 1 de Julho de 2009

LOUREIRO JÁ É ARGUIDO

BPN Dias Loureiro a ser ouvido

> Manuel Dias Loureiro está a ser ouvido no DCIAP. Segundo escreve Felícia Cabrita no SOL online, o ex-conselheiro de Estado está a prestar declarações como arguido, tendo sido notificado nesta qualidade já na semana passada.


Em causa estão dois negócios, em 2001, do grupo SLN/BPN (Sociedade Lusa de Negócios e Banco Português de Negócios): a venda da Redal (concessionária de águas em Marocos) e a compra da tecnológica Biometrics (um dos negócios mais ruinosos, que se saldou por um prejuízo de 40 milhões de dólares).

O magistrado que preside ao interrogatório de Dias Loureiro é o procurador Rosário Teixeira, que coordena a investigação da Operação Furacão, estando a ser coadjuvado por elementos da Inspecção Tributária.

Recorde-se que Dias Loureiro demitiu-se do Conselho de Estado, após Oliveira Costa ter prestado declarações na comissão parlamentar de inquérito às falhas da supervisão do Banco de Portugal no caso BPN.

Dias Loureiro pediu então ao procurador-geral da República (PGR), Pinto Monteiro, para ser ouvido no processo – mas, tal como o SOL então noticiou, os investigadores consideraram que era ainda cedo, dado o ponto das investigações, para o ouvir.

Mas o PGR, para acelerar o processo, decidiu que Dias Loureiro teria de ser ouvido nesta data.

tags:
por João Severino às 16:03
link do post | comentar | favorito
| partilhar
Segunda-feira, 22 de Junho de 2009

POBREZINHO

BPN Oliveira e Costa declarou 300 mil ao fisco

> O ex-presidente do Banco Português de Negócios (BPN) José Oliveira e Costa declarou ao Fisco ter recebido em 2008 cerca de 300 mil euros. A declaração de IRS do ex-banqueiro, que se encontra detido no Estabelecimento Prisional da Polícia Judiciária, em Lisboa, foi entregue em Maio via internet, e nela constam, como despesas de saúde, apenas... 500 euros.
tags:
por João Severino às 08:04
link do post | comentar | favorito
| partilhar
Sexta-feira, 19 de Junho de 2009

FALÊNCIA DO BPN

Banca Teixeira dos Santos justifica nacionalização

O ministro das Finanças afirmou que a falência do BPN e uma eventual crise sistémica por ela causada poderia ter um custo de 17 mil milhões de euros para o Estado.
Em resposta a João Semedo, do Bloco de Esquerda, Teixeira dos Santos disse ter "consciência que isto [a nacionalização] vai ter um custo". Mas frisou que o custo será sempre inferior ao de uma eventual falência do BPN.
Explicando que Portugal tem 144 mil milhões de euros em depósitos e 17 milhões de depositantes, com depósitos médios de dez mil euros, o ministro notou que, se dez por cento destes depositantes atingidos pela crise accionasse o fundo de garantias, o impacto para os cofres públicos seriam 17 mil milhões.

O que o ministro não explica são as razões que levaram o BPN à nacionalização. Teixeira dos Santos chega ao cúmulo da inoperância ao desculpar o regulador Banco de Portugal.
tags:
por João Severino às 10:24
link do post | comentar | ver pauladas (2) | favorito
| partilhar
Sábado, 6 de Junho de 2009

Vieira ganhou um milhão com o BPN

Uma sociedade imobiliária detida pelo presidente do Benfica vendeu, em 2004, a participação na SLN, então dona do BPN, e lucrou um milhão. A conclusão está num relatório do Banco de Portugal.

O Banco de Portugal (BdP) chama-lhe "grupo Luís Filipe Vieira" e passou-o a pente fino na inspecção que fez ao BPN, entre Dezembro de 2004 e Março de 2005. E as conclusões mostram que o presidente do Benfica não só foi accionista da SLN como conseguiu mesmo fazer lucro com a venda das acções, em 2004, lê-se na edição de hoje do 'Económico'.

O negócio foi feito pela Inland, sociedade imobiliária detida por Luís Filipe Vieira e a sua família. Em Março de 2004, a Inland vendeu 1,4% do capital da SLN, que tinha sido adquirido por perto de 8 milhões de euros. No relatório do BdP, o regulador conclui que "atendendo aos valores depositados na sua conta, a venda das acções gerou uma mais-valia de um milhão de euros".

A exposição do banco aos créditos concedidos a empresas do presidente do Benfica levou o supervisor a incluir os montantes em causa "na lista dos grandes riscos" do BPN.

O relatório não aponta qualquer irregularidade na relação, apenas recomenda cautela pela concentração de risco. Por outro lado, em causa estão várias empresas de Luís Filipe Vieira, não surgindo, como tal, qualquer menção ao Benfica.

Composto por participações em nome particular em diversas entidades, direccionadas sobretudo para o sector imobiliário, o presidente do clube encarnado protagoniza cinco páginas do relatório de inspecção do BdP ao BPN, datado de 2005, a que o Semanário Económico teve acesso exclusivo.

tags:
por João Severino às 11:43
link do post | comentar | favorito
| partilhar
Quinta-feira, 4 de Junho de 2009

Vakil cala Vital Moreira

O candidato número um do PS ao Parlamento Europeu não se cala de andar por aí a gritar: "BPN é PSD! BPN é PSD!". Hoje, ficámos a saber que Vital Moreira perdeu uma grande oportunidade de andar caladinho ou, então, explicar aos portugueses como é que era professor de uma Faculdade sem dar aulas, não ditar sumários aos alunos, não participar nos exames orais e não estar presente nas reuniões do Conselho Científico da Faculdade. O homem hoje deve calar-se para sempre porque ficámos a saber que Abdul Vakil enviou um email a Oliveira e Costa para que vários socialistas fossem colocados no "tacho", na "roubalheira" e na "vigarice" do BPN. Escandalosamente, socialistas como Vera Jardim, Alberto Costa e Augusto Mateus.
Seria bom que se investigasse profundamente o polvo criado pelo senhor Vakil, incluindo no Oriente (Macau), e o que esse polvo comparticipou para toda esta desgraça que agora se regista na crise económica e financeira portuguesa, bem como no financiamento de partidos políticos. Leia MAIS
tags:
por João Severino às 14:10
link do post | comentar | ver pauladas (2) | favorito
| partilhar

Vital voltou a baixar o nível

O candidato do PS voltou a descer ao nível da taberna e chamou vigaristas a todos os cidadãos afectos ao PSD, a propópsito do caso BPN. Vital Moreira, o tal professor pouco sério que há anos não entrega os sumários aos seus alunos, que não está presente nas provas orais e que nunca pôs os pés nas reuniões do Conselho Científico da Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra, deu-se ao desplante de afirmar que o caso BPN não passou de "vigarices" praticadas por figuras importantes do PSD.
Vital esqueceu-se de falar na "vigarice" de José Sócrates em estar a pagar com o nosso dinheiro as outras "vigarices"...
por João Severino às 01:05
link do post | comentar | ver pauladas (3) | favorito
| partilhar
Sábado, 30 de Maio de 2009

O amigo

"Cavaco teve 105.378 acções da SLN"

Manchete do 'Expresso', hoje
tags: ,
por João Severino às 08:18
link do post | comentar | favorito
| partilhar
Sexta-feira, 29 de Maio de 2009

Roubalheira

Um homem em pânico só faz asneiras. É o que acontece com o candidato do PS ao Parlamento Europeu Vital Moreira. Ao entrar em pânico num momento em que as sondagens apresentam o PSD à frente das intenções de voto, o professor que abandona os seus alunos, decidiu, ontem, ofender e entrar em guerra contra todos os dirigentes e militantes do PSD. Acusou que a "roubalheira" no BPN foi obra do PSD.
O homem tem pouca memória e já apagou dos arquivos da História de Portugal no mundo o que foi a "roubalheira" do PS em Macau.

Vital Moreira sabe tanto do que fala que a discursar em Évora nem sequer mostrou conhecimento das decisões tomadas por José Sócrates e Manuel Pinho. Vital anunciou que as Minas de São Domingos vão reabrir como uma medida importante deste Governo. Acontece que o homem que não tem jeito nenhum para estas coisas, deixou todos os presentes perplexos porque as minas que vão reabrir são as de Aljustrel...
por João Severino às 07:39
link do post | comentar | ver pauladas (3) | favorito
| partilhar
Quinta-feira, 28 de Maio de 2009

Nonsense

Duas trapalhadas: BPN e Freeport. Sobre o BPN reclama-se aos sete ventos pela demissão de Dias Loureiro do Conselho de Estado. Sobre o Freeport reclama-se de José Sócrates o quê?
tags: ,
por João Severino às 11:31
link do post | comentar | ver pauladas (2) | favorito
| partilhar

Afinal, os advogados...

Não me digam que o bastonário Marinho e Pinto afinal tem razão quando afirma que existem advogados corruptos. E eu a pensar que Marinho é um inventor de histórias, um "bocas" a destituir do palanque, um arruaceiro que desrespeita jornalistas conceituadas que trabalham na sombra dos maridos...
Afinal, a polícia visitou uns escritórios de advogados e descobriu toda a documentação relacionada com as falcatruas, corrupção e ilegalidades referentes aos processos do BPN com Porto Rico. Diz quem viu a papelada que as prisões podiam ficar cheias...
por João Severino às 07:53
link do post | comentar | favorito
| partilhar
Quarta-feira, 27 de Maio de 2009

Dias pode emigrar

Dias Loureiro pediu a sua demissão de conselheiro de Estado. Segundo um amigo meu porto-riquenho, o homem que nada sabe das fraudes no BPN pode emigrar para Porto Rico...
tags:
por João Severino às 17:55
link do post | comentar | favorito
| partilhar
Terça-feira, 26 de Maio de 2009

Oliveira e Costa no Parlamento (5)

Oliveira Costa acusou Dias Loureiro de ter mentido quanto ao teor das suas declarações sobre a reunião com António Marta, ex-vice-presidente do Banco de Portugal, a propósito do BPN.
tags:
por João Severino às 19:50
link do post | comentar | ver pauladas (2) | favorito
| partilhar

Oliveira e Costa no Parlamento (4)

São 18.30 horas. Oliveira e Costa fala no Parlamento em muitos pormenores sobre a SLN. Com tais pormenores a sessão deve acabar às 5 da manhã. Já não tenho pachorra para o ouvir.
tags:
por João Severino às 18:32
link do post | comentar | favorito
| partilhar

Oliveira e Costa no Parlamento (3)

O ex-presidente do BPN afirmou aos deputados que a sua ida a Porto Rico com Dias Loureiro foi efectivamente para finalizarem negócios de aquisição de máquinas, tipo ATM. Oliveira e Costa falou dos problemas de máquinas, cartões, chips e processos secretos.

Há pouco tempo também o Governo fez a aquisição de máquinas que movimentam dinheiro com cartões magnéticos para os refeitórios do Estado, um processo que ainda está um pouco obscuro...
tags:
por João Severino às 18:17
link do post | comentar | favorito
| partilhar

Oliveira e Costa no Parlamento (2)

"Em certos sítios o doutor Dias Loureiro chegou a apresentar-se como presidente do BPN", disse Oliveira e Costa aos deputados.
tags:
por João Severino às 18:12
link do post | comentar | favorito
| partilhar

Oliveira e Costa no Parlamento (1)

O ex-presidente do BPN, Oliveira e Costa está na Comissão de Inquérito da Assembleia da República a prestar declarações.
Já disse que nunca foi prometido o lugar de vice-presidente a Dias Loureiro.
Então, um dos dois mente...
tags:
por João Severino às 18:09
link do post | comentar | favorito
| partilhar
Sábado, 9 de Maio de 2009

...



Acham isto normal?
tags:
por João Severino às 00:52
link do post | comentar | favorito
| partilhar
Sexta-feira, 17 de Abril de 2009

Chuta conselheiro

António Capucho aconselha Dias Loureiro a abandonar o Conselho de Estado. Tudo para não queimar mais Cavaco Silva. “Em homenagem ao Sr. Presidente da República ele deveria sair e afastar-se explicando que o faria não por estar a reconhecer qualquer culpa”, afirmou António Capucho, que considerou que a situação é “manifestamente um embaraço para o sr. Presidente da República e é também um embaraço para as instituições políticas em geral”.
tags: , ,
por João Severino às 18:57
link do post | comentar | ver pauladas (1) | favorito
| partilhar
Sexta-feira, 10 de Abril de 2009

A escuridão do BPN

Sabem por que razão o Governo nacionalizou o BPN?
Para além dos "socialistas" que tinham lá muito dinheiro as entidades públicas entregaram 375 milhões de euros a este banco.
CP - 23 milhões
TAP - 12,4 milhões
Instituto de Gestão Financeira da Segurança Social (IGFSS) - 22,8 milhões
Imprensa Nacional/Casa da Moeda - 14,1 milhões
Instituto de Apoio às Pequenas e Médias Empresas (IAPMEI) - 14,5 milhões
Empresa de Desenvolvimento de Infra-Estruturas do Alqueva (EDIA) - 12,9 milhões

11 hospitais SA - mais de 150 milhões

Quem decidiu estes depósitos num banco que se sabia à partida que tinha cambalachos nos juros continua em funções?
Oliveira e Costa, o único preso, é que realizou os depósitos?
tags:
por João Severino às 19:20
link do post | comentar | ver pauladas (2) | favorito
| partilhar
Quarta-feira, 1 de Abril de 2009

BPN à beira da falência

Os depósitos que foram levantados do BPN deixaram o banco à beira da falência. A administração do BPN está preocupada com a dimensão das saídas de depósitos da instituição e admite que a liquidez do banco atingiu valores "insustentáveis a curto prazo".
tags:
por João Severino às 19:05
link do post | comentar | favorito
| partilhar
Terça-feira, 31 de Março de 2009

Milionários

Gerente do BPN de Gondomar deixou o carro junto ao rio Douro, simulou o suicídio e... afinal, está no estrangeiro podre de rico.

E a polícia já falou com os outros gerentes?...
tags:
por João Severino às 10:51
link do post | comentar | favorito
| partilhar
Domingo, 29 de Março de 2009

Desaparecido

Gerente do balcão do BPN de Gondomar está desaparecido.

O que me admira é que ainda hajam balcões...
tags:
por João Severino às 11:15
link do post | comentar | ver pauladas (1) | favorito
| partilhar
Quinta-feira, 26 de Março de 2009

Fraude

Directora do Banco de Portugal diz que BPN é um caso de "fraude"

E a que horas são presos os fraudulentos?...
tags:
por João Severino às 09:37
link do post | comentar | ver pauladas (1) | favorito
| partilhar
Terça-feira, 24 de Março de 2009

BPN: já havia esturro em 2007

O ex-administrador da SLN (Sociedade Lusa de Negócios) Franquelim Alves considerou hoje que as contas de 2007 foram alvo de "muita discussão", mas foram aprovadas para se evitar "uma crise imediata do grupo", com consequências para milhares de depositantes e trabalhadores.
tags:
por João Severino às 20:56
link do post | comentar | favorito
| partilhar
Quinta-feira, 19 de Março de 2009

Não acredito

Li hoje no DN o grande destaque que é dado ao vergonhoso caso do BPN. Cada vez que se vão sabendo detalhes sobre as fraudes, ilegalidades e roubos na auréola da SLN-BPN, mais nos indignamos com toda aquela panóplia de vigarices. E o jornal sublinha em título que "Todas as suspeitas contra Oliveira e Costa". Todas? Era o que faltava. Andaram ao redor de Oliveira e Costa mais de 100 vampiros, levaram o que lhes apeteceu ou puderam, estiveram a par de tudo, assinaram documentos, viajaram à conta, compraram ilicitamente imóveis e casas comerciais e como é que se pode dizer que o culpado é apenas uma pessoa? Desculpem, mas não acredito.
tags:
por João Severino às 13:44
link do post | comentar | ver pauladas (2) | favorito
| partilhar
Sexta-feira, 13 de Março de 2009

BPN: supervisão invisual

Camilo, o simpático jornalista de sorridências económicas, soprou opinião e lançou mais algumas chamas à já insustentável situação de esterco moral que o BPN suscita ao português mais rudimentar. É pena usar de eufemismos e ser mais um dos que não pega o grande e pornográfico Touro de caras e pelos cornos: «O Banco de Portugal estava já muito preocupado em 2001 com a situação do BPN, mas preferiu “não ter mau feitio” para com a instituição, disse hoje o jornalista Camilo Lourenço, ex-director da revista “Exame”.“Tenho muita dificuldade em perceber que o Banco de Portugal não soubesse nada do que se estava a passar no BPN”, afirmou Camilo Lourenço, na audição na Comissão de Inquérito parlamentar sobre a Nacionalização do Banco Português de Negócios (BPN).»

Joshua, in Palavrossavrvs Rex
tags:
por João Severino às 10:43
link do post | comentar | favorito
| partilhar
Quarta-feira, 4 de Março de 2009

BPN: mentirosos há muitos

O ex-director e ex-administrador do BPN, Teófilo Carreira, denunciou hoje à Comissão de Inquérito da Assembleia da República que Abdool Vakil enquanto esteve à frente do BPN escondeu muitas irregularidades ao Banco de Portugal.
Bem me parecia que na Terra não há santos...
tags:
por João Severino às 22:03
link do post | comentar | ver pauladas (2) | favorito
| partilhar
Terça-feira, 3 de Março de 2009

Culpa de filho

Afinal, a trapalhada toda no BPN e na SLN foi culpa do filho de Oliveira e Costa.
tags:
por João Severino às 22:05
link do post | comentar | favorito
| partilhar
Quinta-feira, 19 de Fevereiro de 2009

Dias Loureiro fora do Conselho de Estado

existe uma petição que exige a saída de Dias Loureiro do Conselho de Estado.
tags:
por João Severino às 19:49
link do post | comentar | ver pauladas (5) | favorito
| partilhar

pptao

Um blogue onde deixarei simples observações sobre o que vai acontecendo à nossa volta neste mundo global. Também serve de contacto com imensas pessoas que gostaram de mim. O título do blogue? Porque sempre fui "pau para toda a obra". Obrigado por ter vindo. “Morrendo estou na vida, em morte vivo; / vejo sem olhos, e sem língua falo; / e juntamente passo glória e pena.”, Camões

widgets

arte

João Eduardo Severino

Create Your Badge

a frase

"A vida é muito curta para termos inimigos"
Ayrton Senna

Fevereiro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28

favoritos

Quatro anos depois

pessoalmente

arquivos

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

cv

Jornalista com a Carteira Profissional nº 278. Já restam poucos do meu tempo. Como último cargo fui director e proprietário do diário 'Macau Hoje'. Pode ler o meu CV completo na primeira mensagem de Outubro de 2007.

subscrever feeds

visitantes


widgeo.net

tags

todas as tags