Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Pau Para Toda A Obra

Pau Para Toda A Obra

Murros no estômago

José Sócrates deve ter ido ao médico esta manhã. As dores no estômago devem ser horríveis. Ainda mal restabelecido do murro da Irlanda, com o seu NÃO ao Tratado de Lisboa, hoje veio a Polónia e truz! Mas que grande murro. O presidente polaco afirmou que não assina o Tratado de Lisboa porque "não faz sentido" e "não tem substância". As nossas melhoras, senhor primeiro-ministro...

Quem quer casa descasa

Nos dias de hoje todos os casais que compram casa têm de ter muito cuidado com o problema que isso acarreta na felicidade entre marido e mulher. Acontece que o Euribor é um tipo horrível, metidiço, que tenta infiltrar-se no seio do casal para minar a harmonia, o amor e a felicidade conjugal. Esse malandro do Euribor já desgraçou uma quantidade de casais e está apostado em continuar a sua saga por tudo o que é bairro, vila e cicade. Onde houver uma casinha com um casalinho amoroso, cheio de sonhos, com filhote ou ainda à espera da cegonha, esse tipo Euribor não se incomoda nada em atirar com o casalinho para casa dos pais ou para França, Inglaterra, Irlanda ou Alemanha para trabalhar no duro.
Esse sem vergonha do Euribor já se deu ao luxo de taxado a seis meses ter ultrapassado o valor médio de 5% em Junho. Se há um ano um casalinho pagava (mesmo com a ajuda dos pais em muitos casos) 785 euros por um empréstimo de 150 mil euros, com a subida dos juros, aliada ao agravamento dos spreads, paga hoje pelo mesmo crédito 989 euros, mais 197 euros por mês, ou seja, uma subida de 25%. Morte ao Euribor. Atirem o Euribor pela janela, vendam a casa e obriguem o Governo a construir habitações económicas com dignidade.

Cancelada ida ao alfaiate

Esta manhã no café estava um fulano a falar com muita graça abordando um assunto muito sério. Dizia ele que o seu alfaiate lhe tinha telefonado a dizer que já não precisava de lá ir porque o alfaiate não tem provas... E o fulano acrescentou: "Este é que é um alfaiate na moda. O que está na moda é fingir que se faz, mas não se faz porque não há provas... vejam o Pinto da Costa, não há provas, arquive-se! Vejam o caso da Maddie, não há provas, arquive-se!"...

PS - Se alguém encontrar algumas provas por aí perdidas, solicita-se que as entreguem na Procuradoria-Geral da República...

Pág. 41/41