Domingo, 30 de Setembro de 2012

André Couto no pódio

 

 

> O piloto português residente em Macau, André Couto, conquistou hoje o 3º lugar no Grande Prémio de Autopolis, Japão, ao volante de um Toyota Lexus a contar para o campeonato nipónico de SuperGT500. A diferença para o vencedor cifrou-se nuns parcos milésimos de segundo, mas enquanto André esteve ao volante o seu carro liderou a corrida sob chuva intensa. Parabéns, amigo.

 

GT500 RESULT: Race

RACE DETAIL

2012-30-9(Sun)
Autopolis
Rain/Wet(Weather/Course)
PoNoMachineDriverTime/Diff.LapsBest LapTireWH
1 1 S Road REITO MOLA GT-R
NISSAN GT-R / VRH34B
Masataka Yanagida
Ronnie Quintarelli
2:09'45.269 65 1'46.968 MI 58
2 32 EPSON HSV-010
Honda HSV-010 GT / HR10EG
Ryo Michigami
Yuhki Nakayama
7.581 65 1'47.018 DL  
3 19 WedsSport ADVAN SC430
LEXUS SC430 / RV8KG
Seiji Ara
Andre Couto
31.747 65 1'47.723 YH 19

 

 

 

por João Severino às 10:25
link do post | comentar | favorito
partilhar

A caminho da Grécia

 

> CGTP quer "grande greve geral" com todos.

 

 

tags:
por João Severino às 10:22
link do post | comentar | favorito
partilhar

Congresso dos autarcas não falou dos baldios

 

> O povo tem sido roubado e espoliado de terrenos que pertencem ao todo da população versus Estado. Os baldios são terrenos que pertencem ao povo. Paulatinamente durante anos os autarcas têm permitido que os baldios desaparecessem para dar lugar aos mamarrachos dos "patos-bravos". É um dos temas mais importantes de qualquer autarquia, que já se encontra nos tribunais e com autarcas sentenciados a prisão domiciliária. Era imperioso que num Congresso de autarcas o tema fosse discutido pela grandeza de números que engloba. No entanto, o Congresso preferiu fazer política e terminou com a divisão total entre os congressistas, tendo os sociais-democratas abandonado a sala.

Congresso dos autarcas exige revogação da lei dos compromissos e da subida de impostos no resgate do Estad.

 

 

tags:
por João Severino às 10:09
link do post | comentar | favorito
partilhar

O Borges das bocas

 

> Palavras de António Borges são “o contrário daquilo que o país precisa”, diz Diogo Feio.

 

 

por João Severino às 10:05
link do post | comentar | ver pauladas (1) | favorito
partilhar

A capa de hoje (146)

 

 

 

tags:
por João Severino às 10:01
link do post | comentar | favorito
partilhar
Sábado, 29 de Setembro de 2012

André Couto na pole position

 

 

> O meu amigo André Couto conquistou hoje a pole position no Grande Prémio de Autopolis, em Kyushu, Japão, a contar para o campeonato de Super GT500 ao volante de um Toyota Lexus. A prova de qualificação decorreu sob chuva intensa e, neste particular, eu sempre escrevi que Couto é o único piloto igual a Ayrton Senna. Com a pista molhada é imbatível. Parabéns amigo e força para a corrida de amanhã.

 

 

PoNoMachineDriverQ1Q2Q3TireWH
1 19 WedsSport ADVAN SC430
LEXUS SC430 / RV8KG
Seiji Ara
Andre Couto

1'53.634
1'49.178


1'46.534
YH 19
2 23 MOTUL AUTECH GT-R
NISSAN GT-R / VRH34B
Satoshi Motoyama
Michael Krumm
1'54.084


1'48.592
1'46.535

BS 30
3 24 D'station ADVAN GT-R
NISSAN GT-R / VRH34B
Hironobu Yasuda
Bjorn Wirdheim
1'54.487


1'48.900
1'46.971

YH 14
por João Severino às 09:56
link do post | comentar | favorito
partilhar

Deve estar a falar de ficção

 

> Pedro Braz Teixeira: “ Eu gostava de ver um certo número de juízes e procuradores na prisão”.

 

 

tags:
por João Severino às 09:00
link do post | comentar | favorito
partilhar

A capa de hoje (145)

 

 

 

tags:
por João Severino às 08:55
link do post | comentar | favorito
partilhar
Sexta-feira, 28 de Setembro de 2012

Bomba para Hulk

 

 

> A presença do jogador de futebol Hulk, ex-FC Porto, na equipa russa do Zenit tem causados vários problemas. A contratação milionária de Hulk levou os jogadores russos a tomar uma atitude de "greve" ao jogo. O ambiente tem estado de cortar à faca para o brasileiro e, segundo a imprensa russa, foi ontem detectado um engenho explosivo no centro desportivo do Zenit. Após as autoridades policiais e militares se terem deslocado ao local e quando abriram um saco, onde se encontrava uma bomba caseira, confrontaram-se com um pequeno cartão que dizia: "Hulk já não existe". As mesmas fontes adiantam que Hulk já equacionou a possibilidade de deixar a Rússia.

St Pete bomber aiming at Hulk

 

 

tags:
por João Severino às 18:46
link do post | comentar | ver pauladas (1) | favorito
partilhar

50 milhões

 

 

> Ela é lésbica. O pai nem quer pensar no assunto. Em Hong Kong não se fala em outra coisa. O papá da menina, que é milionário, oferece 50 milhões ao homem que conseguir seduzi-la e que case com ela. Os D. Juan que se cheguem à frente...

 

 

tags:
por João Severino às 16:35
link do post | comentar | favorito
partilhar

O Gaspar não acerta uma

 

> Défice público foi de 6,8% na primeira metade do ano.

 

 

por João Severino às 15:58
link do post | comentar | favorito
partilhar

No vermelho

 

> Sócios do Benfica chumbam relatório e contas e Filipe Vieira sai do clube escoltado por seguranças e polícia.

 

 

tags:
por João Severino às 10:52
link do post | comentar | favorito
partilhar

Conten(d)or

 

 

 

tags:
por João Severino às 10:19
link do post | comentar | favorito
partilhar

Dersafio

 

 

Jorge Cabral

 

 


PALHAÇADA

 

Nunca vi tanto “génio” a botar ciência sobre o estado da coisa e a sua cura. Curioso é que os mesmos não tenham previsto nada quando, afinal, tudo era tão óbvio. Mas eu digo por quê.

 

Porque os tais génios ou, pelo menos, a maioria deles vinha-se alambazando tranquilamente com a situação instalada. Ganhavam à tripa forra e enquanto isso, convinha-lhes o silêncio estratégico. Ou não será isto? A outra hipótese é que sejam mesmo uns cretinos chapados, burros em todas as dimensões e a níveis impensáveis. Não pode ser. Apesar de algumas provas contrárias, julgo que não serão assim tanto. Ou será que tudo isto sucedeu pela acumulação das duas razões em justa e conveniente medida? Talvez.

E agora? Temos que ainda por cima suportá-los nos shows televisivos que se sucedem inelutável e lamentavelmente? Igualmente, talvez.

 

O curioso, mais uma vez, é que discutem a “árvore em vez da floresta”, o fait-divers em lugar do essencial, o embrulho em vez do conteúdo, enfim, parece uma manobra de diversão - face ao momento - tenebrosa e quase maquiavélica. De tudo o que tais fulanos têm dito, pouco ou nada se aproveita. Digo-o eu que apesar de ter feito uma pós-graduação numa área específica da economia, não me reconheço nenhuma capacidade ou conhecimento profundo na matéria. Todavia, desafio qualquer desses senhores a provar o contrário do que digo ou qualquer outra solução para sairmos deste caos em que nos colocaram, sem provocarem dramas inadmissíveis nos nossos semelhantes.

 

Em PRIMEIRO lugar

 - Só podemos sair desta situação através de uma posição política forte e consistentemente defendida a todos os níveis em que seja possível impô-la em plenitude. Essa posição tem que conduzir inevitavelmente a juros ZERO sobre os empréstimos concedidos pelas instâncias internacionais. Com efeito, tais organismos não perseguem nem devem admitir o lucro – isso é contrário aos princípios que estão na base da sua génese e desvirtua-as.

Por outro lado, que se encontre no estado em que o nosso está, jamais poderá libertar os fundos necessários ao pagamento de tal verba, mormente sem sacrificar o seu povo a sacrifícios dignos de uma tenebrosa idade média (e não me venha nenhum filho da puta dizer que estou a exagerar, porque dentro de poucos dias redigirei uma crónica de um pungente facto real de que tive conhecimento, que muito gostaria de enfiar pela garganta de todos os responsáveis pela calamidade instalada e então depois concluirão se tenho ou não razão em afirmá-lo).

 

Por outro lado, um programa que consistentemente recupere o tecido económico do país, tão metodicamente destruído pelos Cavacos e Sócrates e seus bandos, só será possível num prazo mínimo entre 10 a 15 anos. Temos que formar os profissionais necessários a cada uma das áreas económicas em geral e a especializá-los para algumas das suas actividades. Os poucos que tínhamos foram desbaratados desde há 20 anos a esta parte, com sistemática irresponsabilidade, complacência e sobretudo participação dos bandos supra referidos.

 

Em SEGUNDO lugar

 - Há que negociar verbas justificadas por projectos de desenvolvimento nacional, competentemente gizados, com metas e objectivos temporais bem definidos, cujas aplicações deverão ser rigorosamente fiscalizadas pelos organismos financiadores. Ora aqui surge um problema fundamental – é que o “poder instalado”, nem está interessado num plano longo e muito menos numa fiscalização aturada durante tanto tempo. E por quê? É simples! Porque a maioria desta tropa fandanga quer voltar à “grand bouffe” que se instalou nos círculos de poder e seus arredores. Estão ávidos para retomar o saque e tão obcecados por ele que nem se apercebem que o programa que anunciam é pura e simplesmente caricato pelo prazo. Mais uma vez julgo que isto não é só sintoma da estupidez e burrice de tal cáfila.

 

Coelhito, tu não és mais que um pianeco nas mãos desta troupe. Aguenta-te mas aprende de uma vez por todas que foste levado ao poder para defender as pessoas e absolutamente mais nada. O país é isso e só isso. Só governarás aceitavelmente se conduzires a esmagadora maioria do teu povo a mais felicidade, se conseguires galvanizá-lo em torno de um projecto colectivo entendível e ambicioso, através de linhas mestras que OBRIGATORIAMENTE tens que saber gizar - para isso deixaste que te elegessem. Deixa-te de merdices e de justificações torpes – encara o touro de frente e defende os forcados que tens na tua rectaguarda – eles estão prontos para te secundar mas és tu que tens que encarar a fera em primeira instância, preservando o mais possível a sua integridade física, moral e, sobretudo, a sua dignidade e o seu direito a um futuro desejável.

 

Não te deixes guiar por técnicos de meia tigela que nem merceeiros de esquina chegam a ser. A prova disso foi a tua última calinada – devias levar umas palmatuadas valentes por ela. E agora cala-te de vez! Não quero ouvir mais palermices como aquela dos empresários que tinham medo que os seus colaboradores se revoltassem contra eles. Não vez que com isso só fazes figura de parvo? Que empresário é que disse isso a sério? No limite nada o proibiria de devolver o dinheiro aos seus colaboradores e com isso até ganharia pontos perante eles. Portanto, deixa-te de mostrar que estás a anos-luz da realidade e preocupa-te com a dimensão política que de uma vez por todas tens que passar a assumir nos diversos círculos internacionais onde tens que fazer prevalecer, em traços gerais o que acima te digo. Queres manter os “compagnons de route”? Ok, mas põe-nos na ordem! Se for preciso manda-os estudar o que de facto têm que saber para estarem nos lugares que ocupam. Nada de “academismos ensaísticos, balofos e perigosos”.

Acredito ainda na tua seriedade. Assim como eu, muitos dos portugueses o crêem também e é isso que ainda te salva. Mas não abuses, porque, para mim, seria uma pena perdermos a oportunidade de sermos guiados por alguém que não nos roube, mas por outro lado, daqueles já poucos estarão dispostos a suportar mais este calvário insuportável que cega e cretinamente tens perseguido. Prossegui-lo é eliminar qualquer esperança de um presente vivível e muito menos de um futuro que congregue vontades e catalise as pessoas.

Porque penso nos meus filhos e nos dos meus iguais, desejo-te ânimo, inteligência, bom senso e um grande sentido de responsabilidade.

 

P.S. Isto não abdica de JULGAR nos Tribunais competentes os responsáveis, todos os responsáveis, pelo estado em que estamos. Ninguém se compadece com os exemplos do meliante das sucatas, qual palonço chico-esperto, que saindo à pressa da escola aprendiz de feiticeiro tropeçou nos primeiros passos de mágica, nem daquele em que metem de castigo em caso um velhote acabado e doente, para dar cobertura aos verdadeiros cafagestes, como é o caso do “polixia” marginal de renome reconhecido que se passeia garbosamente entre Cabo Verde e os melhores restaurantes desta capital lisboeta, sem que ninguém lhe peça as devidas responsabilidades.     

 

 

 

por João Severino às 09:50
link do post | comentar | favorito
partilhar

Fartar vilanagem

 

> Câmara de Lisboa paga 19 mil euros a Mega Ferreira por estudo que já tem.

 

 

tags:
por João Severino às 09:48
link do post | comentar | favorito
partilhar

Em Espanha

 

> Governo usa fundo de reserva para pagar pensões em 2013.

 

 

tags:
por João Severino às 09:47
link do post | comentar | favorito
partilhar

Impunidade

 

> Ministério da Justiça tem 226 imóveis abandonados e 177 para venda.

 

 

por João Severino às 09:45
link do post | comentar | favorito
partilhar

Portugal e Espanha unidos?

 

> “Se um dia Portugal e Espanha se unirem, a capital será Olivença”.

 

 

por João Severino às 09:43
link do post | comentar | favorito
partilhar

A capa de hoje (144)

 

 

 

tags:
por João Severino às 09:41
link do post | comentar | favorito
partilhar
Quinta-feira, 27 de Setembro de 2012

Pelo buraco da fechadura

 

© alexander khokholov

 

 

por João Severino às 17:16
link do post | comentar | favorito
partilhar

pptao

Um blogue onde deixarei simples observações sobre o que vai acontecendo à nossa volta neste mundo global. Também serve de contacto com imensas pessoas que gostaram de mim. O título do blogue? Porque sempre fui "pau para toda a obra". Obrigado por ter vindo. “Morrendo estou na vida, em morte vivo; / vejo sem olhos, e sem língua falo; / e juntamente passo glória e pena.”, Camões

arte

João Eduardo Severino

Create Your Badge

a frase

"A vida é muito curta para termos inimigos"
Ayrton Senna

Fevereiro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28

favoritos

Quatro anos depois

pessoalmente

arquivos

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

cv

Jornalista com a Carteira Profissional nº 278. Já restam poucos do meu tempo. Como último cargo fui director e proprietário do diário 'Macau Hoje'. Pode ler o meu CV completo na primeira mensagem de Outubro de 2007.

subscrever feeds

tags

todas as tags