Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Pau Para Toda A Obra

Pau Para Toda A Obra

O êxito do Magalhães...

A que propósito é que se escolheu o nome 'Magalhães' para um computador português que se pretende apresentar como um grande êxito da navegação virtual, quando o inspirador do projecto Fernão de Magalhães foi o que se sabe.
Um leitor enviou-nos a sua indignação desta forma:

O Magalhães não deu nada a volta ao mundo... Lixou-se ao meio do caminho, em Cebu, nas Filipinas.
O Magalhães conseguiu navegar no tormentoso Pacífico, perdeu-se e chegou a terra, em Cebu.
Arranjou lá uma namorada e apaixonou-se pela rapariga... Só que a moça tinha um namorado e sem saber estava metido num "triângulo amoroso".
Ao fim de uma tarde saiu da nau, mais uns tripulantes e foram beber uns copos a terra, de aguardente de palmeira.
Bêbedo de podre mais os seus amigos castelhanos regressaram à nau.
Pelo caminho cruzou-se com o seu rival e este limpou-lhe o sarampo.
O Magalhães foi empregado do Rei de Castela e aprendeu a arte de marinhar nas naus da Índia.
O Magalhães não tem nada a ver com Portugal (nem a nacionalidade) nem com Castela.
O Magalhães é dos filipinos e dorme para sempre em Cebu.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.