Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Pau Para Toda A Obra

Pau Para Toda A Obra

Breaking news (14)

Desemprego bateu nos 8,5%

Segundo os últimos dados do Eurostat o desemprego em Portugal aumentou para 8,5%. Relativamente ao mesmo mês do ano passado o aumento foi de 0,7%. O ministro da Economia, Manuel Pinho, confrontado com este problema grave teve a desfaçatez de afirmar que tinha estado numa reunião de cinco horas e por isso não sabia de nada. Não sabia, mas devia saber...

BCP, outra perspectiva


Esta manhã estive numa delegação do BCP Millennium e ao conversar com o gerente chegámos à temática fusão com o BPI. Neste ponto, o meu interlocutor disse que a fusão seria uma asneira grande porque no banco o que haveria a fazer era introduzir seriedade nos meios organizacionais e na gestão global. Pedi-lhe que trocasse por miúdos o que acabara de dizer e o economista explicou-me que uma instituição bancária como o BCP nunca poderia ter andado a movimentar-se financeiramente com off shores e com actividades de certos accionistas a rondar o limite da ilegalidade. Acrescentou que os accionistas do banco deviam agora "limpar" a administração com novas e eficientes caras para que a gestão passasse a ser algo com transparência e consequente confiança.
Ao falarmos de accionistas naturalmente que não podia faltar na baila Joe Berardo, ao que este funcionário superior do BCP me transmitiu ser o principal culpado do que se está a passar. "A sua ambição desmedida e a pretensão de querer ser mais e mais e mais rico levou-o a determinar a si próprio que tinha de atirar abaixo com o presidente Jardim Gonçalves. Ele já conseguiu destruir a nossa imagem... ainda hoje veio a público dizer que tem dezassete nomes de off shores onde accionistas compraram e venderam títulos bolsistas e tudo isto leva ao descrédito da instituição, que é o que ele pretende no final disto tudo. Ele quer rebentar com o banco para poder criar nas cinzas o seu próprio banco"...

Foi engano


O diário Público traz hoje em manchete "Venezuela diz 'sim' às propostas de Chávez". Foi um engano. Aconteceu que uma amiga da mulher da limpeza do bar "La Rosita" em Caracas, onde costuma ir o correspondente do jornal, António Chaves de La Puerta, tomar um copo e onde o gerente lhe costuma dar umas dicas, dizendo-lhe desta vez que "não" fiava, levou a que a informação saisse deturpada quando o correspondente enviou o despacho para Lisboa. Este foi recebido pelo segurança da recepção do rés-do-chão das instalações do diário que informou que "sim", que já tinha chegado a informação do resultado do referendo na Venezuela, quando o que estava escrito dentro do envelope era "não". Concluindo: a culpa foi da amiga da mulher da limpeza do bar "La Rosita" e do segurança de serviço na recepção do Público.

Spice retrata-se


Foto EFE

Victoria Beckham necessita de provas de fidelidade por parte dos seus 'fans'. A spice considera que apenas são "verdadeiros fans" aqueles que necessitam de atendimento médico quando a reconhecem... Victoria - que se reuniu com um grupo de 'fans' en Vancouver para comemorar o início da sua tournée mundial - crê que os seus verdadeiros admiradores são aqueles que rompem a chorar, que desmaiam e que precisam de uma ambulância. Que retrato...

Stanley Ho gastou uns amendoins


O magnata dos casinos de Macau e de Portugal gastou uns amendoins do seu cofre sem fundo. Stanley Ho adquiriu a maior trufa do século. O acepipe, com 1,5 kg, custou-lhe em leilão a módica quantia de 220 mil euros, com o lance recorde do magnata a superar as ofertas igualmente milionárias do artista plástico Damien Hirst e do xeque Mansour Bin Zayed. Coisas de ricos...

2000

Recebi um telefonema de um amigo a dar-me os parabéns e de seguida respondi-lhe que se tinha enganado na data. Mas a sua satisfação dizia respeito a este blogue e não ao meu aniversário natalício. Na verdade, o contador electrónico acaba de nos mostrar que em menos de um mês o Pau Para Toda a Obra ultrapassou as 2.000 visitas. Penso que é algo de inédito, mas que se deve apenas a todos quantos nos preferiram. A todos vocês um grande beijo ou abraço de consideração pela vossa preferência.
A brincar a brincar este vosso blogue já criou as seguintes rubricas:

- Delícias para a visão
- Blogando com prazer
- Por mares nunca dantes blogados
- O que é bom é para se ver
- O que eles dizem
- Prá boca
- Meio-dia
- Chá das cinco
- Diga lá trezentos e trinte e três
- Gosto muito de animais
- A vergonha da semana
- Para o público feminino
- Pergunta da semana
- Pau para toda a obra... literária
- Queridas motos
- Breaking news
- Cantinho dos poetas
- SMS DN

Estado não cumpre com deficientes

O Estado e as empresas privadas não estão a cumprir as quotas de contratação de pessoas com deficiência previstas na lei desde há seis anos. Nem existe uma avaliação do cumprimento dessa obrigatoriedade. Em 2001, o Governo de António Guterres fixou uma quota de 5% para as contratações na administração pública, de modo a promover a igualdade de oportunidades no acesso ao emprego. Três anos mais tarde, uma lei semelhante estipulava em 2,5% o contingente de contratações anuais para as empresas, a partir de determinada dimensão.
Mas, ao fim de seis anos, ainda se desconhece o nível de integração deste grupo de pessoas. O congelamento das admissões na função pública só veio dificultar e atrasar um processo de integração que já se adivinhava difícil. Por outro lado, muitas das admissões feitas nos últimos anos fugiram à regra dos concursos, com recurso a avenças e outro tipo de contratos.

Já não haverá Inverno

José Miguel Júdice virou meteorologista. Aos microfones da Antena 1 acaba de anunciar que "o País vai aquecer"... O ex-PSD, confrontado com as declarações de Luís Filipe Menezes nos Açores, afirmou que o líder laranja passou à "confrontação aberta" com o Partido Socialista e que esse confronto iria "aquecer na Câmara Municipal de Lisboa e no País". Grande descoberta climática...

Chávez foi derrotado

Hoje é um dia muito feliz para mais de meio milhão de portugueses residentes na Venezuela. No referendo ontem realizado naquele país o povo venezuelano votou contra a intenção de Hugo Chávez pretender perpetuar-se no poder por toda a vida. O "não" venceu e as reformas à Constituição que Chávez queria introduzir foram derrotadas por uma margem mínima, mas suficiente para que a Venezuela não passasse institucionalmente a ser uma espécie de ditadura. Eleições com bons frutos foram na Austrália onde o novo primeiro-ministro, Kevin Rudd, acaba de cumprir uma das promessas da campanha eleitoral: a Austrália vai assinar o Protocolo de Quioto. Um outro protocolo, esse por cá, o Governo deu luz verde para que a reabilitação urbana possa ser uma realidade. As autarquias podem a partir de agora estabelecer parcerias com institutos públicos ou com empresas privadas para que a traça velha do urbanismo possa ser reabilitada. Todavia, o Governo não podia deixar de criar mais uns lugares para uns boys. Com esta medida lá foi criando paralelamente uns Observatórios para a habitação, para a reabilitação urbana e para mais outros similares. A reforma na Função Pública "parece", como diria o nosso colaborador J.C., que é apenas para desejar boas festas sem comprar cartões de Natal. Depois do Natal é que teremos aí os espanhóis em força. Com mais de 400 milhões de euros preparam-se para comprar em Portugal dezenas de pequenas e médias empresas nas áreas do imobiliário, turismo e agricultura. Afinal, "parece" que Nuno Álvares Pereira andou a pregar para o deserto. No "deserto" da Margem Sul, mais concretamente em Alcochete, é o local onde o ministro do Ambiente diz que deve ser construído o novo aeroporto e que a última palavra é dele. Logo veio a terreiro o seu colega ministro das Obras Públicas, o já célebre Mário Lino, dizer que não senhor, a última palavra é a dele. Ou seja, ministros que já nem se entendem e que deverá levar Sócrates a uma remodelação ministerial. Remodelação que poderá acontecer para os lados de Alvalade, onde os sportinguistas mostraram ontem os lenços brancos após um empate vergonhoso contra o Leiria. Sobre este assunto, o comentador desportivo Rui Santos já se pronunciou ontem à noite na SIC-Notícias, sublinhando, que se trata de um exercício fracturante com consequências gravosas tendo Paulo Bento ido já ao tapete como treinador pragmático e resultadista...