Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Pau Para Toda A Obra

Pau Para Toda A Obra

LINO EM APUROS

Contentores Negócio sob investigação

> A extensão do contrato com a Liscont no cais de contentores de Alcântara suscita dúvidas ao Tribunal de Contas. Os esforços de Miguel Sousa Tavares poderão estar a dar os frutos desejados. O negócio do ministro Mário Lino está sob investigação.
O Ministério Público prepara-se para avançar com uma investigação à prorrogação do contrato de exploração do Terminal de contentores de Alcântara, concedida à Liscont pelo Ministério das Obras Públicas de Mário Lino em 2008, por mais 27 anos. A abertura do inquérito é uma consequência da auditoria do Tribunal de Contas ao negócio da Administração do Porto de Lisboa (APL) com a Liscont, em Outubro de 2008, que foi feito sem concurso público e com base em projecções económicas dadas como duvidosas.