Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Pau Para Toda A Obra

Pau Para Toda A Obra

De Espanha...

... nem bons ventos nem bons casamentos, já ouvia o meu avô dizer. Quando fui a Espanha nunca gostei, por uma ou outra razão. Senti que não tinham nada a ver com a nossa maneira de ser. E que a fama de empreendedores por terem tido uma guerra civil é uma falácia, é verdade o empreendedorismo porque são gananciosos e gostam mais de dinheiro que os portugueses de sardinhas assadas.

Lia diariamente os jornais espanhóis. A política, economia e vida internacional é bem escrita e trata-se de um jornalismo sério. Aliás, tratava-se. Não leio mais os jornais espanhóis, porque mostraram-se racistas e descriminatórios para com Cristiano Ronaldo. Como um jogador de futebol pode mudar tanta coisa no nosso pensamento e sentimento. Mas, os espanhóis trataram o melhor jogador do mundo com arrogância e inveja, por ser português. Eles não esquecem Aljubarrota, esta é a questão. E até agora que um estúpido de um árbitro expulsou o Cristiano sem qualquer razão para tal, os jornais espanhóis lá vieram dizer que tem de ser igual para todos quando agridem. Mas, alguém viu qualquer agressão por parte daquele que jogou na Champions mais de 150 jogos e nunca foi expulso? Só os espanhóis e, por isso, mando-os à merda.

jornais.jpg

 

O todo poderoso

Sempre tentou passar entre os pingos da chuva, mas é muito largo para isso. E como tem as costas quentes faz o que quer na Câmara Municipal de Lisboa. Manuel Salgado é o presidente, o projectista, o arquitecto, o faz-tudo. Ele é que trata dos conluios para os concursos públicoe e é ele que decide qual o empreiteiro que faz a obra. São milhões que movimenta. Desde o Centro Cultural de Belém que faz o que lhe vai na gana. Até construiu um hotel à beira-tejo, em frente ao CCB, algo que ninguém aprovaria. Fernando Medina já tem alcunha nos corredores da edilidade, chamam-lhe o "palhaço". E, possivelmente, têm razão. A palhaçada é total. Medina não decide nada sem Salgado aprovar. Manuel Salgado está milionário e não precisa de estar a fazer a triste figura de rebaixar aquele que era apontado para futuro líder do PS. Medina era o homem, o empreendedor, o coerente, o acessível, o profissional. Afinal, era tudo fachada. Esses epítetos são de Salgado e é uma razão forte para Salgado deixar a Câmara. As pessoas andam revoltadas com a situação, inclusivamente no interior do PS. Salgado deve sair. Os escândalos já são muitos e os conluios começam a vir ao de cima. Que saia da cadeira presidencial antes que se queime...

Manuel Salgado.jpg

 

 

Choro

Quando os cães choram é porque os donos já os abandonaram.

Em alguns humanos as lágrimas caem porque acabou o amor.

Tristeza em Angola

1. António Costa deixou a diplomacia de todo o mundo de boca aberta. Foi de visita oficial a Angola e apresentou-se sem gravata, de blue jeans e sapatos de praia, vulgarmente conhecidos como mocassins. Ainda há dias o tínhamos visto vestido a rigor no casamento da filha, com colete e tudo como mandam as regras da alta sociedade. Costa devia estar na praia e de repente alguém o lembrou que tinha de seguir para Angola. Só pode. Ou então, entendeu que iria vestido a rigor porque ia visitar um país onde impera o pó nas ruas, a miséria nos bairos circundantes ao luxo dos governantes e por pensar que Angola não é Goa. Enfim, foi uma vergonha que ficará para o currículo deste primeiro-ministro que enxovalhou todo um povo português ao apresentar-se vestido daquela forma. Ganhou por outro lado, o caso está a ser falado em todo o mundo com a respectiva foto. No entanto, acho que perdeu uns votos...

2. Um outro facto que demonstra que os nossos políticos são uns parolos, incivilizados e que não têm nível absolutamente nenhum foi o caso do pançudo do ministro Capoulas, que numa visita oficial, apareceu ao lado do primeiro-ministro depois deste ter ido vestir um fato e gravata, em mangas de camisa e expondo a sua barriga horrível aos anfitriões angolanos. Houve alguém na comitiva angolana que chegou a perguntar "Quem é este?"... e um dos seguranças esteve mesmo para o prender pensando que era um meliante qualquer que queria fazer algum mal ao visitante António Costa. Enfim, só más figuras que nos deixam envergonhados.

costa1_770x433_acf_cropped.jpg

publico-2018-09-18-4e0740.jpg

 

O incompreensível

Há factos na vida que não conseguimos compreender. O cérebro é um mundo que normalmente nos transporta ao conhecimento, à compreensão, ao temor, ao rigor e ao pensamento sobre as mais variadas vicissitudes da vida. E quando não compreendemos um facto? Sinceramente ficamos atónitos e a pensar uma razão para tal. E quando a não compreensão do facto nos leva à revolta e ao insulto? Isso, já é mais estranho mas acontece. Serve esta introdução para vos apresentar um caso que não tem compreensão e é revoltante. Centenas de agentes da PSP com os mais diversos graus hierárquicos foram ao longo da sua vida instrutores de tiro. Passaram horas, dias, meses e anos em carreiras de tiro a inspirarem as emissões de gás da pólvora. Em 2013 um subcomissário da PSP ao fazer análises foi-lhe detectada uma elevada quantidade de metais pesados no organismo. Ops!!! O que é isto? Os médicos ficaram estupefactos porque a doença atingia alguns órgãos vitais, tais como elevadas quantidades de chumbo no cabelo, no sangue e na urina. Dezenmas de agentes que, entretanto, fizeram análises, e o resultado tem sido idêntico. Um subcomissário, formador no Instituto Superior de Ciências Policiais e Segurança Interna desmaiou no trabalho e a medicina concluiu que se tratava de um caso de metais no organismo. Obviamente, que o Sindicato dos Profissionais de Polícia tratou logo de tentar resolver o problema no sentido de os profissionais afectados passarem à reserva com a pensão devida. Agora temos o que não é compreensível, mas é revoltante. Então, não é que o Instituto da Segurança Social tem respondido que não é possível caracterizar a situação em apreço como doença profissional. Incrível. Obsceno. Afinal, para que serve este monstro do Instituto da Segurança Social?

Segurança social.jpg

 

O gás é bomba

Em conversa com um engenheiro, especialista em assuntos ligados a combustíveis e gás natural, fiquei aterrorizado. Vejam o que tem acontecido em Boston. As explosões de gás têm destruído centenas de casas e provocado muitas vítimas. O siatema de instalação subterrâneo de gás é uma autêntica bomba atómica em qualquer cidade do mundo, se não houver a devida e constante manutenção. Na canalização existem peças fundamentais como anilhas de borracha que se deterioram com o tempo e têm de ser substituídas. Em Lisboa existem imensas fugas de gás nos mais diferentes bairros. Em alguns casos nota-se o cheiro. Não existe manutenção nos prédios às canalizações do gás natural e quando decorre uma inspecção, logo é detectada uma anomalia. Isto é muito grave e as autoridades devem compenetrar-se que temos autênticas bombas por baixo dos pés. A manutenção e revisão às condutas é imperioso e fundamental para evitar uma tragédia como aconteceu em Boston.

Boston.jpg

 

A loucura da pedofilia

O mundo enlouqueceu. A pedofilia está a desgraçar milhares de famílias por todos os continentes. Os médicos dizem que é uma doença. Os clínicos mais especializados afirmam que se trata de traumas de infância. Os psicólogos opinam no sentido de que apenas existe maldade, frustação, inveja e desejo de maltratar e até de matar. Os pedófilos estão a aumentar todos os dias cometendo os mais horrendos crimes. Usam os computadores para a sua actividade na mioria dos casos. Conseguem convencer crianças disto e daquilo e chega a ser inconcebível como é que ao verem imagens de crianças de quatro e cinco anos se masturbam. Os pedófilos têm de ter uma legislação mundial que os castigue de forma severa. Mas quem decide? Não sei. A UNESCO, a ONU, uma organização que seja criada por personalidades insuspeitas? Pois, mas esse é que é o problema, porque temos pedófilos que são juízes, polícias, ministros, advogados, padres, jornalistas, engenheiros, etc. O caso é gravíssimo, e por falar em engenheiro, aconteceu em Espinho, Portugal, um caso escabroso, maquiavélico e repugnante que haveria muita gente que cortava o pescoço a um engenheiro e a uma mulher que foi sua amante. A mulher há uma ano começou a obrigar a filha com oito anos a ser violada pelo tal engenheiro. Agora, a menina tem nove anos e o caso foi descoberto. A puta da mãe até entrava nas orgias de vez em quando. O engenheiro violava a menina e a mãe ao mesmo tempo. Felizmente que os colegas do engenheiro descobriram no seu computador de serviço algumas fotografias de cariz sexual entre o colega, a tal mulher e a menor. Apresentaram logo queixa à PJ e os dois já estão presos. Mas, o que resolve? A menina ficou traumatizada para toda a vida e sem família. O mais certo acabará um dia como prostituta. Os meliantes cumprem prisão e depois sairão cá para fora para continuar a sua actividade pedófila. Estamos num beco sem saída. A castração química não resolve porque os tarados continuam a violar as menores com os dedos. Resta um apelo: que a justiça se decida pela heroicidade perante a sociedade sentenciando os pedófilos com a pena máxima de 25 anos de prisão. Ao menos, que tivessemos essa medida como justiça a todos os menores que têm sido abusados.

Pedofilia.jpg

 

Ausência

Estive uns dias ausente, porque o meu Mac é fantástico. Trabalhou oito anos sem o mínimo problema e sem qualquer revisão. No entanto, agora achei que era melhor perguntar como estava a sua saúde. O diagnóstico decidiu que se mudasse o disco para ficar como novo. Está uma maravilha. Um trabalho que se deve ao profissionalismo excelente da loja "myrepair" na rua São João de Deus, perto da avenida de Roma. Email: geral@myrepair.pt

Screen Shot 2018-09-14 at 10.35.02.png

 

De multimilionário à miséria

Onde está a solidariedade? Onde está o companheirismo? Onde está a maçonaria? Onde está o apoio de um partido político a quem ele deu milhões? Onde está a sua igreja? Conheci um banqueiro em Macau, por sinal muçulmano, que era uma pessoa formidável, humilde e nem queria a limousine para se deslocar. Tinha no seu gabinete várias cartas a pedir-lhe apoio. E ele ajudava quem podia. Os seus conhecimentos eram ao mais alto nível e o governador recebia-o sempre no Palácio de Santa Sancha para almoçar ou jantar. Tinha um amigo íntimo que muitas vezes orientou para onde devia ir o seu dinheiro. E para a maçonaria e Partido Socialista foram milhões. O seu banco era um dos mais conceituados e em Portugal resolveu vendê-lo para o BPN em troca de acções desse banco. Todos sabemos o desastre vergonhoso e criminoso que foi o BPN. E o tal banqueiro ficou sem nada. Recentemente fiquei muito triste quando me disseram que o banqueiro que conheci em Macau estava quase na miséria e que ao ter que pagar 20 mil euros às Finanças, o caso teve de ser resolvido de modo a que o pagamento fosse efectuado a prestações. Que tristeza. E onde estão os seus amigos de Macau? E aqueles que em Portugal receberam fortunas, incluindo no interior da sua igreja? Abandonado por todos. Espanta-me a maçonaria que se diz solidária por irmãos em dificuldades. Sabem o que é isto? Simplesmente, o mundo cão.

abdul.png

 

Café é ouro

Toda a gente bebe o seu cafézinho. Muita gente bebe três ou quatro por dia. O café é um estimulante, mas não só, é uma riqueza para muitos doentes de Alzheimer. O doente que toma três ou quatro por dia, sente que a sua doença não piora. O café vende-se em todo o mundo, mas não se produz em qualquer parte do planeta. Há países especializados na produção de café. Mas há café que não presta, como o indonésio. Os melhores cafés são os de São Tomé e de Timor-Leste. E aqui é que a porca torce o rabo. O café de Timor-Leste é muito procurado, mas a produção é diminuta. Segundo as minhas fontes estará a acontecer um grande crime relacionado com o café de Timor-Leste. Estão a ser vendidas toneladas de café de "Timor-Leste" que não é oriundo daquele país, mas sim da Argélia. Estou a investigar, porque é gravíssimo. Por exemplo, a Alemanha é um dos países que consome mais café e segundo as estatísticas daquele país, a maior importação foi de Timor-Leste. Impossível, o número de toneladas que é indicado. É grave porque o cliente come gato por lebre. Uma coisa é beber o qualificado café de Timor-Leste e outra é introduzir no organismo a mixórdia da Argélia, para não falarmos do abuso indecente do nome de Timor-Leste. E o mais grave disto tudo é que, segundo as nossas fontes, essa exportação de café da Argélia, como se fosse de Timor-Leste, é realizada com documentação legal... quem a assina? Em Portugal? Em Timor-Leste? Numa qualquer embaixada de Timor-Leste? É um caso gravíssimo a merecer a atenção das autoridades timorenses e europeias.

Café de TL.jpg