Segunda-feira, 31 de Dezembro de 2012

Próspero 2013

 

> A todos os leitores e amigos desejamos um Novo Ano de 2013 repleto de felicidade e muitas prosperidades. Bem hajam pela vossa presença.

 

 

tags:
por João Severino às 10:45
link do post | comentar | ver pauladas (4) | favorito
partilhar

A capa de hoje (222)

 

 

 

tags:
por João Severino às 10:44
link do post | comentar | favorito
partilhar
Domingo, 30 de Dezembro de 2012

Angola: liberdade de informação

 

> Quase ninguém soube disto:


Publisher to be prosecuted for publishing the book “Diamantes de Sangue” [“Blood Diamonds”]

Lisbon, 6 December 2012, Lusa

According to a source close to the process, Bárbara Bulhosa, editor at publishing company Tinta-da-China, is to be prosecuted together with Angolan journalist Rafael Marques, for publishing his book “Blood Diamonds: Torture and Corruption in Angola”.

The Portuguese editor Bulhosa has been notified today by the Department for Investigation and Penal Action (DIAP) in Lisbon to be present on 24 January 2013, in order “to be formally accused and questioned” within the process “for libel and slander”, instituted against Rafael Marques by several Angolan generals, who are linked to mining companies.

The Angolan journalist and activist Rafael Marques has accused them of torturing and killing mining workers in the diamond region of the Lundas, especially in Cuango and Xá-Muteba, in a book published in September 2011 as a result of a seven year long investigation.

Following the accusations brought up in the book, Rafael Marques filed — on 14 November 2011 in Luanda — a criminal accusation against these generals, for “daily acts of torture and often murder” against the people in the municipalities where mining concessions were active.

Last June, the Prosecutor General’s Office in Angola found Marques’ accusation “unsupported”, having thus “dismissed and archived” it. They considered that “some of the facts” have “not been proved” and are a “speculative construction not based on facts and legally unsupported”.

The criminal accusation — then sent to Lusa by the author — identified the Lumanhe Society - Mining, Import and Export, Lda., part of the Cuango Mining Society (SMC) joint-venture with 21 per cent, as the “core” of the reported facts.

Rafael Marques accused the generals Hélder Vieira Dias, “Kopelipa”, State Minister and Head of the President’s Military House, Carlos Vaal da Silva, Inspector-General of the General Staff of the Armed Forces of Angola (FAA), Armando Neto, Governor of Benguela and former Chief of General Staff of the FAA, Adriano Makevela, Chief of Board for Army Training and Education of the FAA, João de Matos, former Chief of General Staff of the FAA, Luís Faceira, former Chief of Army Staff, António Faceira, former Chief of the Commando Division, António dos Santos França “Ndalu”, former Chief of General Staff of the FAA and Paulo Lara of “crimes against Humanity”.

According to the claim, these generals “have been using their institutional power to allow — by either action or omission — the arbitrary power of the Cuango Mining Society in the region”.

Marques’ criminal accusation reached yet to ITM-Mining Limited, a company that holds a 38 per cent share of SMC. In this case, some of the accused were foreigners: the five managers identified as having “direct responsibility in instating security measures in the concession area” are Renato Teixeira, Andrew John Smith, Sérgio Costa, Helen M. Forrest and Nadine H. Francis.

The Angolan activist has also identified the “private security company Teleservice, hired by SMC to protect and secure the concession area” as the “direct agent of the violent acts”.

As a response to Marques’ book and criminal accusations, the generals decided on 9 November to take legal action against him for “libel and slander” in Portugal, where the book was published, and have now extended the claim to Bárbara Bulhosa, its editor.

Ana Nunes Cordeiro (SBR) // MAG.
Lusa
Translation: Helena Romão

 

 

tags:
por João Severino às 15:07
link do post | comentar | favorito
partilhar

A capa de hoje (221)

 

 

 

tags:
por João Severino às 15:02
link do post | comentar | favorito
partilhar
Sábado, 29 de Dezembro de 2012

É poucochinho

 

> Empresas devem 316 milhões a trabalhadores despedidos.

 

 

tags:
por João Severino às 10:38
link do post | comentar | favorito
partilhar

A capa de hoje (220)

 

DN: 148º aniversário

 

 

tags:
por João Severino às 10:13
link do post | comentar | favorito
partilhar
Sexta-feira, 28 de Dezembro de 2012

Decirnos adiós

 

 

 

tags:
por João Severino às 15:59
link do post | comentar | favorito
partilhar

Revista 2012

 

> O ano de 2012 em revista.

 

 

tags:
por João Severino às 11:00
link do post | comentar | favorito
partilhar

Cãezinhos

 

 

 

tags:
por João Severino às 10:37
link do post | comentar | favorito
partilhar

Grémio

 

> O Grémio Literário abre processo para expulsar o burlão Silva. E quem é que abre um processo para expulsar o Grémio Literário?...

 

 

tags:
por João Severino às 10:29
link do post | comentar | favorito
partilhar

Gestores

 

> 30 gestores de empresas cotadas na Euronext Lisboa tiveram ganhos anuais acima de um milhão de euros em 2011. Há um administrador executivo que recebeu 2,7 milhões. Qual é problema? Em 2012 possivelmente receberam ainda mais...

 

 

tags:
por João Severino às 10:25
link do post | comentar | favorito
partilhar

A capa de hoje (219)

 

 

 

tags:
por João Severino às 10:05
link do post | comentar | favorito
partilhar

Inacreditável

 

> O burlão Silva terá recebido 150 mil euros do Expresso e da SIC, segundo fonte próxima do processo. E assim vai o mundo do "jornalismo"...

 

 

tags: ,
por João Severino às 09:58
link do post | comentar | favorito
partilhar
Quinta-feira, 27 de Dezembro de 2012

O burlão do Natal

 

> Em oitenta por cento das casas de políticos e jornalistas falou-se do burlão na noite da consoada. O burlão é mestre na aldrabice. Já é de sua propriedade o prémio do impostor do ano. O burlão deve estar a rir-se, a rir-se muito. O homem esteve preso por vários crimes. Na prisão ficou conhecido como o aldrabilhas e os reclusos quando viram a SIC e o Expresso desataram a rir. A rir muito. É mesmo um caso para rir. Desde o Grémio Literário ao International Club of Portugal todos enfiaram o barrete. O mais desagradável e lamentável foi o barrete do Nicolau Santos. É inconcebível que um jornalista experiente não confirme anteriormente de quem se trata verdadeiramente o impostor, aliás, o interlocutor que tem pela frente. O burlão é tema de conversa em todos os cafés e, muito especialmente, no que eu frequento. Acontecia que o burlão aparecia lá pelo café amiúde e até o tratavam por "senhor doutor"... um caso só para rir.

 

 

tags:
por João Severino às 11:24
link do post | comentar | ver pauladas (1) | favorito
partilhar
Segunda-feira, 24 de Dezembro de 2012

Para todos...

 

... um Bom Pau Natal.

 

 

tags:
por João Severino às 09:47
link do post | comentar | favorito
partilhar
Terça-feira, 18 de Dezembro de 2012

Boas festas

 

 

 

por João Severino às 10:30
link do post | comentar | ver pauladas (2) | favorito
partilhar

Desafio

 

 

Cortes nas pensões principescas


Jorge Cabral

 


> A polémica que está na berra sobre a taxação especial sobre as pensões só é assunto porque está a atingir os intocáveis – políticos oportunistas e corruptos, gente que tem ou teve poder para manipular a administração do Estado a se interesse. Todos conhecem muitos dos que se enquadram neste “rapinanço”, mas ninguém teve até agora coragem para reabrir esses processos e dar-lhes o mínimo de dignidade e sensatez. E porquê? Porque da porcaria que a Democracia até hoje gerou, em termos de Partidos, todos, uns mais, outros menps, mas todos têm gente desta que importa não molestar. E porquê? Para mim é só e exclusivamente pelos telhados de vidro.
Processos como os do “bimbo” que se diz Presidente da Répública e do Mira Amaral, só a título de exemplo, deveriam ser reanalizados, explicitados e de novo decididos à luz da decência e da virtude que não choquem com a miséria que por sua causa ora grassa nos seus pares.
Dizem por aí uns pacóvios de indecente consciência: Ah, são só 3000 os que auferem de pensões principescas. Só por dizerem isto deveriam levar duas arrochadas bem assentes pelas costas baixo – são só esses mas recebem mais do que 40000 dos que têm pensões medianas. E não é esta a única razão – um País é tanto mais unido e o seu povo digno quanto menos casos destes houverem. Trata-se de uma correcção que é incontornável para que possamos pensar de novo num projecto global e comum que não esteja sempre a contar com a corrosão de mais alguns oportunistas que por aí espreitam.
Todos sabem que tenho sido muito crítico da acção deste Governo. Mas neste caso não posso deixar de o apoiar mais, em prol da retoma da nossa verticalidade mínima como Nação que se pretende justa e actual. Sanguessugas como essa gente, não fora a maternal protecção da Democracia e mais cedo ou mais tarde sentiriam o sabor da verdadeira admoestação.
Passos Coelho, já que como governante comprovou ter vistas curtas, pelo menos faça de bom “Polixia”, que não lhe faltará trabalho, mas cuidado porque tem que saber explicar bem as coisas para que os eleitores não sejam manipulados por essa “seita” a que acima me refiro, que, como todos bem sabemos, tem fortes e dedicados “tentáculos” em toda a comunicação social, com especial relevâncias para a televisão e jornais. Se não é assim, expliquem-me lá porque é que as estações televisivas SÓ dão tempo de antena a essa cáfila que há anos nos anda a entreter com mediocridades, massacrando-nos diariamente com intervenções ora de uns, ora de outros, mas sempre de gente que há vinte, trinta ou mais anos se anda a aproveitar da pobre gente que agora vem acusar de ter vivido acima das suas posses?! Que grande malandragem!!!  

 

 



por João Severino às 10:05
link do post | comentar | favorito
partilhar
Sexta-feira, 14 de Dezembro de 2012

Sintra

 

photo jotaesse

 

 

tags:
por João Severino às 10:34
link do post | comentar | favorito
partilhar

Paulo Portas parece que não está no Governo

 

> Portas diz que voz do CDS "não foi ouvida" no OE.

 

 

por João Severino às 10:12
link do post | comentar | favorito
partilhar

A verdade é dura

 

> Casos de abusos sexuais no Seminário do Fundão abrem guerra entre os bispos.

 

 

tags:
por João Severino às 09:56
link do post | comentar | favorito
partilhar

pptao

Um blogue onde deixarei simples observações sobre o que vai acontecendo à nossa volta neste mundo global. Também serve de contacto com imensas pessoas que gostaram de mim. O título do blogue? Porque sempre fui "pau para toda a obra". Obrigado por ter vindo. “Morrendo estou na vida, em morte vivo; / vejo sem olhos, e sem língua falo; / e juntamente passo glória e pena.”, Camões

arte

João Eduardo Severino

Create Your Badge

a frase

"A vida é muito curta para termos inimigos"
Ayrton Senna

Fevereiro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28

favoritos

Quatro anos depois

pessoalmente

arquivos

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

cv

Jornalista com a Carteira Profissional nº 278. Já restam poucos do meu tempo. Como último cargo fui director e proprietário do diário 'Macau Hoje'. Pode ler o meu CV completo na primeira mensagem de Outubro de 2007.

subscrever feeds

tags

todas as tags