Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Pau Para Toda A Obra

Pau Para Toda A Obra

O nosso futuro em 2019

- Telefonista: Pizza Hut, boa noite!
- Cliente: Boa noite, quero encomendar Pizzas...
- Telefonista: Pode-me dar o seu NIN?
- Cliente: Sim, o meu Número de Identificação Nacional é o 6102 1993 84565463 2107.
- Telefonista: Obrigada, Sr. Lacerda. O seu endereço é na Avenida Paes de Barros, 19, Apartamento 11, e o número do seu telefone é o 21549 4236, certo?
O telefone do seu escritório na Liberty Seguros, é o 21 574 52 30 e o seu telemóvel é o 96 266 25 66, correcto?
- Cliente: Como é que conseguiu todas essas informações?
- Telefonista: Porque estamos ligados em rede ao Grande Sistema Central.
- Cliente: Ah, sim, é verdade! Quero encomendar duas Pizzas: uma Quatro Queijos e outra Calabresa...
- Telefonista: Talvez não seja boa ideia...
- Cliente: O quê...?
- Telefonista: Consta na sua ficha médica que o senhor sofre de hipertensão e tem a taxa de colesterol muito alta. Além disso, o seu seguro de vida proíbe categoricamente escolhas perigosas para a saúde.
- Cliente: Claro! Tem razão! O que é que sugere?
- Telefonista: Por que é que não experimenta a nossa Pizza Superlight, comTofu e Rabanetes? O senhor vai adorar!
- Cliente: Como é que sabe que vou adorar?
- Telefonista: O senhor consultou a página 'Receitas Gulosas com Soja' da
Biblioteca Municipal, no dia 15 de Janeiro, às 14:27 e permaneceu ligado à rede durante 39 minutos. Daí a minha sugestão...
- Cliente: Ok, está bem! Mande-me então duas Pizzas tamanho familiar!
- Telefonista: É a escolha certa para o senhor, a sua esposa e os vossos quatro filhos, pode ter a certeza.
- Cliente: Quanto é?
- Telefonista: São 49,99.
- Cliente: Quer o número do meu Cartão de Crédito?
- Telefonista: Lamento, mas o senhor vai ter que pagar em dinheiro. O limite do seu Cartão de Crédito foi ultrapassado.
- Cliente: Tudo bem. Posso ir ao Multibanco levantar dinheiro antes que chegue a Pizza.
- Telefonista: Duvido que consiga. A sua Conta de Depósito à Ordem está com o saldo negativo.
- Cliente: Meta-se na sua vida! Mande-me as Pizzas que eu arranjo o dinheiro. Quando é que entregam?
- Telefonista: Estamos um pouco atrasados. Serão entregues em 45 minutos. Se estiver com muita pressa pode vir buscá-las, se bem que transportar duas Pizzas na moto, não é lá muito aconselhável. Além de ser perigoso...
- Cliente: Mas que história é essa? Como é que sabe que eu vou de moto?
- Telefonista: Peço desculpa, mas reparei aqui que não pagou as últimas prestações do carro e ele foi penhorado. Mas a sua moto está paga e então, pensei que fosse utilizá-la.
- Cliente: Chiça.......!!!!!!!!!
- Telefonista: Gostaria de pedir-lhe para não ser mal educado... Não se esqueça de que já foi condenado em Julho de 2006 por desacato em público a um Agente da Autoridade...
- Cliente: (silêncio)...
- Telefonista: Mais alguma coisa?
- Cliente: Não! É só isso... Não! Espere... Não se esqueça dos dois litros de Coca-Cola que constam na promoção.
- Telefonista: O regulamento da nossa promoção, conforme citado no artigo 095423/12, proíbe a venda de bebidas com açúcar a pessoas diabéticas...
- Cliente: Aaaaaaaahhhhhhhh!!!!!!!!!!! Vou atirar-me pela janela!!!!!
- Telefonista: E torcer um pé? O senhor mora no rés-do-chão!...

(enviado por leitor)

Recado a Pedro Passos Coelho














Meu Caro Pedro


Acabei de ver no jornal uma fotografia sua na comemoração dos 50 anos do Casino Estoril, com a presença do magnata Stanley Ho e dos habitués que andam há anos a ter o prazer, sabe-se lá porquê, de pousar ao lado do 'rei' dos casinos de Macau, e não só. Fiquei desiludido com a sua presença num evento desta natureza. Como diria o Herman José "não havia nexexidade"...
O senhor mostrou nas últimas eleições directas do PSD e no Congresso do seu partido que "o futuro é agora". E nesse sentido, deu alento e esperança a muita gente jovem de que algo poderia vir a mudar na política portuguesa. Mudar para melhor. Mudar em seriedade, Mudar em transparência. Mudar em solidariedade. Mudar em apoio aos mais desprotegidos. Mudar a política elitista e corrupta que tem atingido o nosso País nos últimos 30 anos ao mais alto nível. Cheguei a ouvir amigos meus dizer "Com o puto Passos Coelho isto vai mudar!". Não, meu caro. Não vai mudar absolutamente nada se você já faz parte deste clan. De um clan que se sente bem ao lado dos magnatas que tudo querem e tudo podem por serem proprietários de máquinas de fazer dinheiro. Dir-me-á que os presidentes dos Estados Unidos da América também são eleitos com o dinheiro dos magnatas proprietários das companhias petrolíferas. Com uma diferença: o petróleo é uma riqueza natural que enriquece uns quantos para sustentar a vida da maioria. E no casino o natural é a riqueza produzida ser sacada à maioria para enriquecer uns quantos...
Se o potencial candidato a líder do PSD e, consequentemente, um dia mais tarde, candidato a primeiro-ministro Passos Coelho pretende iniciar a sua carreira tão límpida como cativante, não pode entregar-se a uma engrenagem onde o que apenas deve estar a brilhar e a cheirar bem são as casas de banho...
Pela minha parte, dizer-lhe muito claramente, que nunca poderá contar com o meu voto. Conheço demasiado bem a máquina trituradora dos "amigos de casinos" para não poder ter confiança política em si como um novo "amigo" dos magnatas de casinos.

Diga lá trezentos e trinta e três (75)

Tecnologia chinesa!

Um português foi de visita à China e comprou um par de óculos de
alta tecnologia, que permitiam ver todas as pessoas nuas.
Manuel coloca os óculos e começa a ver todas as mulheres nuas..., fica encantado com a
descoberta chinesa.

- Ponho os óculos..., só vejo mulheres nuas! Tiro os óculos..., já as vejo vestidas! Que maravilha! Isto sim é tecnologia!!!
E assim regressou o Manuel a Portugal, louco para mostrar a novidade à sua Maria.
No avião, maravilhou-se ao máximo vendo as hospedeiras e as passageiras todas nuas.
Quando chegou a casa, entrou já com os óculos postos para abraçar a sua Maria toda nua.
Abre a porta de casa e vê a sua Maria a conversar com o seu vizinho, nus e sentados no sofá.
Tira os óculos..., todos nus! Põe os óculos..., todos nus! Tira os óculos..., todos nus! Põe os óculos..., todos nus!

Manuel, já irritado e perplexo, exclama: Porra, já avariaram!!! ... uma merda, estes produtos chineses !
...

Tem pai que é cego...

As forças policiais andam há anos a reivindicar melhores condições de trabalho e de valorização profissional. Já fizeram milhares de reuniões, dezenas de propostas e umas quantas manifestações . Ainda recentemente ficámos a saber das condições degradantes que existem nas esquadras e o facto lamentável de os agentes terem de pagar do seu bolso os uniformes e acessórios. As forças policiais já ameaçaram com novas formas de luta e a última foi o anúncio de que poderão começar a fechar os olhos às multas.
E o ministro da tutela o que diz?
Rui Pereira, com aquele ar super-maçónico, limita-se a dizer que "não tem qualquer conhecimento" que as forças policiais pretendam agravar as suas formas de luta por falta de serem ouvidos...

Está quase...

Os tiros em Portimão no parque de estacionamento do Pavilhão Arena onde estava José Sócrates, ainda vão dar muita água pela barba...
Já aqui referimos a recepção de um comentário de um leitor de Portimão que afirmou ter-se tratado de uma tentativa de atentado ou de susto ao primeiro-ministro.
Há dias, a polícia afirmou que os tiros foram premeditados. Hoje, já há mais uma novidade: a polícia acredita que os tiros visavam assustar Sócrates.
Querem ver que para a semana concluem que se tratou mesmo de uma tentativa de aleijar...

Bocas na rua (52)

- Ó Alfredo, já se sabe mais alguma coisa dos tiros pró Sócrates?
- É pá, tá calado! Não vês que isso é segredo militar!
. Militar?!
- Sim, pá! A pistola pertencia às forças de segurança...

Grande espectáculo, não perca!

Aos peixes
a partir de Moby Dick de Herman Melville

Texto Original Herman Melville
Autor José Maria Vieira Mendes
Música e Direcção Musical José Eduardo Rocha (JER)
Encenação Manuel Wiborg
Cenografia e Figurinos Manuel San Payo
Desenho de Luz Luis Mouro
Fotografia e spot televisão Álvaro Rosendo

Actores
Manuel Wiborg, Cláudio da Silva

Cantores
Ana Sacramento (soprano), José Lourenço (tenor)

Músicos
Nuno Morão (Voz barítono, flauta Allegro, violino Chicco & percussões), Vasco Lourenço (Piano), (Membros do Ensemble JER_Os Plásticos de Lisboa), Ricardo Torres (clarinete soprano), Paulo Loureiro (clarinete soprano & clarinete baixo), Luís Sousa (trompa), Pedro Morgado (voz baixo, percussões).
Direcção de Produção Manuel Wiborg
Assistentes de Produção Tânia Espírito Santo/Salomé Ângelo
Co-produção Actores Produtores Associados/Centro Cultural Belém
»
Aos peixes acompanha a viagem marítima de Ismael, o marinheiro que embarca na pesca da baleia como modo de “afugentar o tédio e normalizar a circulação”. Na solidão do azul, no silêncio do mastro, Ismael deixa-se levar pela ausência de tempo e de sequencialidade, e constrói uma narrativa fragmentária e permeável que lhe vai dando diversidade aos dias. Um texto a várias vozes, partes talvez de um mesmo discurso irregular, incompleto e contraditório. Escrito à maneira de um livro chamado Moby Dick.
»
SALA PRINCIPAL do TEATRO TRINDADE
3 a 20 Julho // 4ª a Sábado 21h30 e Domingo 16h00
Classificação etária M/6

Duração 1h50 min sem intervalo

Viva a Espanha! Campeã da Europa

photo AFP

A Espanha sagrou-se campeã da Europa em futebol. Na final do Euro 2008 derrotou a Alemanha por 1-0, golo de Torres. Uma vitória mais que merecidíssima de uma equipa total, um conjunto de jogadores de grande nível, coeso, envolvente, bem a defender e melhor a atacar. Uma equipa que soube durante todo o campeonato mostrar a sua valia. Uma força da natureza que demonstrou como ao longo da história é sempre possível Davi vencer Golias. Os espanhóis mostraram como se faz uma equipa com objectivos, sem farolice e fanfarronice, sem vedetas indicadas como as melhores do mundo e muito menos sem desperdiçar uma oportunidade de ouro, como a de participar numa final e não erguer a taça. A Espanha merece o nosso aplauso, mas as palmas mais ruidosas vão para o seu treinador Aragonés, que aos 70 anos bem merece este presente de ouro como final de uma carreira grandiosa. Viva a Espanha!