Sábado, 31 de Março de 2012

O EXAGERADO

 

> Alberto da Ponte: “Passos Coelho é o melhor primeiro-ministro desde Sá Carneiro”.

 

 

tags:
por João Severino às 10:34
link do post | comentar | favorito
| partilhar
Quarta-feira, 8 de Junho de 2011

grande verdade

 

> "Foi a primeira vez que trabalhei com um político que disse o que pensava e ganhou" – diz brasileira responsável pelo marketing da campanha de Pedro Passos Coelho

 

 

 

 

PAU COMMENTS

 

 

De a.marques a 9 de Junho de 2011 às 08:06
Participação cívica de um cidadão que também diz o que pensa cá no Pau:
-Vice 1º Ministro e das Finanças, Carlos Costa
-Governador do Banco de Portugal, Victor Bento
-Ministro dos Graus de Ensino e Formação, Nuno Crato
-Ministro do Trabalho e Assuntos Sociais (a designar)
-Secretário de Estado da Presidência do Conselho e
Relações Parlamentares (a designar)
-Ministro da Área Económica e Tecnológica (a designar)
-Paulo Portas (entre terra, mar e ar)
Nota: Máximo de 12 pastas ministeriais em fase de
ultimação
por João Severino às 23:17
link do post | comentar | ver pauladas (1) | favorito
| partilhar
Domingo, 5 de Junho de 2011

passos coelho é o novo primeiro-ministro

 

 

> Pedro Passos Coelho, militante de base, presidente da JSD, líder do PSD e primeiro-ministro. Agora, irá formar governo. Com o Partido Socialista?

 

tags:
por João Severino às 21:32
link do post | comentar | ver pauladas (1) | favorito
| partilhar
Sexta-feira, 27 de Maio de 2011

ainda bem que não é risco contínuo

 

> "Tenho a noção de que tenho corrido demasiados riscos", diz Passos Coelho.

 

 

tags:
por João Severino às 10:07
link do post | comentar | ver pauladas (1) | favorito
| partilhar
Sábado, 21 de Maio de 2011

sem gastar muito

 

 

> Ora aqui está uma boa ideia sem gastar muito dinheiro. Vários automóveis percorrem as ruas decorados em apoio ao candidato do PSD Passos Coelho. Quando toda a gente olha para a viatura, estacionada ou em andamento, a campanha está a ter efeito.

 

Quem porfia, mata caça

 

tags:
por João Severino às 19:35
link do post | comentar | favorito
| partilhar
Sexta-feira, 20 de Maio de 2011

passos vs sócrates

 

> Esta noite, na RTP, o inexperiente, o analfabeto, o africanista Passos Coelho deu uma lição de sabedoria e de liderança ao experiente, viajado e perturbado José Sócrates.

 


 Sócrates - Portugal está confrontado com um desafio. Aumentou o desemprego em todos os países. Nós estávamos a fazer o nosso caminho mas este processo foi interrompido por uma crise política. A diferença está na manutenção do estado social. O doutor Pedro Passos Coelho propôs que o Estado deixasse de ter uma rede de escolas pública e a saúde também deixar de ser pública.

 

Passos - O actual primeiro-ministro de Inglaterra é mais novo que eu, nunca foi governante e é chefe de Governo. Tony Blair também nunca tinha sido governante. O que está em jogo é podermos discutir o que os governos em funções fazem. O engenheiro Sócrates é o primeiro-ministro que mais maldades fez ao estado social. O que mais reduziu os apoios, acabou com milhares de abonos de família. Vem agora o engenheiro Sócrates defender o estado social e depois aponta para mim que quero destruir o estado social. O senhor como é que consegue explicar como chegou aos 700 mil desempregados?

 

Sócrates - Tenho de dizer ao senhor doutor que quando era administrador de empresas não pensava assim. Tenho aqui um relatório de uma empresa onde trabalhava e onde 2010 dizia que em 2009 dizia que se estava em grande crise internacional, mas hoje diz que a culpa não foi da crise internacional. Passos Coelho, agora líder do partido, acha que a crise internacional não teve impacto.

 

Passos - Eu já sabia a sua técnica em querer fazer perguntas aos outros. Ainda bem porque eu quando mudo de opinião porque a realidade muda, assumo as minhas diferenças de opinião. A crise internacional teve efeitos.

 

Sócrates - Mas andámos bem em 2009...

 

Passos - Não, não andámos bem. O Governo não contraíu dívida pública como o devia ter feito. O chefe do FMI que cá esteve disse o mesmo que eu e o presidente do Banco de Portugal também disse o mesmo. Em resposta ao 'Sol' disse que não seria necessário reduzir salários e disse ainda que iria reduzir os salários da função pública. Estas mudanças de opinião afectaram muito mais os portugueses que o meu relatório na empresa onde trabalhava.

 

Sócrates - Lembre-se que a Europa mudou de estratégia. O senhor não tem razão. O senhor vai ter de discutir comigo o que pensa. O senhor propõe terminar com a tendência gratuita no Serviço Nacional de Saúde. Nós queremos melhorar a rede hospitalar e melhorar o SNS com melhor serviço e temos vindo a fazer esse serviço. Quando o senhor doutor propõe que deixe de haver tendência gratuita tem de explicar se os portugueses vão ter de pagar a sua saúde.

 

Passos - Ao ouvir o senhor engenheiro parece que o país está bem, que o senhor ministro das Finanças estava enganado, que o Estado afinal não precisa de empréstimos externos. Gostava que explicasse aos estudantes do Ensino Superior como é que eles chegaram à situação de não poder estudar.

 

Sócrates - Disse que eu menti...

 

Passos - Não me interrompa, se faz favor. O Estado não faz cobertura universal na saúde. O que o Estado faz é co-pagamento e é o que já existe. No programa eleitoral do PSD nós dizemos sobre saúde que é preciso abrir às policlínicas o seu médico de família. Quando anunciámos isto a ministra da Saúde e outros do Partido Socialista vieram dizer que o PSD queria acabar com o Serviço Nacional de Saúde, o que é falso. E a ministra mais tarde veio dizer aquilo que eu disse sobre as policlínicas e cooperativas de médicos.

 

Sócrates - Eu estou a falar dos pagamentos no SNS e o senhor disse que eu estava a mentir e espero que peça desculpa. O senhor escreveu no jornal 'i' e no seu livro que o texto constitucional deve ser alterado para que hajam co-pagamentos no SNS e trouxe aqui também duas entrevistas que o senhor deu para provar que não estou a mentir...

 

Passos - O senhor não gosta de falar dos 700 mil desempregados e de tudo o que o seu governo fez ao país.

 

Sócrates - Há um ponto ainda mais grave quando o senhor fala do acesso ao serviço universal porque o senhor quer acabar com o carácter geral do SNS e refiro-me aos seguros de saúde.

 

Passos - Nós acabámos de assistir à razão porque os portugueses querem mudar. O senhor depois de deixar uma herança de bancarrota, o senhor insiste em vir para este debate com questões menores em vez de discutir a sua responsabilidade que tem sobre o resultado da acção do seu governo. Porque é que não tem a coragem para assumir perante os portugueses a sua responsabilidade? Deixe-me dizer-lhe que a saúde não fica em perigo com a eleição de Pedro Passos Coelho. Fique sabendo que os portugueses comigo poderão deduzir as despesas na saúde. São pouquíssimos os países que estão com uma recessão como a nossa e as estatísticas dizem que o desemprego vai aumentar e o senhor vem discutir que eu quero acabar com a saúde gratuita...

 

Sócrates - Eu não recuso assumir as minhas responsabilidades. Houve uma crise internacional e nunca virei a cara às responsabilidades e espero que o senhor assuma as suas. O senhor é responsável pela crise política que criou  e há um preço que estamos a pagar. Desde que o senhor chumbou o PEC os juros da dívida começaram a aumentar e a economia ficou numa situação muito difícil. Na principal medida que foi chamado a tomar o senhor só pensou no interesse particular. Talvez se engane. Nós temos de lutar por mais crescimento económico e no domínio do emprego dos jovens temos várias medidas.

 

Passos - E por que não criar mais 150 mil postos de trabalho... O engenheiro Sócrates criou uma fantasia. Veio dizer que os partidos estavam com pressa para ir para o governo. Eu não tenho nenhuma pressa. O que eu fiz foi ajudá-lo, mas você falhou no PEC 2, no PEC 3 e por aí adiante. O governo teve de pedir ajuda internacional porque o governo perdeu a credibilidade nos mercados internacionais. Desde Outubro do ano passado que o país tem sustentado taxas insustentáveis. O senhor disse que não precisava de ajuda do FMI e disse que garantia que não precisava da ajuda ao FMI e disse mais que não estava disponível para governar com o FMI. Agora elogia as medidas do FMI. O governo prefriu que os bancos estivessem a comprar dívida em vez de emprestar dinheiro aos portugueses. O senhor é que está agarrado ao poder e só se preocupou com a sua imagem.

 

Sócrates - O país não precisava da ajuda externa e quem provocou tudo foi a sua acção em criar uma crise política e obrigar o país a pedir ajuda externa. O senhor sugeriu várias vezes a ajuda externa. Não tem razão quando diz que os bancos compravam a dívida e não invente fantasmas. Nós temos de discutir as suas propostas para o mercado de trabalho porque propõe ir mais além, mais além aonde, o senhor propõe mais precariedade...

 

Passos - Isso não é verdade...

 

Sócrates - Nós fizemos um acordo que está na base do que foi feito com a troika, eu refiro-me ao ponto que o senhor quer liberalizar o trabalho precário...

 

Passos - Isto é falso e eu tenho de responder. O que propomos é um sistema dual. Quem está com contratos a prazo permanece, mas para mais à frente pretende-se flexibilizar para que os jovens tenham mais emprego e para que se acabe com os recibos verdes. Há trabalho precário que é sazonal e nesse caso não acha...

 

- grande confusão com o moderador e ninguém se entende -

 

Sócrates - Desculpe mas eu quero voltar ao assunto porque o trabalho temporário é o mais precário...

 

Passos - Mas isso é obra do seu governo...

 

Sócrates - O senhor quer combater o desemprego permitindo mais despedimentos. Todas as doutrinas caminharam para a protecção dos trabalhadores. O governo no acordo com a troika inseriu a baixa da Taxa Social Única mas o PSD não estudando resolveu anunciar quatro pontos percentuais e depois já falou em oito e depois era a cerveja e depois era o vinho...

 

Passos - Tenho que anotar que nem depois deste debates o senhor não anuncie o... desculpe agora tenha paciência mas tem de me ouvir... assinou um acordo para quê? O senhor continua a dizer que vai estudar o assunto e o senhor não tem uma ideia do que vai fazer e por isso é que prefere dizer antes das eleições que vai estudar. Várias pessoas estudaram e nós também que a primeira descida da TSU tem de ter um impacto significativo e por isso é que falámos em quatro pontos e depois se podermos ir mais longe. O senhor que não tem nada a dizer sobre esta matéria ao menos oiça o que têm os outros a dizer. A satisfação de hoje com o anúncio da despesa orçamental é uma grande preocupação para quem vier a governar. O senhor já não está a cumprir o que assinou com a União Europeia.

 

Sócrates - Reduzimos 45% do défice e o senhor diz mal...

 

Passos - O que dizemos é que estamos preocupados. A despesa baixou porque aumentou muito os impostos. Portugal já não está a cumprir as directrizes recentes do FMI.

 

Sócrates - No momento em que a despesa está a descer o senhor vem dizer que isto é uma má notícia, já chega de estar sempre a falar em bancarrota, sabe que isto não é bom para quem quer governar. A ideia que temos de economia de baixos salários é do passado. Eu acho que temos de reforçar o empenho científico...

 

Passos - Eu tenho mesmo de esclarecer isto quando o senhor diz que o líder do PSC é imaturo eu tenho de lhe dizer que não admito essas acusações. A verdade é que o senhor e o seu ministro das Finanças erraram nas contas e eu acertei. O senhor sabia que não ia cumprir que usou o Fundo da PT...

 

Sócrates - O senhor diz mal de tudo...

 

Passos - Quando eu disse que acabávamos o ano nos 9% acertei e o senhor não sabia. Os senhores disseram que eu não estava a ser patriota e afinal a troika disse o mesmo que eu.

 

Sócrates - A despesa teve uma nova metodologia e acresceu o BPN e o BPP.

 

Passos - Eu falo da realidade.

 

Sócrates - O senhor entretinha-se a divagar e a escrever cartas públicas a levantar insinuações sobre os departamentos públicos. O que eu acho é que deve ser convidado para formar governo o líder que ganhar.

 

Passos - Nós apostamos muito na transparência e não é só nas contas públicas, para não voltarmos a ser surpreendidos. Eu assumirei o lugar de primeiro-ministro se o PSD for o partido mais votado.

 

Sócrates - Sempre defendi uma liderança forte e o país o que rejeita é uma liderança aventureira. Pensamos cumprir os objectivos que estão acordados com a União Europeia e com o FMI. Confio nos portugueses.

 

Passos - O país precisa de um governo que seja capaz de melhorar a situação. A situação que vivemos é da responsabilidade do engenheiro Sócrates e é preciso saber se os portugueses querem mudar ou não para fazer diferente do que foi feito nestes seis anos.

 

* Este post é dedicado aos nossos leitores que são surdos. Abraço.

 

 

De tal gente, tal semente

 


 

por João Severino às 22:18
link do post | comentar | ver pauladas (3) | favorito
| partilhar
Terça-feira, 17 de Maio de 2011

passos coelho marca pontos

 

> Esta noite, na TVI, Pedro Passos Coelho apareceu bem preparado e conseguiu fazer passar uma mensagem de seriedade e de realismo. O debate com Francisco Louçã, um dos melhores economistas portugueses, não era fácil, mas o líder do PSD rebateu todas as questões de Louçã tomando por base o programa eleitoral social-democrata, pois, de eleições se trata. Passos Coelho ainda marcou mais pontos ao saber explicar as incongruências do actual primeiro-ministro (um bom treino para sexta-feira) quando Louçã mais parecia um Sócrates a defender a "barracada" das Novas Oportunidades. O "novato" Passos Celho deu uma bofetada sem mão aos seus detractores porque ainda conseguiu debater com o radical Louçã com toda a cordialidade.

 

tags:
por João Severino às 21:45
link do post | comentar | ver pauladas (1) | favorito
| partilhar
Segunda-feira, 16 de Maio de 2011

até que enfim que alguém fala deste cancro

 

> Passos Coelho quer auditoria às Novas Oportunidades.

 

tags:
por João Severino às 19:25
link do post | comentar | favorito
| partilhar

o africano

 

 

> Passos Coelho: "Casei com África" e "sou o mais africano de todos os candidatos".

 

tags:
por João Severino às 09:36
link do post | comentar | ver pauladas (7) | favorito
| partilhar
Sexta-feira, 13 de Maio de 2011

o ridículo de portas

 

> Debate na SIC entre Passos Coelho e Paulo Portas. Alguém convenceu Portas do absurdo. Que poderia ser primeiro-ministro. Nesse sentido, veio para a tv ficar ridículo na fotografia. Chegou ao ponto de afirmar que o seu CDS poderá conseguir 23,5% dos votos e o PSD 20%. Isto, é absurdo e ridículo. Já mudei de canal porque custa-me imenso ver Portas a ajudar à reeleição de José Sócrates.

 

por João Severino às 21:10
link do post | comentar | ver pauladas (3) | favorito
| partilhar
Segunda-feira, 9 de Maio de 2011

o passos está doido ou quê?

 

> - É pá, o Pedro Passos Coelho deve estar doido. Se ele conseguisse convencer a malta que irá mesmo implementar o que anuncia, ganhava as eleiões com mais de quinze por cento de diferença do PS", dizia esta manhã um amigo para o outro no café. E salientava especialmente o anúncio do pagamento de as horas extraordinárias em folgas e férias.

 

tags:
por João Severino às 09:45
link do post | comentar | favorito
| partilhar
Domingo, 8 de Maio de 2011

acordar com boas notícias

 

 

> Até que enfim que ouvimos um político dizer que vai fazer o que o povo pede. Pedro Passos Coelho anunciou que vai reduzir o número de ministros e de secretários de Estado. 50% dos assessores existentes vão à vida. Cinco saídas para uma entrada na função pública. 15% de corte nas despesas de todos os mnistérios. Fim dos governos civis e extinção de empresas estatais. Redução do Parlamento para 181 deputados. Juízes com ajuda de estagiários e sentenças simplificadas. Mais autonomias das Câmaras Municipais na educação e na saúde. Pacto fiscal entre partidos para manter impostos abaixo dos 35% do PIB. Tudo o que seja para acabar com os tachos irracionais é bom. A isto, chama-se consciência da verdadeira situação em que se encontra o país.

 

PAU COMMENTS

 

De a.marques a 8 de Maio de 2011 às 11:32
Bem observado. Os jornalecos que por aí andam, os canais de televisão que por aí proliferam e os comentadores engavetados que por aí peroram nunca mais aprendem, perdão, nunca mais se libertam e assumem a nobreza da profissão. É confrangedor vê-los em todos os palcos onde os atrelam a enaltecer as qualidades farsantes e maleficamente calculadas de Sócrates, desvalorizando e camuflando os resultados catastróficos da governação de tal impostor. Sobre Passos Coelho, mais parecem um rebanho a responder aos assobios do dono que os domestica, na descoberta canina de uma indecisão, de um tiro ao lado ou de uma suposto incumprimento do líder do PSD. Ludibriadores encartados na tramóia, querem fazer de nós burros e para mal dos próprios e nossos pecados tentam fazer parecer Passos o governante desta desgraça. E quando não pescam inventam. Quando é que esta cambada alivia o pesado rodapé Socretino e nos expõe com seriedade e pudor as cambalhotas e misérias de tal farsante?

"Não há festança onde não entre a Constança!"


Declaração de interesse: Eu não vou votar ainda desta vez.

 

 

tags:
por João Severino às 10:34
link do post | comentar | ver pauladas (3) | favorito
| partilhar
Sábado, 7 de Maio de 2011

não governa com socialistas

 

 

> Pedro Passos Coelho fez ontem à noite aquilo que há muito os seus apoiantes e os eleitores indecisos esperavam. Ser claro, duro e estadista. Anunciou que no caso de vencer as eleiões não governará com os socialistas. Sócrates jamé. A partir de agora, obviamente que Passos Coelho irá subir nas sondagens e conseguirá o resultado que os nossos amigos que trabalham nas empresas da especialidade nos enviaram esta semana. A propósito, hoje já foram divulgados resultados que dão a vitória ao PSD. De recordar que anteontem estava o PS à frente. Como disse Sócrates, esperemos pela grande surpresa...

Passos Coelho defendeu ainda que Sócrates não tem perdão.

 

PAU COMMENTS

 

De a.marques a 7 de Maio de 2011 às 11:56
Quando é que salta para as parangonas a fraude de muitos milhões para os amigos denunciada agora pela TVI 24? Sonegaram documentos de compromissos ilegais aos juízes do tribunal de contas. Está tudo muito calado com um crime que os obriga a sentar o cu no banco dos réus. Sempre tão prontos a reagir a qualquer merda e ainda não apareceu nenhum figurão do governo a explicar-se. Onde param Sócrates, Lacão, Capoulas, Silva Pereira, Santos Silva e o Lelo da Tenda? Ai esta comunicação social?!

 

 

 

tags:
por João Severino às 10:15
link do post | comentar | ver pauladas (8) | favorito
| partilhar
Domingo, 1 de Maio de 2011

fui eu

 

> "Fui eu que há um ano telefonei ao primeiro-ministro a oferecer ajuda para salvar o país. E, no entanto, tudo o que acordámos, o governo atirou para o caixote do lixo"

 

Pedro Passos Coelho, hoje

 

tags:
por João Severino às 15:07
link do post | comentar | ver pauladas (1) | favorito
| partilhar
Sábado, 30 de Abril de 2011

os boys já dormem descansados

 

> Passos garante não cortar salários, nem despedir para cumprir programa de saneamento.

 

tags:
por João Severino às 23:20
link do post | comentar | favorito
| partilhar
Sábado, 16 de Abril de 2011

só faltava esta

 

> Durão Barroso pirou-se para o tacho da UE. Deixou o PSD "orfão" por uns tempos. Anda em campanha eleitoral internacional para ser, um dia, Presidente da República e pensa que pode fazer o que quer da dignidade dos outros. Vejam lá, que o Barroso chegou ao ponto de andar a discutir e todo chateado com Passos Coelho, porque este não fez o que ele mandou...

 

por João Severino às 10:40
link do post | comentar | favorito
| partilhar
Quarta-feira, 13 de Abril de 2011

psd quer saber muito

 

> O líder do PSD, Pedro Passos Coelho, entregou hoje formalmente ao primeiro-ministro um dossiê com cerca de 35 perguntas concretas. Muito pergunta, mas desconfio que respostas leva zero. PSD quer acesso a “todas as análises” da missão UE/BCE/FMI.

 

 

 

 

tags:
por João Severino às 16:05
link do post | comentar | favorito
| partilhar
Terça-feira, 12 de Abril de 2011

mentir até ao último dia

 

> Passos Coelho reafirma que José Sócrates não propôs negociação para o PEC 4.

 

 

 

 

tags:
por João Severino às 15:27
link do post | comentar | favorito
| partilhar
Sexta-feira, 25 de Março de 2011

passos em frente

 

> Pedro Passos Coelho concedeu, esta noite, uma entrevista à SIC. O líder do PSD mais parecia um cidadão britânico, daqueles que parecem e são sérios. PPC demonstrou que é possível falar de política, programar futuro político e tentar ganhar eleições sem propaganda barata, sem promessas falaciosas, sem basófias monocórdicas, enfim, nos nossos ecrãs apareceu um homem calmo, conhecedor das matérias e que demonstrou algo de muito importante: pretende transparência e verdade na política e na governação. Será o primeiro político nesse estilo? Aguardaremos como S. Tomé...

Passos Coelho admitiu incluir outros partidos no Governo mesmo que PSD tenha maioria absoluta.

 

 

tags:
por João Severino às 23:05
link do post | comentar | ver pauladas (4) | favorito
| partilhar
Quarta-feira, 23 de Março de 2011

pequenos grandes gestos

 

 

 > Os políticos para serem grandes figuras com apoio popular não alcançam os seus objectivos por prometerem muito, por gritarem muito, por vestir muito bem ou por inaugurarem obras faraónicas. Um político só será recordado pela positiva se nunca se esquecer dos pequenos gestos que caiam fundo no sentimento dos destinatários. Não estava a ver, por exemplo, Pedro Passos Coelho, acompanhado de Miguel Relvas, num dia ocupadíssimo e problemático para o líder do PSD como foi o de ontem, deslocar-se ao velório de um cidadão comum prestar as suas condolências à família. Um gesto grandioso. Não, não foi à família do popular Artur Agostinho.

 

 

tags:
por João Severino às 15:09
link do post | comentar | favorito
| partilhar
Quinta-feira, 3 de Março de 2011

por que fala tanto?

 

> Rui Rio é indicado por alguns sectores do PSD, e não só, como o futuro líder do seu partido, futuro primeiro-ministro e até - em algumas línguas - como o futuro Salazar. O que se estranha é que Rui Rio acabou de ver a eleição de um novo líder no seu partido e assiste à tentativa de Pedro Passos Coelho realizar o seu melhor para vir a ser alternativa na chefia do Executivo. Contudo, assistimos amiúde a declarações políticas de fundo por parte do presidente da Câmnara do Porto. Onde quer chegar Rui Rio? Dividir já o PSD, para reinar mais tarde? Baralhar e voltar a dar as cartas viciadas? Procurar angariar um apoio nortenho que sabe ser fortíssimo, caso o prato da balança venha a pender para o seu lado? Receio que Pinto da Costa venha a público apoiar Pedro Passos Coelho?

Na verdade, todo este comportamento de Rio não parece ir por água abaixo. Antes, porém, traduz um Rio a transformar-se numa barragem... Entretanto, lá vai dizendo que "É de tal forma grave que troca de Governo é insuficiente".

 

 

 

 

por João Severino às 15:19
link do post | comentar | ver pauladas (3) | favorito
| partilhar
Terça-feira, 15 de Fevereiro de 2011

pseudo censura

 

> Passos Coelho: PSD vai abster-se na moção de censura.

 

tags:
por João Severino às 19:32
link do post | comentar | ver pauladas (1) | favorito
| partilhar
Quarta-feira, 2 de Fevereiro de 2011

todo nu

 

 

> Passos Coelho: Governo deixou Portugal “com uma mão à frente e outra atrás”.

 

Agora o que importa é que não se tire a mão que está atrás… A da frente ainda é como o outro…

tags:
por João Severino às 15:29
link do post | comentar | ver pauladas (1) | favorito
| partilhar
Domingo, 23 de Janeiro de 2011

passos coelho assume alternativa

 

>  O líder do PSD Pedro Passos Coelho está na televisão a anunciar que a partir de agora o seu partido vai assumir-se como alternativa ao poder instituído.

 

tags:
por João Severino às 21:37
link do post | comentar | ver pauladas (1) | favorito
| partilhar
Domingo, 9 de Janeiro de 2011

passos coelho já fala em eleições antecipadas

 

 

> O líder do PSD concedeu uma extensa entrevista ao 'DN' (quem teria sido o autor/a das perguntas?). Pedro Passos Coelho mostra-se determinado em eleições legislativas antecipadas se o FMI tiver de ser chamado. Para Passos Coelho "se Portugal precisar de recorrer à ajuda externa, significa que a estratégia que estava a ser seguida, ou a ausência dela, falhou e conduziu o País a uma situação indesejável. Ora quem conduz o País a uma situação dessa natureza não tem condições para poder, no dia a seguir, liderar a recuperação". Uma entrevista que vai dar muito que falar.

tags:
por João Severino às 10:30
link do post | comentar | favorito
| partilhar
Domingo, 12 de Dezembro de 2010

o recado

 

> Passos Coelho: Governo tem de reformar Justiça e mercado de trabalho.

tags:
por João Severino às 17:20
link do post | comentar | favorito
| partilhar
Sábado, 4 de Dezembro de 2010

paulo portas a bater palmas

 

> Passos Coelho: "Um futuro Governo de mudança precisa de mais do que um partido".

tags:
por João Severino às 21:54
link do post | comentar | favorito
| partilhar
Sábado, 6 de Novembro de 2010

e quantos se safam?

 

> Passos Coelho quer responsabilização civil e criminal pelo estado da economia.

tags:
por João Severino às 11:35
link do post | comentar | ver pauladas (1) | favorito
| partilhar
Quarta-feira, 20 de Outubro de 2010

CLARO QUE A "ZANGA" É FALSA


 > Ângelo Correia é um dos melhores analistas e conselheiros políticos que existem no PSD. É o "guru" de Pedro Passos Coelho e o diário 'i' [numa jogada inteligente de vender bem a edição] trouxe à estampa a "zanga" entre o líder do PSD e o seu "patrão".
Claro, que a "zanga" é um pormenor falso nas excelentes relações que os dois amigos mantêm há longa data. O que acontece é que Ângelo Correia sabe dez vezes  mais da poda a dormir que Passos Coelho acordado e, por isso, veio através do 'i' dar um recado importante às hostes "laranjas" e às do PS, dando a ideia de que teria havido um rompimento com Pedro Passos Coelho.

PSD dividido. "Terrível Ângelo" rompe com Pedro Passos Coelho

PSD dividido. "Terrível Ângelo" rompe com Pedro Passos Coelho

por João Severino às 11:07
link do post | comentar | favorito
| partilhar
Segunda-feira, 18 de Outubro de 2010

A MINHA 'DICA' A PASSOS COELHO

> Pedro Passos Coelho tem as suas razões fundamentadas para não aprovar o Orçamento do Estado para 2011. Razões que advêm de vários factores, nomeadamente, a falta de transparência na despesa pública registada entre Maio e Setembro. O PSD é um conhecidíssimo saco de gatos, onde todos querem alguma coisa de muito visível, apesar de muitas vezes não fazerem a mínima ideia do que desejam. Como um Grupo Parlamentar que não lhe é favorável, o líder do PSD tem calçado umas botas com duas ou três pedras no interior que lhe provocam dor ao caminhar, especialmente, quando manifestou a sua repulsa pela aprovação do OE. Nesse sentido, Pedro Passos Coelho só tem uma solução para sair bem deste filme. E a minha "dica" é de borla. Não tenho a intenção de cobrar nada ao futuro primeiro-ministro. É uma "dica" simples, mas muito profunda e decisiva: Pedro Passos Coelho só tem que... dar liberdade de voto ao seu Grupo Parlamentar. 



PAU COMMENTS

Jorge Cabral*


PEDRO PASSOS COELHO VERSUS ORÇAMENTO
Sou um simples cidadão, alheio aos partidos políticos que em geral, considero serem os grandes responsáveis pela delapidação do país, quer em termos financeiros, como de valores e sobretudo de futuro, não só, mas também até pela chocante ausência de um elementar Plano Estratégico de Desenvolvimento Nacional a médio/longo prazos, que nos indicasse, só e tão só, para onde caminhamos.
Não tenho qualquer simpatia pelo PSD, sobretudo pelo exemplo de mesquinhez que nos tem dado, nas questiúnculas entre grupelhos de baronetes e que em bicos de pés tem perpretado tristes imagens, transmitindo para a comunidade exactamente o contrário do que deviam fazer. A expressão “saco de gatos” aplica-se com perfeição à ideia que tenho daquele Partido. Não é portanto, por qualquer simpatia, que aqui abordo a questao que o título indicia.
Passos Coelho está numa situação em que só por milagre não será queimado vivo pelos múltiplos “ratos…e ratas” que espreitam o momento certo para o atirar à fogueira que já estão atiçando. Sem um grupo parlamentar coeso e em cuja génese não esteve (aliás até foi dele escandalosamente banido), terá uma enorme dificuldade em não ser violenta e virulentamente criticado, seja qual for a “orientação” que entenda “impor-lhe” em matéria de aprovação do Orçamento de Estado para 2011.
Já se sabe que o dito documento é mais um exercício de merceeiro, sem dignidade, sem inteligência, sem lucidez, e sem quase nada do que é elementar constar num documento de tal magnitude. Mas, a verdade é que de um “governo” destes nada mais haveria de esperar.
Neste quadro, julgo que, no meu mais que humilde entender, Passos Coelho só pode ter uma posição para evitar, por um lado divorciar-se claramente de um Orçamento tão condenável, deplorável e prejudicial para o futuro imediato deste país e por outro lado, não assimilar o odioso das consequências que resultarão (só na boca dos seus opositores, segundo penso), da não aprovação do mesmo.
No lugar de Passos Coelho, eu explicaria fundamentada e conssubstanciadamente, até à exaustão, a minha posição como responsável máximo do Partido mas tomaria a decisão de:
- atendendo a que se trata de algo que, segundo todos os génios apregoam aos sete ventos, pode pôr em causa aspectos fundamentais da vida nacional,
- trazendo calamidades imensas (o que nem sequer é algo que não exista já).
- com consequências gravíssimas para todos nós (anseio pelo momento em que as consequências sejam mesmo para TODOS, o que, como se sabe hoje está bem distante de acontecer).
- e por tantas outras coisas más e péssimas que os arautos da desgraça têm orquestradamente anunciado.
- Atendendo ainda que qualquer imposição de sentido de voto estará longe de ser unânime, como  já se sabe pelas declarações impúdicas que muitos dos “donos” do PSD já trouxeram a público.
- E por último, tendo em consideração que só uma posição destas poderá contornar o perigo de iminentes atentados à unidade do Partido (coisa que nunca será conseguida em absoluto, pelo que dele já todos conhecemos).
Ele, Passos Coelho, embora pessoal e intimamente contrário à aprovação de um PÉSSIMO Orçamento como este o é de facto, deveria dar LIBERDADE DE VOTO segundo a consciência de cada um.
Dessa forma poderá passar (quase) incólume ao calor da fogueira que algumas bruxas e bruxos já mantêm em lume brando, acalentando a vontade sempre presente, naquele Partido, de fazer ruído, gerar conflito, exibir vaidades trôpegas, enfim, conflituar infantil e desqualificadamente, como se estivessem palrando em qualquer mesa de café.
Desta forma, o Orçamento passará e Passos Coelho poderá invocar ter assumido tal posição em função do Interesse Nacional, mantendo, simultâneamente a posição que sempre defendeu. Embora pareça dispiciendo, este comportamento mantém intocável o seu carácter e a sua integridade, factores indiscutíveis em qualquer líder. 
* Colaborador 
 
tags:
por João Severino às 11:33
link do post | comentar | ver pauladas (5) | favorito
| partilhar
Quarta-feira, 13 de Outubro de 2010

PSD VIABILIZA OE

> O PSD vai viabilizar o Orçamento do Estado, afirmou ao PPTAO um quadro superior do BCP-Millennium. Os banqueiros portugueses mantiveram contactos com o líder social-democrata, Pedro Passos Coelho, no sentido de o sensibilizar para o caos que se instalaria na banca, caso o OE não fosse aprovado, adiantou a mesma fonte. O presidente do PSD, tudo o indica, poderá dar instruções ao grupo parlamentar do seu partido para que o voto se traduza em abstenção.

tags:
por João Severino às 10:34
link do post | comentar | ver pauladas (4) | favorito
| partilhar
Terça-feira, 12 de Outubro de 2010

SE...

> PSD apresentava moção de censura se não fossem as presidenciais.
tags:
por João Severino às 11:29
link do post | comentar | ver pauladas (1) | favorito
| partilhar
Sexta-feira, 24 de Setembro de 2010

PRESENTE

> Passos Coelho: não aceito "presentes envenenados do Governo ".
tags:
por João Severino às 10:47
link do post | comentar | favorito
| partilhar
Segunda-feira, 13 de Setembro de 2010

INTOXICAÇÃO

> Passos Coelho quer colocar fim a “intoxicação” lançada pelo PS.
tags:
por João Severino às 15:44
link do post | comentar | favorito
| partilhar
Quinta-feira, 22 de Julho de 2010

DESCULPE LÁ A BURRICE

> Que o líder do PSD me desculpe a burrice mas não percebo a que propósito veio nesta altura do campeonato dar um tiro no pé.
Os portugueses estão preocupados com a conta bancária que nunca mais engrossou.
Quase todas as famílias já têm alguém desempregado na sua árvore genealógica.
O futuro é incerto porque até o dinheirito depositado nos bancos já lá não está.
As empresas encerram as portas com dívidas astronómicas. Até a padaria de um conhecido meu fechou ao público porque não podia pagar mais do que 500 euros aos padeiros e o caro Pedro Passos Coelho entendeu que neste momento seria bom falar de mudança na Constituição. E nem o Ângelo Correia ou o Miguel Relvas lhe disseram que o pessoal não está nada, mesmo nada interessado em "comer" a Constituição.
A vida nos dias de hoje não se compadece que o texto constitucional fale em alhos, bugalhos ou caralhos. O povo quer é comer, casar os filhos, baptizar os netos, levá-los para a escola e ir de férias. E nada disto começa a ser possível levar por diante. E esse é que é o problema que os políticos não entendem. Ainda ontem, numa cervejaria, um dos clientes dizia assim: "No dia em que não puder comer estes caracóis e mamar estas bejecas dou um tiro num ministro!".
Mas, no palácio da Lapa isto é linguagem de taberna e a agulha do PSD está mais virada para portugueses que começam a escassear, preferindo dar prioridade à aprovação de um anteprojecto de revisão constitucional.
tags:
por João Severino às 14:28
link do post | comentar | ver pauladas (2) | favorito
| partilhar
Segunda-feira, 19 de Julho de 2010

MARCELO DIXIT

> Passos pode "liquidar" campanha de Cavaco.
por João Severino às 09:59
link do post | comentar | favorito
| partilhar
Domingo, 18 de Julho de 2010

ATÉ PARECE QUE É ALGUMA ASNEIRA

> Passos Coelho: Constituição não pode ficar cristalizada.
tags:
por João Severino às 15:07
link do post | comentar | ver pauladas (1) | favorito
| partilhar
Quinta-feira, 15 de Julho de 2010

PASSOS COELHO NÃO CONCORDA COM PORTAS

> Pedro Passos Coelho em entrevista à SIC-N esclareceu que o PSD não vai apoiar a proposta de Paulo Portas no sentido de se avançar para um novo governo apoiado pelo PS, PSD e CDS e no qual o primeiro-ministro não fosse José Sócrates.
Passos Coelho com as teorias que defende consegue cativar cada vez mais gente para o seu lado. Mostra-se sério e credível.
tags:
por João Severino às 21:55
link do post | comentar | favorito
| partilhar
Sexta-feira, 28 de Maio de 2010

COELHO SALTA QUE SE FARTA

> Passos Coelho próximo da maioria absoluta na corrida para o Governo.
tags:
por João Severino às 11:45
link do post | comentar | favorito
| partilhar
Sábado, 22 de Maio de 2010

LÍDER DO PSD A FALAR PARA O BONECO

> Passos Coelho incita Governo a adiar obras do TGV.
tags:
por João Severino às 11:53
link do post | comentar | favorito
| partilhar
Quinta-feira, 20 de Maio de 2010

GUERRA CIVIL

> Os ricos que se preparem. Pedro Passos Coelho acaba de afirmar que qualquer dia não haverá dinheiro nem para pagar os salários. Bem me parecia por que é que a venda de armas ilegais tem aumentado. Se um dia não há dinheiro para o salário, não haverá dinheiro para o arroz, para a massa, para o leite, para o pão, para o filho, para nada. E a isso chama-se guerra civil porque alguém irá pagar... a tiro.
tags:
por João Severino às 15:27
link do post | comentar | ver pauladas (1) | favorito
| partilhar
Quarta-feira, 19 de Maio de 2010

NÃO TIVE POSSIBILIDADE DE OUVIR A ENTREVISTA DE PPC

> Passos Coelho: "Não fizemos um acordo com o PS para três anos".
tags:
por João Severino às 23:17
link do post | comentar | favorito
| partilhar
Quarta-feira, 12 de Maio de 2010

ATÉ QUE ENFIM

> Que ouvimos um político com uma proposta decente. Pedro Passos Coelho diz que só concordará com aumento de impostos se os salários dos políticos e dos gestores de empresas e instituições públicas baixarem. Até que enfim que apareceu a decência na política. O PSD exige contrapartidas a aumento de impostos.
tags:
por João Severino às 09:13
link do post | comentar | ver pauladas (1) | favorito
| partilhar
Sábado, 8 de Maio de 2010

PRIMEIRA GRANDE VITÓRIA DE PASSOS COELHO




>
O novo líder do PSD defendeu acerrimamente que era importante suspender as obras públicas faraónicas. Pedro Passos Coelho foi a S. Bento e transmitiu a José Sócrates que a situação económica do país não comportava gastos sumptuosos e mais endividamento público. Sócrates fingiu que não percebeu, mas ontem, em Bruxelas, já anunciou que o Aeroporto de Alcochete e a Ponte da Ana Paula Vitorino, perdão, a terceira via sobre o Tejo em Lisboa, ficará para quando for possível
Ora, aí está a primeira grande vitória política de Passos Coelho.
tags:
por João Severino às 11:50
link do post | comentar | ver pauladas (3) | favorito
| partilhar
Segunda-feira, 19 de Abril de 2010

TOP SECRET


> O Presidente da República recebeu o líder do PSD. Cavaco Silva e Pedro Passos Coelho falaram durante uma hora e meia. Sobre? Top secret. Será para ler no 'Expresso'...
tags: ,
por João Severino às 15:25
link do post | comentar | favorito
| partilhar

INÍCIO DO BLOCO CENTRAL

> Pedro Passos Coelho vai amanhã a S. Bento avistar-se com José Sócrates, depois de hoje ser recebido pelo Presidente Cavaco Silva. O bloco central pode ter o seu início já, porque no encontro com o primeiro-ministro, o presidente do PSD prepara-se para discutir com José Sócrates a estrada que está pronto a percorrer, em diálogo com o Governo socialista e minoritário, na senda do combate ao défice e à dívida pública. E o caminho que tem apontado é só um: reduzir a despesa do Estado e não aumentar a carga fiscal sobre a classe média.
tags:
por João Severino às 08:44
link do post | comentar | ver pauladas (1) | favorito
| partilhar
Domingo, 18 de Abril de 2010

CONSTITUIÇÃO

> Pedro Passos Coelho quer revisão constitucional. Os especialistas reprovam a ideia. Bom começo...
por João Severino às 10:50
link do post | comentar | ver pauladas (1) | favorito
| partilhar
Sexta-feira, 2 de Abril de 2010

COELHO DEFENDE ADOPÇÃO GAY E DROGAS









>
O novo líder do PSD, Pedro Coelho, é defensor da adopção de crianças por casais do mesmo sexo e igualmente defende a despenalização de drogas, lê-se hoje no 'i'.
tags:
por João Severino às 10:57
link do post | comentar | favorito
| partilhar
Segunda-feira, 29 de Março de 2010

COELHO FORA DA PÁSCOA


> Pedro Passos Coelho já desiludiu muita gente "laranja" e ainda não se sentou na cadeira do palácio da Lapa. Durante a campanha eleitoral para a liderança do PSD ouviu-se o candidato Coelho a afirmar peremptoriamente que este govero teria de ser alvo de uma moção de censura, blá, blá, blá. Pedro Coelho depois da vitória já falou em cooperação institucional, estabilidade negociada e ficou-se a saber alguns dos nomes para seus braços-direitos com quem tenciona formar um governo sombra, nomeadamente Paula da Cruz e Paulo Teixeira Pinto, dois nomes que não auguram nada de bom para a sociedade.
Com Coelhos destes, a Páscoa tinha de ser cinzenta.
tags:
por João Severino às 10:34
link do post | comentar | ver pauladas (2) | favorito
| partilhar
Sábado, 13 de Março de 2010

PORMENOR PODE TER DERROTADO PASSOS COELHO

> Pedro Passos Coelho tem denegrido o opositor Paulo Rangel apontando constantemente o dedo por este ser militante do PSD há poucos anos.
Hoje, no congresso do PSD em Mafra, Passos Coelho voltou a salientar que apenas conhece Paulo Rangel há dois anos. Uma parte dos delegados ao ouvir o "pormenor" de Passos Coelho começou a assobiar e a apupar o nome de Paulo Rangel. Este "pormenor" caiu muito mal entre os congressistas.
Uma gracinha sem necessidade que pode levar Passos Coelho à derrota...
tags:
por João Severino às 19:41
link do post | comentar | favorito
| partilhar

PASSOS COELHO ATRÁS

> "Há dois anos atrás anunciei a minha intenção de me candidatar"

"O Partido Socialista começou mal há quinze anos atrás"

Pedro Passos Coelho, hoje, no congresso do PSD

E à frente?...
tags:
por João Severino às 19:36
link do post | comentar | ver pauladas (1) | favorito
| partilhar
Quinta-feira, 21 de Janeiro de 2010

PASSOS COELHO MELHOR DO QUE O VENDERAM

> Pedro Passos Coelho foi entrevistado na RTP por Judite de Sousa e mostrou uma preparação idónea e responsável para poder assumir-se como candidato à liderança do PSD. Ao longo da entrevista, PPC assumiu que não voltará atrás sobre a intenção de ser líder do seu partido, referiu que o PSD presidido por si apoiará Cavaco Silva, caso este se recandidate a Presidente da República e salientou que José Sócrates tem governado (mal) de uma forma socialista que só tem prejudicado Portugal.
tags:
por João Severino às 21:29
link do post | comentar | favorito
| partilhar
Segunda-feira, 11 de Janeiro de 2010

O CANDIDATO QUE JÁ SE LIXOU


Pedro Passos Coelho quer congelar os salários da Função Pública

> Se chegar a líder do PSD, Pedro Passos Coelho vai defender o congelamento dos salários na Função Pública, bem como a manutenção de todas as prestações sociais ao nível de 2009."É para evitar que no curto-prazo sejamos obrigados a coisas piores", esclarece, em declarações ao Diário Económico, o único candidato assumido à liderança do PSD.

Os funcionários públicos não vão perdoar tal "alarvice" a um político que ainda nem sequer começou e que o faz da pior forma.
tags:
por João Severino às 10:41
link do post | comentar | favorito
| partilhar
Terça-feira, 13 de Outubro de 2009

COELHO FORA DA CARTOLA

> Pedro Passos Coelho continua a falar de mais e fora de tempo. Mas, como é lá com ele o fala-fala-fala até à derrota final, resolveu anunciar, em entrevista na TVI esta noite, que será candidato à liderança do PSD. Deve ter sido um conselho liminar do grande educador-comentador-imperador do povo, o Pedro II (Marques Lopes).
tags:
por João Severino às 23:02
link do post | comentar | ver pauladas (1) | favorito
| partilhar
Terça-feira, 6 de Outubro de 2009

O EMBRIAGADO

> Pedro Passos Coelho anda completamente embriagado pela política. A dele. A todo o custo quer Manuela Ferreira Leite fora da carroça e sonha ser o novo barão do PSD. Este político que nunca mostrou nada para ser um líder deve desconhecer que há tiros que saem pela culatra, especialmente, se as espingardas forem das marcas Marcelo Rebelo de Sousa ou Paulo Rangel...
tags:
por João Severino às 11:22
link do post | comentar | favorito
| partilhar
Sábado, 18 de Julho de 2009

OUTRO COELHO OUTRO FILME OUTRA CARTOLA

Passos Coelho Anda a ver mal o filme

> Pedro Passos Coelho perdeu redondamente uma eleição para a líder do PSD. A partir desse momento devia ter pensado em dedicar-se à pesca. Não senhor, anda por aí sempre na guerrilha a Manuela Ferreira Leite. O seu comportamento nas eleições europeias foi abaixo de cão e hoje ainda teve o desplante de fazer publicar no 'DN' o seu novo dislate. PPC afirma que o PSD tem a obrigação de ganhar as eleições legislativas com maioria absoluta. PPC está realmente a ver outro filme qualquer. Se o PSD vencer as eleições por um voto de diferença já será uma sorte, resultante do trabalho difícil da actual direcção do partido que tenta convencer o povinho do que se equaciona quase impossível de convencimento.
E este turista da política PPC ainda vem dizer que existe a obrigação no PSD de obter uma maioria absoluta. Será que PPC passou à condição de humorista?...
tags:
por João Severino às 10:25
link do post | comentar | favorito
| partilhar
Terça-feira, 3 de Fevereiro de 2009

Catarro

Pedro Passos Coelho também deve pensar que os chatos comem alpista e que as formigas têm catarro. Em entrevista a Mário Crespo soube logo enviar o recado às hostes políticas que estava disponível para ser líder do PSD e até primeiro-ministro. Mas quem é que o convenceu que em política as grandes decisões se fazem por encomenda?... Aqui
tags:
por João Severino às 11:50
link do post | comentar | ver pauladas (1) | favorito
| partilhar
Terça-feira, 20 de Janeiro de 2009

Passos Coelho é novo Menezes

Pedro Passos Coelho faria melhor em anunciar desde já a sua candidatura a novo líder do PSD e provocar por todos os meios eleições directas no partido, a fim de poder defrontar José Sócrates em Outubro. Digo isto, porque a figura que anda a fazer assemelha-se à de Luís Filipe Menezes, com mais cinismo. Vai a todo o lado, fala em todo o lado, contradiz a líder Manuela Ferreira Leite em tudo o que lhe dá na gana, até dá a ideia que há um PSD laranja e outra tangerina...
Em entrevista recente, PPC contrariou Ferreira Leite na questão do TGV e ontem foi mais longe: diz que a redução dos IRS é inviável.
tags:
por João Severino às 11:12
link do post | comentar | ver pauladas (1) | favorito
| partilhar
Domingo, 18 de Janeiro de 2009

Pedro Passos Coelho já caminha para líder


Pedro Passos Coelho em entrevista hoje ao DN demonstra que o seu entendimento da política nada tem a ver com Manuela Ferreira Leite, Luís Filipe Menezes, Alberto João Jardim, António Borges, Pacheco Pereira e tantos outros que se têm posicionado no espectro político do PSD como "cabeças de cartaz".
PPC critica o atraso do PSD na apresentação de um programa alternativo ao do Governo de Sócrates; é contra o cancelamento do TGV para Madrid; afirma que existe um diferendo grave entre Cavaco Silva e José Sócrates e acha que o PSD não teme a realização de eleições antecipadas. Alguma coisa do que disse ao jornal está aqui
tags:
por João Severino às 11:04
link do post | comentar | favorito
| partilhar
Terça-feira, 16 de Dezembro de 2008

A esperteza de Passos Coelho

Pedro Passos Coelho defende que o PSD deve alterar o seu sentido de voto na sexta-feira no Parlamento quando tiver lugar a votação do Estatuto Político-Administrativo dos Açores, vetado pelo Presidente da República e reconfirmado pelo PS. Passos Coelho não é parvo. Ele sabe que Manuela Ferreira Leite não está para aí virada. Ele sabe que Cavaco Silva ainda tem muita influência no espectro social-democrata para a escolha de um líder, seja ele quem for. Com esta cartada de apoio a Cavaco, Passos Coelho sabe que no próximo ano, quando se candidatar a líder, o apoio presidencial é indispensável...
tags:
por João Severino às 15:02
link do post | comentar | favorito
| partilhar

pptao

Um blogue onde deixarei simples observações sobre o que vai acontecendo à nossa volta neste mundo global. Também serve de contacto com imensas pessoas que gostaram de mim. O título do blogue? Porque sempre fui "pau para toda a obra". Obrigado por ter vindo. “Morrendo estou na vida, em morte vivo; / vejo sem olhos, e sem língua falo; / e juntamente passo glória e pena.”, Camões

widgets

arte

João Eduardo Severino

Create Your Badge

a frase

"A vida é muito curta para termos inimigos"
Ayrton Senna

Fevereiro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28

links

arquivos

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

cv

Jornalista com a Carteira Profissional nº 278. Já restam poucos do meu tempo. Como último cargo fui director e proprietário do diário 'Macau Hoje'. Pode ler o meu CV completo na primeira mensagem de Outubro de 2007.

subscrever feeds

visitantes


widgeo.net

tags

todas as tags