Terça-feira, 11 de Dezembro de 2012

Recorde de jornalistas presos

 

> Número de jornalistas presos no mundo atinge recorde.

 

 

por João Severino às 15:19
link do post | comentar | favorito
| partilhar
Sexta-feira, 2 de Novembro de 2012

Na Grécia a liberdade não está na bancarrota

 

> Tribunal de Atenas absolveu jornalista que divulgou prováveis devedores ao fisco.

 

 

por João Severino às 09:59
link do post | comentar | favorito
| partilhar
Quinta-feira, 1 de Novembro de 2012

A liberdade que a crise oferece

 

> Jornalistas gregos suspensos por crítica a ministro.

 

 

por João Severino às 10:07
link do post | comentar | favorito
| partilhar
Sexta-feira, 19 de Outubro de 2012

A Lusa em greve

 

> Os jornalistas da Lusa entraram em greve. Recebi um e-mail a perguntar-me o que penso do assunto. O que penso não o vou manifestar aqui porque iria prejudicar a luta dos trabalhadores da agência. Respondi ao e-mail simplesmente dizendo que são os mesmos trabalhadores que sempre rejeitaram a entrada de outros jornalistas ou, em certos casos, empenharam-se para que o bolo fosse somente comido por eles. Quando nunca existiu solidariedade naquela casa por quem poderia ser mais um, incluindo a aprovação da administração, como é que querem que alguém apoie a sua luta? A classe dos jornalistas conheço-a eu muito bem e o espólio analítico e conclusivo é muito triste.

 

 

por João Severino às 09:35
link do post | comentar | favorito
| partilhar
Quarta-feira, 22 de Agosto de 2012

Afinal, o jornalista era político

 

> Jornalista Pedro Moura candidata-se pelo PS no maior círculo dos Açores.

 

 

por João Severino às 10:27
link do post | comentar | favorito
| partilhar
Sábado, 24 de Março de 2012

QUANDO SE AGRIDEM JORNALISTAS A DEMOCRACIA PASSOU A MERDA

 

> Polícias atribuem responsabilidade a quem deu ordem de actuar.

 

No Alentejo dizemos: "Tá bem dêxa, compadre!"...

 

por João Severino às 10:42
link do post | comentar | favorito
| partilhar
Terça-feira, 13 de Março de 2012

QUERIA VER-TE EM MACAU

 

> Mário Crespo. “As minhas crónicas nunca serão alteradas”...

 

 

por João Severino às 11:19
link do post | comentar | favorito
| partilhar
Quarta-feira, 22 de Fevereiro de 2012

O CHORO DO JORNALISTA

 

> Quando um jornalista medita sobre as suas centenas de reportagens que realizou ou sobre os milhares de notícias que redigiu, parece que já nada o impressiona. Parece. Quando se medita sobre o que ainda se gostava de oferecer à comunidade e não se encontra forma de, então, há ainda muita coisa que impressiona.

Na televisão, sob imagens horríveis e revoltantes do que se está a passar na Síria, ouve-se: "Os corpos dos jornalistas estão ali debaixo dos destroços provocados pelo bombardeamento". Neste momento, não se aguenta, e chora-se.

Passados alguns minutos, na RTP chega Rita Ramos com uma reportagem extraordinária a merecer um prémio de verdadeiro profissionalismo. A jornalista mostra-nos como alguns dos 400 mil idosos, que vivem sozinhos, se encontram no centro de Lisboa ou no profundo Trás-os-Montes. Abandonados à sua sorte e apenas com a visita de duas briosas militares e um graduado da GNR. Uma reportagem que nos mostra como um homem vive sem casa de banho, sem água potável, sem electricidade, sem rádio, sem televisão e sem telefone. O idoso apenas salientou à reportagem que no dia em que morrer hão-de encontrá-lo já todo comido pelos ratos e pelas abelhas. Obviamente, que neste momento, também não se aguenta, e chora-se.

 

por João Severino às 21:34
link do post | comentar | ver pauladas (1) | favorito
| partilhar
Quinta-feira, 2 de Fevereiro de 2012

QUANDO O JORNALISTA VIRA POLÍTICO

 

> É sempre triste. Muito triste a fraca figura de um qualquer jornalista que vira político. No caso de Pedro Rosa Mendes parece ter-se decidiu por andar nas bocas do mundo. Escreveu uns livros e parece querer promoção para a venda dos mesmos. Vai daí, resolveu dar a volta ao mundo a anunciar que lhe exerceram censura. Estamos a falar de liberdade de expressão ou de se tentar queimar um ministro? Se eu participasse num debate sobre esta questão seria muito duro para com os meus contestatários e aprenderiam uma verdade universal: não existe um jornalista que possa dizer que tem a total liberdade para escrever tudo o que lhe apetecer.

 

NOTA: Quem quiser pode organizar o debate desde que seja numa estação de rádio.

 

por João Severino às 10:38
link do post | comentar | ver pauladas (1) | favorito
| partilhar
Segunda-feira, 30 de Janeiro de 2012

ABUSO DE PODER

 

 

> O abuso de poder não é executado apenas nos gabinetes dos Ministérios e da Assembleia da República. A Rua Acácio de Paiva, em Alvalade, tem dois sentidos para o tráfego rodoviário. De repente, chega uma carrinha topo de gama Volvo, rola fora de mão e... estaciona mesmo em segunda fila e em contra-mão, para que o seu proprietário se deslocasse a uma loja situada ao lado da viatura.

 

- A viatura é de um ministro?

- Não!

 

- A viatura é de um deputado?

- Não!

 

- A viatura é do governador do Banco de Portugal?

- Não!

 

- A viatura é de um banqueiro?

- Não!

 

- A viatura é de um embaixador?

- Não!

 

- A viatura é do Cardeal-Patriarca?

- Não!

 

- A viatura é do Belmiro de Azevedo?

- Não!

 

- A viatura é do Américo Amorim?

- Não!

 

- A viatura é do Francisco Balsemão?

- Não!

 

- A viatura é do Mário Soares?

- Não!

 

- A viatura é do Stanley Ho?

- Não!

 

- Porra! De quem é o carro?

- É de um jornalista que se recheou bem em Macau...

 


 

por João Severino às 17:19
link do post | comentar | ver pauladas (1) | favorito
| partilhar
Sábado, 28 de Janeiro de 2012

ANDO CHATEADO COM O SINDICATO

 

 

> O "meu" Sindicato dos Jornalistas já passou pelas mais variadas vicissitudes e até por lutas de tomada do poder interno. Todas as formações políticas adoram controlar sindicatos. Não sei bem por quê, já que os anarco-sindicalistas ensinaram-nos na génese da existência de sindicatos em Portugal que o poder sindical só o é verdadeiramente se vier de baixo para cima, ou seja, emanado dos sindicalistas para a cúpula directiva. Ora, isso, há muito que não acontece no nosso sindicalismo e num momento em que se rrealiza mais um congresso da Intersindical, aí está mais um exemplo do que é a mão prepotente de um partido sobre a organização sindical de base na escolha do líder sindical.

Quanto ao "meu" sindicato ando chateado com ele porque só recebo comunicados a indignar-se contra o facto consumado. Contra os despedimento dos jornalistas depois de eles já terem sido mandados para casa ou avisados para limparem as gavetas. O Sindicato dos Jornalistas tem de estar atento com muita antecedência ao que se vai passando, ou poderá vir a acontecer, nas empresas de comunicação social através dos seus delegados e protestar antes dos factos consumados, nomeadamente, organizar formas de luta antes dos despedimentos, promover greves antes do anúncio que a empresa vai reduzir custos, etc., etc..

Nunca pedi nada ao Sindicato dos Jornalistas [e se bem necessitei do seu apoio, mas se como desempregado tenho o direito a não pagar quotas, também acho que não tenho o direito de estar a provocar despesa ao sindicato em minha defesa]. Ainda há dias, tive de me defender em tribunal de uma acusação patética sobre algo que escrevi e defendi-me sozinho e saí-me bem. Mas isto, para dizer que o Sindicato dos Jornalistas não se pode limitar a lamentar e a protestar contra os desmandos e prepotências das entidades patronais de jornais, revistas, estações de rádio e de televisão só após a impossibilidade dos trabalhadores regressarem ao trabalho.

O Sindicato dos Jornalistas, por exemplo, por que não exige ao Governo que a legislação obrigue terminantemente que na criação de um novo órgão de comunicação social seja consultada a lista de jornalistas desempregados? Um facto simples e que poderia ajudar muitos associados a obter uma solução para as suas dificuldades profissionais e pessoais.

O que acabei de escrever não é uma crítica ao SJ, mas uma proposta solidária, já que nunca tive a oportunidade de colaboração, pois, em tempo de eleições, aparece sempre uma única lista de corpos directivos...

 

 

 

por João Severino às 10:01
link do post | comentar | ver pauladas (1) | favorito
| partilhar
Sábado, 31 de Dezembro de 2011

HERÓIS SEM MEDALHA

 

> Em 2011 foram mortos dois profissionais da comunicação social por semana.

 

 

por João Severino às 11:28
link do post | comentar | favorito
| partilhar
Terça-feira, 18 de Outubro de 2011

perguntar não ofende

 

> Os comentadores-jornalistas que vão à RTP também são pagos?

 

por João Severino às 08:53
link do post | comentar | favorito
| partilhar
Quarta-feira, 12 de Outubro de 2011

cavaco e os jornalistas

 

> O presidente da República foi dar umas graçolas sem piada nenhuma para o Clube de Jornalistas. Cavaco Silva saberá alguma coisa sobre jornalistas? Sobre a sua situação laboral? Sobre o seu sofrimento nos locais de trabalho ou no desemprego? Cavaco saberá também que o Clube dos Jornalistas não serve para nada a não ser para uns quantos senhores terem umas boas almoçaradas em local privilegiado, clube esse onde nem sequer pode penetrar a maioria dos jornalistas? Graçolas de presidente e de clubes inúteis são dispensáveis.

 

por João Severino às 10:03
link do post | comentar | favorito
| partilhar
Terça-feira, 20 de Setembro de 2011

o silêncio

 

> O silêncio é a nova forma de fazer política no Palácio de Belém. Cavaco Silva depois de andar a esconder aos portugueses tudo o que sabia sobre os desvios astronómicos nas finanças da Madeira, depois de aceitar impunemente o insulto de "senhor Silva", depois de aceitar vergonhosamente que a Assembleia Legislativa da Madeira não realizasse uma sessão extraordinária durante a sua visita oficial, vem agora reunir de emergência com o primeiro-ministro para decidir o... silêncio. Silêncio sobre uma matéria gravíssima à qual os portugueses estão empenhados em repudiar vivamente.

Não se pode aceitar que os nossos governantes e representantes da soberania nacional permitam que numa determinada região do país reine a desbunda, o roubo, o compadrio, a discriminação, o insulto, a prepotência, a lavagem de dinheiro, a falta de democracia e a ilegalidade. O presidente (a partir de hoje neste blogue "presidente" com pê pequeno) da República não pode proibir os jornalistas de entrar em Belém para que não se possa informar o povo da matéria inerente a um encontro importante com o primeiro-ministro. Todos temos direito à informação e não podemos admitir que a república de bananas existente na ilha da Madeira seja extensiva ao território de um país que se quer digno.

 

por João Severino às 10:47
link do post | comentar | favorito
| partilhar
Sábado, 27 de Agosto de 2011

olhem que admiração

 

> Está a dar muito que falar nos mentideros políticos e jornalísticos a notícia do 'Expresso' de que um jornalista do 'Público' foi escutado pelos serviços secretos. Mas qual é a admiração? Haverá ainda alguém que tenha dúvidas que não é um jornalista, nem dois, nem três, nem uma dúzia que são escutados, seguidos e a sua privacidade violada? Cá pelo meu lado, já venho assistindo a este filme há muitos anos...

Governo pede inquérito sobre acesso a registos telefónicos do jornalista Nuno Simas

 

por João Severino às 11:01
link do post | comentar | ver pauladas (1) | favorito
| partilhar
Quarta-feira, 24 de Agosto de 2011

seguro

 

> Leio semanal e religiosamente as crónica do mestre Baptista-Bastos no 'DN'. Mas hoje fiquei perplexo. BB percorre a totalidade do texto preocupado com o paradeiro político de António José Seguro. BB estranha que Seguro não apareça a contestar a acção governativa da coligação. BB dá a entender que o  PS está na clandestinidade.

Mas vendo bem, o que é que Baptista-Bastos tem a ver com o PS?

 

por João Severino às 09:41
link do post | comentar | favorito
| partilhar
Sábado, 20 de Agosto de 2011

saraiva sem memória

 

> Nuno Saraiva, o jornalista do 'DN' que pensávamos só ter jeito para as "festinhas" organizadas pelo jornal e colocar-se a jeito para a foto do costume, veio hoje a terreiro para escrever que "tivesse sido um ajudante de José Sócrates a convidar Mário Crespo para ser correspondente da RTP em Washington e já o Carmo e a Trindade tinham, e bem, caído.".

Saraiva não tem memória. Aconteceu que no tempo do Sócrates registaram-se muitos convites destes. Só que, o 'DN' e outros jornais controlados pela máquina pidesca socratina não permitiam que o povão viesse a ter conhecimento...

E já agora, que história é essa do Carmo e a Trindade cairem "bem"? Quando se cai não é sempre mau?...

 

por João Severino às 10:54
link do post | comentar | favorito
| partilhar
Terça-feira, 9 de Agosto de 2011

reciclar antena 1

 

> Aos microfones da estação oficial Antena 1 deveria existir um pouco mais de profissionalismo. Os erros gramaticais, e não só, são usuais. Esta manhã, um dos correspondentes, durante o seu despacho, fartou-se de dizer BEM "controladores de tráfego aéreo". Pois, acto contínuo, o noticiarista que estava em estúdio referiu-se aos "controladores aéreos". Certamente, queria referir-se aos indivíduos que andam pelo ar com asas de anjinhos...

 

por João Severino às 10:26
link do post | comentar | favorito
| partilhar
Sábado, 6 de Agosto de 2011

jornalismo não é militância

 

 

> PSD e CDS: Um casamento de fachada que tem tudo para correr muito mal.

 

Uma análise de Ana Sá Lopes com a qual discordo em absoluto.

 

 

 

 

por João Severino às 11:27
link do post | comentar | favorito
| partilhar
Terça-feira, 2 de Agosto de 2011

transparência

 

> Anda por aí muito boa (?) gente preocupada com a transparência do novo governo de Passos Coelho. Transparência, não é? Transparência que tem de começar pelas empresas privadas, e acima de tudo, pelos jornais. Não se admite, por exemplo, que num diário haja um director a ganhar mais de 30 mil euros, resida fora de Lisboa e lhe seja dada uma "casa de função" no Parque das Nações, perto do casino que frequenta bem como outras mordomias, a primeira das quais deslocar-se ao jornal muito raramente. Casa de função nunca foi concedida a nenhum director do mesmo jornal, mesmo quando este vendia mais de 100 mil exemplares e hoje situa-se em pouco mais de 50 mil.

Não se admite que num jornal existam profissionais a trabalhar, lado a lado, na mesma redacção, com um jornalista a ganhar cerca de 5.000 euros e o outro cerca de 700. Há transparência sobre o salário dos jornalistas? E por que existe uma diferenciação medonha na mesma redacção? Nada tem a ver com os políticos?... Nada tem a ver com falta de transparência?...

 

por João Severino às 16:08
link do post | comentar | ver pauladas (1) | favorito
| partilhar
Quinta-feira, 28 de Julho de 2011

beijo na repórter

 

 

por João Severino às 16:06
link do post | comentar | favorito
| partilhar
Sexta-feira, 22 de Julho de 2011

esclarecido

 

> Ferreira Fernandes costuma fechar a porta do 'DN' com uma croniqueta na última página. Fernandes pretende sempre dar uma de muito esclarecido, contudo, os seus leitores habituais decepcionam quando não verificam esse esclarecimento. Hoje, o articulista dedicou o escrito a Murdoch e ao problema que nos últimos dias tem assolado a opinião pública, especialmente, a britânica, com o caso das escutas do 'News of the World'.

Fernandes salienta que "em Portugal, não há jornais que de forma sistemática pagam a bandidos para fazer escutas ilegais". Ops!!! "de forma sistemática"?! Quer dizer, existem escutas de vez em quando? Já sabíamos há muito...

Ferreira Fernandes depois de afirmar que não há escutas de forma sistemática, sublinha que "não é por moral, é por falta de dinheiro dos jornais". Ops!!! Por falta de dinheiro? Não acredito que jornais com mais de 100 mil exemplares vendidos e com uma carteira de publicidade infindável, não tenham dinheiro. Mas isso é outra história...

Fernandes, para quem "Um ponto é tudo" vai ao ponto de escrever que se está perante uma máfia, a máfia de Murdoch. É feio escrever isto. Ninguém gostava que alguém balbuciasse a máfia do Balsemão, do Oliveira, do Fernandes, do Jaime Antunes ou do Paes do Amaral. E isso, para salientar que "A máfia de Murdoch, por muito máfia, é clara nos seus propósitos: ganhar mais dinheiro e poder. A nossa é difusa, nem lhe conhecemos as intenções". Ops!!! Ó Fernandes, então você anda no meio do meio jornalístico e nem lhe conhece as intenções? Então, por que razão andam os grupos de média todos à caça do canal 1 da RTP?...

 

por João Severino às 09:50
link do post | comentar | favorito
| partilhar
Terça-feira, 19 de Julho de 2011

mafia a sério

 

> Lição aos bufos: Jornalista ligado ao escândalo das escutas do 'News of the World' foi encontrado morto.

 

 

 

 

por João Severino às 00:01
link do post | comentar | favorito
| partilhar
Segunda-feira, 18 de Julho de 2011

deve servir de muito

 

> O secretário-geral do PSD/Madeira, Jaime Ramos, insultou hoje o jornalista Élvio Passos quando este, ao serviço do "Diário de Notícias" do Funchal, compareceu a uma conferência de imprensa daquela estrutura regional do PSD. O Sindicato dos Jornalistas repudia o ocorrido e vai pedir a intervenção da Entidade Reguladora para a Comunicação Social. Deve servir de muito...

 

por João Severino às 19:02
link do post | comentar | favorito
| partilhar
Terça-feira, 12 de Julho de 2011

ah!... pensava que não

 

> Ricardo Rodrigues vai ser julgado por atentado à liberdade de imprensa ao roubar gravadores de jornalistas.

 

 

por João Severino às 23:13
link do post | comentar | favorito
| partilhar
Sexta-feira, 8 de Julho de 2011

na baila

 

 

> Ui, ui, ui que temas que eu vejo a serem colocados na baila. Escutas a políticos, e não só, a partir de redacções de jornais, bem como a relação jornalistas-políticos. Isso é um romance sem fim. E não se esqueçam de introduzir pelo meio a acção de certos agentes policiais e magistrados que sempre facilitaram e muito, a escuta, a perseguição, a fotografia, a filmagem secreta e a prosmicuidade. A propósito, quando é que páram com o meu telefone debaixo de escuta?... É que em Portugal também há 'News of the World'...

 

por João Severino às 17:12
link do post | comentar | favorito
| partilhar
Terça-feira, 5 de Julho de 2011

os amigos dos mortos

 

> Sempre que morre uma figura pública aparecem os amigos dos mortos, mais conhecidos como os comentadores de funeral. Ontem, tivemos duas notícias tristes com o falecimento dos companheiros António Jorge Branco e Joaquim Lobo, dois profissionais de excelência. É pena que só na hora da morte é que apareçam, tipo abutres, os amigos dos mortos a dizer umas baboseiras para a rádio e televisão. Quando as pessoas que desaparecem estavam vivas, com dificuldades de sobrevivência, ou não, ninguém apareceu a dizer que era "uma excelente pessoa", "um coração bom", "um profissional exemplar", "uma figura que deixa saudades", etc., etc.. Por que não em vida tecer elogios, bater palmas pelo trabalho desenvolvido, manifestar apreço nas páginas de jornais e revistas ou em programas de rádio e de televisão? Por que não manifestar preocupação pelo seu precário modo de vida ou de saúde, quando é caso disso? Estou farto dos hipócritas comentadores que invadem os nossos receptores sempre que morre alguém conhecido do grande público. Os comentadores de funeral deviam acabar, pelo asno que nos provoca a sua vaidade balofa. Toda a sua falácia cheira a falsa.

 

por João Severino às 10:47
link do post | comentar | ver pauladas (6) | favorito
| partilhar
Segunda-feira, 27 de Junho de 2011

o 'i' não vai acabar

 

 

> Algumas pessoas que trabalham no diário 'i', especialmente as que escrevem mal, falam mal na rádio e falam mal na televisão, não gostaram que eu tivesse escrito que o 'i' teria os dias contados. Pronto, preferem receber uma carta de chofre ou um SMS a transmitir-lhes que estão despedidas. Se não souberam interpretar que o meu post era uma chamada de atenção para que preparassem as suas vidas para outra vida, tudo bem, aceito as críticas, mas depois não venham dizer que eu estive certo. Desculpas vossas atiro-as para o lixo. Detesto gente que só sabe falar por trás ou mandar recados. Seria mais honesto e ético que tivessem vindo aqui responder com a vossa identidade e se debatesse os pontos de vista discordantes. Há por aí papagaias que ainda bem que vão mudar de zoo...

 

por João Severino às 00:30
link do post | comentar | favorito
| partilhar
Segunda-feira, 6 de Junho de 2011

comentadores de tv

 

> Ignorantes e vira-casacas. A vitória da maioria PSD-CDS estava assegurada e nenhum referia o facto histórico que aconteceu pela primeira vez e que foi o sonho de Sá Carneiro: um presidente, uma maioria, um governo. Os que sempre defenderam Sócrates até chegaram ao ponto de afirmar "Confio em Passos Coelho"...

 

 

 

por João Severino às 09:36
link do post | comentar | ver pauladas (1) | favorito
| partilhar
Sexta-feira, 27 de Maio de 2011

golpe de estado na antena 1

 

 

> Mais uma vez se confirmou a censura e o controlo da informação existente em certos meios de comunicação social com ordens claras vindas de cima. Noticiário da 7.00 horas, na Antena 1, esta manhã: o noticiarista anuncia os títulos incluindo um que dizia "Medina Carreira defende Golpe de Estado". Ouve-se o desenvolvimento noticioso e nada de Medina Carreira e de golpe de Estado. Os telefonemas de protesto choveram para a estação emissora estatal. Noticiário intercalar das 7.30 horas: o noticiarista consegue o "milagre" de falar de Medina Carreira, colocando uns segundos de RM com declarações do fiscalista, sem que se oiça a expressão "Golpe de Estado". Vergonhoso. A precisar urgentemente de uma vassourada, aliás, de um golpe de Estado.

 

 

Só o tolo cai duas vezes no mesmo buraco

 

por João Severino às 08:49
link do post | comentar | favorito
| partilhar
Quarta-feira, 25 de Maio de 2011

o poder não serve para tudo

 

> José Sócrates e Júlio Pereira perdem processo contra jornalistas em tribunal.

 

 

Mal vai o rato que conhece só um buraco

 


 

por João Severino às 10:36
link do post | comentar | favorito
| partilhar
Sexta-feira, 13 de Maio de 2011

manuel pina passou a mestre

 

 

> Prémio Camões atribuído em tempo recorde, por unanimidade e com alegria a Manuel Pina.

por João Severino às 10:14
link do post | comentar | favorito
| partilhar
Segunda-feira, 9 de Maio de 2011

é bom ser director de jornal

 

> O melhor emprego em Portugal é ser director de jornal. Pelo menos, para alguns. Não vão ao jornal, não assistem ao fecho das edições, não escrevem nada (têm alguém que o faça e depois assinam por baixo), têm tempo para comentários na tv como promoção pessoal, têm tempo para jogar nos casinos, têm apartamentos pagos pelo jornal para além da residência própria que devem servir para obterem a "inspiração"..., têm tempo para festas, lançamentos de livros, exposições, palestras com almoçarada, conferências com jantarada e um salário ridículo de 30.000 euros...

 

 

por João Severino às 09:58
link do post | comentar | ver pauladas (5) | favorito
| partilhar
Sábado, 7 de Maio de 2011

a sério

 

> Hoje tive a honra e a satisfação de ser mais uma vez convidado para jantar pelo meu amigo Pedro Correia, um dos melhores jornalistas portugueses. É bom ter amigos a sério.

 

 

por João Severino às 23:58
link do post | comentar | favorito
| partilhar
Sexta-feira, 6 de Maio de 2011

jornalistas devem sê-lo

 

> A prática de convocar órgãos de comunicação social para conferências de imprensa em que os jornalistas não podem fazer perguntas e em que a recolha de imagens é limitada às televisões deve merecer o boicote dos profissionais da comunicação social, advoga e muito bem o Sindicato dos Jornalistas. Já é tempo de os jornalistas deixarem de fazer de palhaços ou de porta-microfones. A cambada política no poleiro tem de levar uma lição de... jornalismo.

 

por João Severino às 19:07
link do post | comentar | ver pauladas (1) | favorito
| partilhar
Sexta-feira, 29 de Abril de 2011

preservativos

 

> A RTP gastou um dinheirão com o seu enviado-especial a Londres para a cobertura do casamento real de William e Kate. Para quê? Para a determinado momento do seu comentário dizer o seguinte: "... foram necessários muitos preservativos"... logo de seguida corrigindo, ao afirmar: "muitos preparativos...".

por João Severino às 20:20
link do post | comentar | ver pauladas (4) | favorito
| partilhar
Terça-feira, 12 de Abril de 2011

jornalistas

 

 

> Uma foto do baú de Afonso Camões, presidente da Agência Lusa e que dirigiu o Gabinete de Comunicação Social de Macau, que me deu muita satisfação ao recordar belos tempos. Na oportunidade, o Afonso reuniu os jornalistas portugueses e chineses. Um bom momento.

 

por João Severino às 19:31
link do post | comentar | favorito
| partilhar
Domingo, 13 de Março de 2011

adivinhe quem vem jogar

 

> Para os leitores mais ligados às redacções dos jornais, vejam lá se conseguem adivinhar quem é o director de jornal ou revista que está em risco de ser despedido por ser um viciado ao jogo e acumular dívidas atrás de dívidas?

 

- Ricardo Costa, 'Expresso'

 

- Manuel Queiroz, 'i'

 

- Octávio Ribeiro, 'Correio da Manhã'

 

- João Marcelino, 'Diário de Notícias'

 

- José Leite Pereira, 'Jornal de Notícias'

 

- José António Saraiva, 'Sol'

 

- Pedro Camacho, 'Visão'

 

- Miguel Pinheiro, 'Sábado'

 

- Bárbara Reis, 'Público'

 

por João Severino às 11:05
link do post | comentar | ver pauladas (1) | favorito
| partilhar
Quinta-feira, 10 de Março de 2011

inventor, aldrabão e cromo

 

> Vou contar-vos um episódio verídico que aconteceu na redacção de um jornal diário. No passado sábado, aqui no blogue anunciámos que Cavaco Silva iria almoçar no navio "Sagres" no dia da sua posse. Um jornalista na redacção disse para os colegas do lado: "É pá, está aqui um inventor e aldrabão de notícias no blogue Pau Para Toda A Obra a dizer que o Cavaco almoça no Sagres no dia da posse... alguma vez o presidente ia visitar um barco quando deve estar a rever o discurso... há cada cromo!"...

Ontem, o dito jornalista foi gozado pelos colegas quando lhe referiram que, afinal, o Presidente Cavaco tinha ido almoçar ao 'Sagres'...

Sem comentários.

 

por João Severino às 11:25
link do post | comentar | ver pauladas (10) | favorito
| partilhar
Segunda-feira, 28 de Fevereiro de 2011

faz hoje 38 anos...

 

> ... que o chefe de redacção na RTP, o meu saudoso amigo José Manuel Marques, me chamou e disse: "Olha, puto, como sabes faz hoje um mês que começaste a trabalhar e a Direccção de Informação (Vasco Hogan Teves) acha que tens jeito e capacidade para seres jornalista. O teu estágio acabou e boa sorte". Parece-me que tive de pagar um copo ao Cordeiro do Vale, Bessa Tavares, Adriano Cerqueira, Luís Alberto Ferreira, José Esteves Pinto, Herculano Carreira, Ribeiro Soares, Armando Carvalho, Rodrigo Emílio, Vasco Centeno, Abílo Abrantes, João Facha e aos assistentes Veiga e Carlos.

 

por João Severino às 10:52
link do post | comentar | ver pauladas (2) | favorito
| partilhar
Quinta-feira, 10 de Fevereiro de 2011

no melhor pano cai a nódoa

 

> Nas manhãs da Antena 1 há um jornalista que faz um pouco de tudo. Ele entrevista ministros, deputados, médicos, gestores, autarcas, promotores do turismo, empresários, políticos dos diversos quadrantes, lê os jornais internacionais na net, aborda as redes sociais e conversa com um colega especialista em economia sobre a situação do país. Ele é bom, esforçado e levanta-se cedo que é algo peculiar que não é para toda a gente. Só foi pena que hoje tivesse pronunciado "uma grama" ao que é masculino...

por João Severino às 10:19
link do post | comentar | favorito
| partilhar
Sexta-feira, 4 de Fevereiro de 2011

barrete

 

 

> Hoje, lê-se no 'DN' um trabalho de Eduarda Frommhold (jornalista?) que mais parece um artigo publicitário ao empreendimento de luxo Estoril Residence. As loas sobre o mamarracho são muitas, e o texto informa-nos que o luxo está praticamente todo vendido e na maioria dos apartamentos, a portugueses.

Incrivelmente, os promotores do projecto esqueceram-se de informar a articulista Eduarda sobre o "barrete". O tal super barrete que foi "enfiado" aos milionários compradores que ficariam muito desolados se soubessem que as rochas ornamentais do pavimento e paredes têm três vezes menos a dimensão do que é revestida uma qualquer casa de bairro social... Há alguém na Somague e na Edifer que sabe que eu sei que eles sabem...

por João Severino às 10:20
link do post | comentar | favorito
| partilhar
Quinta-feira, 3 de Fevereiro de 2011

breaking news


> Os jornalistas estrangeiros presentes no Cairo correm perigo de vida. Os apoiantes do ditador Mubarak estão a invadir os hotéis da capital egípcia no sentido de capturar todos os jornalistas que encontrarem e ouviu-se, à porta de um dos hotéis: "Morte aos jornalistas!". Vários jornalistas portugueses encontram-se no Cairo. No centro da cidade a violência continua e há notícia de um jornalista morto.


por João Severino às 16:05
link do post | comentar | favorito
| partilhar
Quarta-feira, 2 de Fevereiro de 2011

vêem

 

> Que a nossa língua é maltratada por todos nós, bem o sabemos. Mas, no diário 'Público' não é muito normal e acabo de ler um parágrafo assinado por vários jornalistas e nenhum deles conseguiu "ver" que estavam a errar sobre a "vinda" das pedras...

 

"15h00: O correspondente da BBC Jim Muir, no Cairo, descreve a situação: “Há pedras a voar por todo o lado. Vi pessoas a partirem os passeios para terem pedras para atirar. Nos últimos minutos foram disparados tiros para o ar, mas não é claro de onde vêem."

Maria João Guimarães, Dulce Furtado, Pedro Crisóstomo, Paulo Moura (Cairo)"

 

Será que não "vêem" pedras de onde elas se "Vêm" a cair?...

 

 

 

por João Severino às 15:03
link do post | comentar | favorito
| partilhar
Sexta-feira, 31 de Dezembro de 2010

o nuno simas está com os copos

 

> O Nuno Simas do 'Público' diz que José Sócrates está em fim de ciclo. Qual quê? Sócrates só agora vai iniciar o ciclo. O ciclo do Portugal grandioso, com mais de 150 mil postos de trabalho novos, com a economia a proporcionar um salário mínimo de 1.500 euros, com um TGV e um aeroporto modernos, com creches e lares em condições para todas as crianças e idosos, com hospitais sem horas de espera, com as novas mães a receber 2.000 euros por cada filho, com os combustíveis a metade do preço actual, ou seja, um ciclo de luxo. Nuno Simas não lê, não sabe, não está atento, não liga nenhuma às viagens de José Sócrates: China, Angola, Líbia e Venezuela foram destinos que resultaram num financiamento de biliões de euros em prole das gerações vindouras... Um fim de ciclo ao retardador para José Sócrates?

por João Severino às 16:18
link do post | comentar | favorito
| partilhar

a verdade é sempre difícil de engolir

 

> 145 jornalistas passam o ano atrás das grades.

por João Severino às 09:10
link do post | comentar | favorito
| partilhar
Sábado, 4 de Dezembro de 2010

aeromoscas

 

 

 

> "O chamado 'Aeromoscas' de Beja, apresentado como o centro nevrálgico do novo cluster aeronáutico do país, enterrou já dezenas de milhões de euros num aeroporto que, por defeito de concepção da pista. nem certificados para voo consegue ter. Parece que agora, e injectando mais 39 milhões, o 'Aeromoscas' poderá, finalmente, cumprir a sua vocação de receber aviões. Apenas com um pequeno óbice: não se sabe, porque não se estudou nem planeou, que aviões poderá receber. Mas, mesmo assim - pronto, inadequado e parado há quatro anos - o 'Aeromoscas' custa aos contribuintes 4 milhões de euros por ano. Em quê, perguntarão os leitores? Ora, seguramente no habitual: vencimentos, despesas de representação e despesas administrativas. O Estado português tem esta extraordinária característica, que é a sua imagem de marca, tantas vezes: funcionar em antofagia administrativa. Isto é, determinado serviço só existe para se servir a si próprio, não para prestar serviço algum à comunidade. Quanto não pouparíamos se, um a um, fossem todos vistos à lupa e, quando inúteis, fossem exterminados?"

 

Miguel Sousa Tavares, hoje, in 'Expresso'

por João Severino às 12:15
link do post | comentar | ver pauladas (2) | favorito
| partilhar
Terça-feira, 23 de Novembro de 2010

há juízes que gostam de dar nas vistas

 

> Juiz que criticou jornalistas do Sol integra colectivo que os vai julgar.

por João Severino às 10:42
link do post | comentar | favorito
| partilhar
Quarta-feira, 17 de Novembro de 2010

alfredo vaz, o jornalista

 

> Hoje, estou ocupado e, por isso, o blogue sai prejudicado. Ocupado com algo de inesperado e sensibilizante. Alfredo Vaz é um dos melhores jornalistas de Macau. Em televisão ainda não apareceu alguém melhor que ele. Nos jornais consegue escrever com extrema competência o que lhe apetece, seja crónica, artigo sobre política ou desporto, reportagem ou entrevista. É um jovem que se fosse americano seria o melhor na CNN. Em Macau, está entretido com o Facebook e escreveu-me a solicitar uma entrevista. Quando o jornalista é notícia algo vai mal no reino. Mas, o Alfredo Vaz lembrou-se do meu passado, e essa particularidade comoveu-me. O Alfredo quer saber como é que fui piloto de automóveis, como subi ao pódio numa corrida do programa do Grande Prémio de Macau e como é que consegui percorrer de jipe a distância entre Macau e Lisboa, enfim, faz perguntas. E eu vou responder, porque são factos que consegui realizar com muita história. Porque são perguntas feitas por um jovem que demonstra admiração por este kota, amigo de longa data. Desculpem lá, mas amor com amor se paga.

por João Severino às 10:28
link do post | comentar | ver pauladas (3) | favorito
| partilhar
Quarta-feira, 15 de Setembro de 2010

JORNALISTAS (4)


> Baptista-Bastos, 'Diário de Notícias'



(...) Andei, infatigável e arfante, à procura do insulto de Edite, da injúria de Edite, do indecoro de Edite. Vasculhei a prosa; procedi a um varejo intenso e minucioso; esquadrinhei o adjectivo; perscrutei as eventuais insinuações que se escondessem, sinistramente, por detrás das locuções adverbiais. Nada. A carta mais não adianta do que repetir o que muitos portugueses alfabetizados pensam e dizem do dr. Cavaco. E fá--lo com prudência, com equilíbrio e com gramática. Não diz que o rei vai nu. Aponta os perigos que o reino corre com este rei vestido, crispado, desprovido de ironia, regido por um projecto político no qual o humanismo e a compaixão estão ausentes. Nem um sopro de novidade. Diz Borges que os homens assim configurados ocultam sempre algo de sinistro. Diz Borges, não Edite. (...)
por João Severino às 10:55
link do post | comentar | favorito
| partilhar
Terça-feira, 14 de Setembro de 2010

RICARDO COSTA BEM MERECE


> É uma anormalidade. Mas, uma anormalidade boa. O melhor jornal português passar a ser dirigido por um jornalista de 40 anos e que já deu provas de isenção e profissionalismo. Ricardo Costa vai assumir a direcção do 'Expresso'. E ainda bem.

Henrique Monteiro abandonará, a 1 de Janeiro de 2011, o cargo de director do semanário, posição que ocupou durante os últimos cinco anos. A sucedê-lo, estará Ricardo Costa, que ocupa desde Novembro de 2008 o cargo de director adjunto da mesma publicação.

Isto não quer dizer, no entanto, que Henrique Monteiro abandone o jornal onde trabalhou, inicialmente como editor da Revista e da secção de Sociedade, e depois (a partir de 1995) como subdirector. Henrique Monteiro irá, a partir de Janeiro do próximo ano, assumir o cargo de administrador não executivo da Impresa - holding detentora de publicações como a Courier Internacional, a Blitz, a FHM, a Visão e o operador de televisão privado SIC, para além do 'Expresso'.

A acumular à posição na administração da Impresa, Henrique Monteiro deverá também ocupar a posição de director e coordenador editorial para Novas Plataformas, em que se encarregará de optimizar o formato e conteúdo do jornal para, segundo um comunicado da Impresa, "coordenar a implementação da estratégia do grupo" na área das novas tecnologias, em particular das plataformas móveis e telecomunicações.

Ontem, numa carta enviada à Redacção, Henrique Monteiro realçava a promessa que fizera a Francisco Pinto Balsemão (presidente do Conselho de Administração da Impresa), de que não permaneceria no cargo de director do 'Expresso' durante mais de quatro anos. Foi então neste espírito que, segundo o próprio jornalista, Henrique Monteiro se retira (ao fim de cinco anos) da direcção do semanário em que levou a cabo uma renovação de conteúdos, de equipa, de grafismo e formato, bem como na área dos suplementos.

Quanto a Ricardo Costa, o antigo director da SIC Notícias (entre 2003 e 2008, antecedendo António José Teixeira no cargo), o jornalista e comentador iniciou a sua carreira precisamente no 'Expresso', na secção de política, em 1989. Ingressou em 1992 nos quadros da SIC, em que em 1996 se tornou editor de política e director adjunto de Informação em 2001.


por João Severino às 14:47
link do post | comentar | ver pauladas (1) | favorito
| partilhar

TADINHO

> O Pedro Tadeu depois de levar o diário "24 Horas" à falência anda agora a afugentar leitores/compradores do 'Diário de Notícias'. Hoje, lembrou-se de escrever uma anormalidade contra o sistema de apoio à saúde dos funcionários públicos, a ADSE. O senhor Tadeu esquece-se que os milhares de funcionários no activo ou aposentados descontam e descontaram durante décadas para o apoio à sua saúde. Que esses beneficiários não têm culpa nenhuma da má governação e gestão da cousa pública que muitos políticos levaram a efeito durante décadas no país. E o senhor Tadeu tinha a obrigação de saber que, no mínimo, devia respeitar os milhares de funcionários públicos e seus familiares que nunca gastaram um tostão ao erário público usando o benefício ADSE. Ou será que o senhor Tadeu não sabe que existem pessoas saudáveis que apenas têm contribuído com o seu desconto? Estou farto destes Tadinhos que só sabem escrever nos jornais à base da demagogia e da presunção. Tadinhos...
por João Severino às 10:10
link do post | comentar | ver pauladas (3) | favorito
| partilhar
Segunda-feira, 13 de Setembro de 2010

JORNALISTAS (3)


> José Manuel Oliveira, 'Diário de Notícias'



Dois jovens encapuzados e armados com pistolas assaltaram, ontem, cerca das 05.00, o empreendimento turístico Mourabel, constituído por apartamentos, situado no centro de Vilamoura, Loulé, de onde levaram 1750 euros, após terem agredido violentamente o recepcionista, obrigando-o a abrir o cofre, apurou o DN. Um dos gatunos falava com sotaque brasileiro, enquanto em relação ao outro as forças de segurança pensam tratar-se de um indivíduo de nacionalidade portuguesa, embora tenham dúvidas. Foi o terceiro assalto aos Apartamentos Mourabel registado nos últimos quatro meses. A Guarda Nacional Republicana (GNR) tomou conta do caso, que entretanto já está a ser investigado pela Directoria de Faro da Polícia Judiciária. Este assalto, com contornos violentos a um empreendimento turístico, acabou por surpreender os responsáveis pelo sector no Algarve, numa altura em que, de uma forma geral, muitos destacam o facto de este ter sido "um Verão relativamente calmo" na região. "É sempre preocupante e lamentável qualquer caso relacionado com criminalidade, mas não acredito que seja o regresso àquilo que se registou em 2009" ao nível de assaltos a hotéis e a turistas, disse ao DN o presidente da Entidade Regional de Turismo do Algarve, Nuno Aires, para quem, no entanto, "não é possível ter um polícia em cada esquina".

por João Severino às 10:43
link do post | comentar | favorito
| partilhar
Domingo, 12 de Setembro de 2010

JORNALISTAS (2)



> Elisabete Soares, Diário Económico


O arrendamento é uma alternativa cada vez mais real na vida dos portugueses, sendo já uma escolha para 20% dos clientes que procuram casa. De acordo com o gabinete de estudos da Associação dos Profissionais e Empresas de Mediação Imobiliária de Portugal (APEMIP), em Maio e Junho deste ano "o arrendamento residencial representa cerca de 20% das intenções de pesquisa, com incidência nos distritos de Lisboa e Porto (21,3% e 19,5% respectivamente)".
por João Severino às 18:51
link do post | comentar | favorito
| partilhar
Sábado, 11 de Setembro de 2010

JORNALISTAS (1)


> Tolentino de Nóbrega, 'Público'




O provedor do telespectador Paquete de Oliveira criticou o "tratamento diferenciado" dado a Carlos Cruz que “coloca a RTP sobre a acusação de parcialidade e de exercer um ´proteccionismo corporativo´ descabido”.
Em parecer emitido na quinta-feira, antes do conselho de administração da RTP e da ERC ter tomado posição sobre a cobertura da sentença e julgamento do caso Casa Pia, Paquete de Oliveira considera que aquela “instituição de serviço público, não deve ser veículo dos ataques deferidos à instituição Justiça, sem dar lugar ao contraditório da parte dos magistrados e investigadores envolvidos neste processo, aliás, nas circunstâncias processuais, impedidos de o fazerem”.
O provedor da RTP discorda e lamenta que “o tratamento deste assunto não esteja a obedecer a parâmetros de equidade”, privilegiando, com efeito, Carlos Cruz, “provavelmente por critérios editoriais”. No entanto, reconhece que, “no relevo mediático, que este caso sempre teve, desde o surgir da primeira notícia, Carlos Cruz, indevidamente, foi sempre a pessoa mais visada”.
por João Severino às 17:19
link do post | comentar | favorito
| partilhar
Sábado, 31 de Julho de 2010

ATÉ O DIRECTOR DO 'DIÁRIO DE NOTÍCIAS'

> Ninguém é perfeito. Apesar de existirem por aí alguns perfeitistas que gostam de bater em todos quantos cometem o mínimo erro na escrita, mesmo os melhores também erram,
Hoje, coube a vez ao próprio João Marcelino, director do 'DN', quando numa passagem do seu "Canal Livre", salienta: "(...) Em qualquer parte do mundo civilizado, o combate ao doping não tem horas nem locais marcados. É um imperativo que todos os verdadeiros desportistas aceitam - porque a maioria deles, os sérios, querem transparência e igualdade de circunstâncias na competição. (...)".

"A maioria quer", né, sô director?
por João Severino às 10:14
link do post | comentar | ver pauladas (1) | favorito
| partilhar
Segunda-feira, 24 de Maio de 2010

A MAIS PERIGOSA DO MUNDO


> Fotojornalista está considerada uma das profissões mais perigosas do mundo e em alguns casos a mais perigosa. Todos os anos são mortos fotojornalistas no cumprimento da sua missão. A nossa singela homenagem a todos eles que por esse mundo fora nos trazem a verdade dos factos.
por João Severino às 10:18
link do post | comentar | favorito
| partilhar
Quinta-feira, 29 de Abril de 2010

RECORDAR MIGUEL LEMOS

> A minha alma ficou parva ao ouvir na Comissão de Inquérito da Assembleia da República uma alusão ao meu saudoso amigo Miguel Lemos, falecido subitamente em sua casa em 2008. E a alusão referia-se ao facto de Miguel Lemos ser na altura da sua morte o director das relações exteriores da Taguspark.
Miguel Lemos sempre foi um homem sério, frontal e justo. Acredito profundamente que se Miguel lemos alguma vez ouviu falar no interior da Taguspark que seria necessário comprar a TVI para calar informação incómoda, que ele seria o primeiro a condenar esses processos e a enervar-se com os métodos pretendidos.
E já não referindo aqui o que competiria à Polícia Judiciária, no sentido de se saber se Miguel Lemos não estaria a ser um fardo para muitos interesses...
por João Severino às 11:14
link do post | comentar | ver pauladas (11) | favorito
| partilhar
Sexta-feira, 16 de Abril de 2010

PALAVRÃO PELA MANHÃ

> Ouve-se e não se acredita. Ao sintonizar esta manhã a Antena 1, o noticiarista falou da "Cantas". Cantas? Mas que grande palavrão na língua inglesa, especialmente na Austrália. O noticiarista referia-se à companhia de aviação "QUANTAS" e em vez de pronunciar "quantas" preferiu referir-se ao calão mais porco da vagina de uma mulher.
Possivelmente, estas coisas são ensinadas nos cursos superiores de jornalismo da actualidade...
por João Severino às 08:35
link do post | comentar | ver pauladas (4) | favorito
| partilhar

pptao

Um blogue onde deixarei simples observações sobre o que vai acontecendo à nossa volta neste mundo global. Também serve de contacto com imensas pessoas que gostaram de mim. O título do blogue? Porque sempre fui "pau para toda a obra". Obrigado por ter vindo. “Morrendo estou na vida, em morte vivo; / vejo sem olhos, e sem língua falo; / e juntamente passo glória e pena.”, Camões

widgets

arte

João Eduardo Severino

Create Your Badge

a frase

"A vida é muito curta para termos inimigos"
Ayrton Senna

Fevereiro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28

links

arquivos

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

cv

Jornalista com a Carteira Profissional nº 278. Já restam poucos do meu tempo. Como último cargo fui director e proprietário do diário 'Macau Hoje'. Pode ler o meu CV completo na primeira mensagem de Outubro de 2007.

subscrever feeds

visitantes


widgeo.net

tags

todas as tags