Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Pau Para Toda A Obra

Pau Para Toda A Obra

Sporting fica Benfica vai

Esta noite o Sporting segue em frente na Taça da Liga e o Benfica despediu-se. O Sporting sofreu muito em Fátima e viu o seu adversário jogar melhor futebol conseguindo só no cair do pano a vitória de 3-2 perante o Desportivo de Fátima, com dois golos de Liedson. No conjunto das duas mãos 4-4, mas o Sporting com mais golos fora segue em frente,
Quanto ao Benfica jogou em Setúbal com a equipa B e ao perder por 2-1 também ficou eliminado porque tinha empatado 1-1 no estádio da Luz. Assim, Paulo Bento deu um pontapé na crise e Camacho chamou a crise a si próprio.

Por mares nunca dantes blogados (5)

Mentiras sem consequências?

Há uns tempos atrás, houve um partido que através do seu líder e candidato a primeiro ministro, fez uma promessa (parece que não era bem isso, era mais um objectivo…): criar 150.000 postos de trabalho.
Qual era a mentira?
Era que o governo, usando dos poderes que dispõe, podia criar postos de trabalho. Um que fosse.
Não, não é verdade que as nomeações para cargos de confiança política sejam empregos e muito menos postos de trabalho.
Voltemos à mentira e aos mentirosos.
Uma mentira só se torna efectiva se houver quem nela acredite (palisseano, não é?). Neste caso houve. Muitos e muitos milhares de portugueses acreditaram nessa mentira, dita por esse partido, pela voz do seu candidato a primeiro-ministro.

A realidade que nos continua a rodear de notícias tristes, em nada parece mover a crença geral num amanhã sorridente em que Homens omnipotentes e omniscientes, recorrendo a passes de mágica ou a poderes divinos, poderão transformar o mundo num paraíso. A cada eleição, a esperançosa frase “desta é que é!; neste é que podemos confiar!”.
Ou seja, o país socialista que somos, continua a ter medo de o deixar de ser.
Tal como os ilusionistas que desde sempre usam os mesmos truques, os políticos do “estado a que isto chegou” (e não só os do tal partido), sabem a receita para recolher os votos do Povo: prometer mais do mesmo. Se têm sucesso, se o rotativismo os contenta, porquê mudar?
Entretanto o desemprego sobe e Portugal continua relegado para as traseiras do mundo desenvolvido.

LA, in O Insurgente (Recomendo)

Blogando com prazer (5)

Convicção ou carreira?


Penso que não faz sentido recuar na perspectiva de referendo, a não ser que o "tratado constitucional" venha a ser substituído por um "minitratado" de âmbito puramente institucional” assim pensava Vital Moreira há uns meses atrás.

Os que defendem o referendo sobre o Tratado de Lisboa já experimentaram lê-lo? E acham que algum cidadão comum consegue passar da segunda página? Não será tempo de deixar de brincar aos referendos? assim pensa hoje Vital Moreira.

O que se alterou para Vital Moreira ter mudado tanto e em tão pouco tempo? Independentemente do que se pense sobre a questão substantiva, referendar ou não o novo tratado europeu, o que faz um homem informado e inteligente defender hoje uma coisa e amanhã o seu contrário. Que aconteceu desta vez? Vital, no seu tradicional registo épico-coimbrão, comporta-se como um típico intelectual orgânico. Sempre sectário e intolerante. E supostamente dono da verdade. No passado ao serviço do PCP. Hoje do PS. Tal como Zita, Lino, Isabel Pires de Lima, Osvaldo, Magalhães, Narciso ou Pina Moura.Com percursos diferentes, mas uma mesma característica, pouco vulgar em ex-comunistas com elevadas responsabilidades políticas: a súbita mudança de opiniões, de campo político e de família partidária. Sem luto ou período de nojo. A dúvida é legítima: por convicção ou carreira?

José Manuel Constantino, in Estados d'Alma (Recomendo)

Também tu?


A supermodelo britânica Naomi Campbell elogiou a política de saúde e educação do governo venezuelano, após o encontro a nível particular com o presidente Hugo Chavez, anunciou hoje a televisão estatal da Venezuela.
"Estou muito contente com o que vi", afirmou Campbell à televisão estatal, salientando a construção de hospitais e que as crianças venezuelanas parecem beneficiar dos serviços públicos.
"A atenção médica, a educação que as crianças estão a ter, é óptimo de ver. E talvez tentar implementar isto noutros lugares", acrescentou Campbell, apesar de, à entrada do encontro, ter sublinhado que não iria fazer comentários políticos.
A oposição ao presidente venezuelano acusa Chavez de usar programas sociais para solidificar apoios, enquanto não faz o suficiente para solucionar problemas sistemáticos na saúde e educação.
Campbell encontrou-se com Chavez no palácio presidencial durante quatro horas tornando-se a última de uma série de celebridades a expressar o seu apoio ao líder venezuelano. Chavez deve ter precisado de uns conselhos sobre moda...

Triste convite


No Diário de Notícias de hoje podia ler-se "Lisboa prepara convite a Mugabe". No interior da notícia ficámos a saber por Pedro Courela, assessor do secretário de Estado João Gomes Cravinho, que o convite a Mugabe será enviado nos próximos dias. E viva os ditadores...

O salvador Salvador

Se eu fosse sócio do Sporting de Braga, o presidente Salvador não se salvava. O homem parece que não bate bem da bola e ainda por cima chuta para canto...
Deixando toda a malta do futebol de boca aberta despediu um dos melhores jovens treinadores portugueses. O Jorge Costa tem qualidades raras e uma experiência no mundo futebolístico como poucos presidentes de clubes. Mesmo assim foi depedido. Diz a direcção do Braga, direcção que é o presidente Salvador, mais o Salvador, mais o Salvador e ainda o Salvador, que o despedimento se ficou a dever aos maus resultados. Bolas, que o Salvador-presidente anda mesmo off side destas coisa do chuto na chincha. O Braga tem jogado bem, tem feito bons resultados, foi a Inglaterra e deixou boa crítica. Empatou na Figueira da Foz onde vamos ver quantas equipas irão lá ganhar e o treinador é despedido. Ou estaremos perante mais uma prepotência contra os homens que têm o "defeito" de ser solidários? Jorge Costa achou que o clube estava a injustiçar o João Pinto com um castigo a aplicar porque foi para casa às 23.00 horas em determinada noite. E como se solidarizou com um profissional que ele conhece bem, que lhe fazia imensa falta na equipa, que já deu muito ao futebol, veio o senhor Salvador e pumba! Tudo para o olho da rua que eu consigo jogar sozinho. Normalmente os tipos que pensam assim acabam por descer de divisão...

A última

Tenho muita pena mas não estou em condições de atirar dinheiro para a rua. Hoje foi a última vez que comprei a revista Visão. Se o meu amigo Filipe Luís (editor executivo), que deu os primeiros passos no jornalismo sob a minha orientação, quiser enviar-me as próximas edições de borla não rejeitarei. A verdade, é que há umas seis ou sete semanas que a revista tem vindo a baixar de qualidade no seu conteúdo de modo assustador. Pensei que fosse passageiro. Não, a edição de hoje não tem praticamente nada de interesse. Aliás, insere algo de muito educativo e informativo sobre os rumores e boatos que afectam os visados, bem como a importância da fofoca. Genial... para se deixar de comprar uma revista.

Crise no Benfica


Luís Filipe Vieira ainda não se demitiu de presidente do SLB.
As claques do SLB ainda não invadiram o gabinete de Filipe Vieira.
José António Camacho ainda é treinador.
Rui Costa talvez jogue hoje em Setúbal sem gravata.
Manuel Vilarinho já pediu um whisky com água de Castelo.
Freddy Adu poderá jogar mais do que 20 minutos.
O cimento do estádio da Luz está a rachar.
Nuno Gomes pode arrumar as botas... no saco.

Pág. 1/13