Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Pau Para Toda A Obra

Pau Para Toda A Obra

Comem-se uns aos outros

As agências de imobiliário crescem como cogumelos. Comem-se uns aos outros. Não há ética nem qualquer tipo de respeito e solidariedade entre as diferentes marcas de venda de casas. Só na Avenida de Roma quase todos os trimestres abre uma agência diferente. E, em alguns casos, a mesma marca tem mais que uma agência. Agora, vergonhosamente, até abriu uma agência enorme DUAS portas ao lado de uma agência familiar que está no mercado há muitos anos. E na maior parte dos casos, as agências colocam na rua a atender os clientes funcionários que não têm qualquer formação e capacidade para a função. E ainda há outro pormenor importante: é que por falta de regulamentação e competência há comerciais mais astutos que se aproveitam da falta de conhecimento dos clientes e fazem o que querem. Será que não vêem que não há mercado para todos? Na mesma Avenida de Roma, apesar da procura, uma casa chega a estar mais de seis meses para ser vendida. Há uma casa que está há um ano a aguardar que alguém lhe pegue. Haja o mínimo de decoro e não abram agências imobiliárias em cima umas das outras. Ao comerem-se uns aos outros ninguém ganha e qualquer dia pode começar a aparecer montras partidas porque não me admirava nada que a revolta de quem se sente prejudicado explodisse de alguma forma.

fotografia.JPG

 

Na política não vale tudo

O vereador da CML Ricardo Robles decidiu ser do Bloco de Esquerda. Este partido tem um estatuto e um programa político muito sui generis. Para se ser do BE não se pode ser especulador imobiliário. Não pode e não deve. Tem de haver princípios de seriedade política que não contradigam o que se apregoa na prática política. O Robles pintava paredes e manifestava-se contra a especulação imobiliária e simultaneamente enriqueceu à custa do lugar que ocupava no partido. Errado. Luís Fazenda deu-lhe uma lição de caixão à cova e o Robles pediu logo a demissão. Aliás, devia ter-se demitido no mesmo dia em que saiu a notícia no Jornal Económico. A mini-carreira política de Robles ficou manchada por várias razões e o conluio com a máquina camarária que conseguiu conquistar chegou ao cúmulo de conseguir um estacionamento exclusivo de tuk-tuk's mesmo em frento ao seu prédio de Alfama destinado a Alojamento Local. Na política não pode valer tudo e é por estas e outras que a abstenção já vai nos 51,2%.

img_5725_770x433_acf_cropped.jpg

 

Ele aí está

Cristiano Ronaldo começa hoje a treinar na Juventus. Estou satisfeito que o fenómeno que ele representa já colocou os espenhóis a fazer contas à vida. Os contratos de televisão para os jogos da liga espanhola diminuiram, enquanto em Itália estão a aumentar com o interesse mundial. É o Japão, Coreia do Sul, Austrália, Indonésia, Malásia, Singapura, Índia, todos querem ver os jogos da Série A italiana, porque Ronaldo está no ecrã. Fico satifeito que o site da Juventus já aumentou em milhões de interessados. Fico satisfeito que os jornais desportivos italianos aumentaram, por enquanto, para o dobro as suas vendas só para lerem as últimas sobre Ronaldo. Por outro lado, em Espanha é o descalabro. Os jornais Marca e As, pelo menos, viram as vendas reduzidas em quase para metade. Porquê? Falta lá o Ronaldo. Assobiaram e criticaram Ronaldo, foram racistas para o português como o são para todos os portugueses. Basta salientar que os espanhóis fingem não perceber português quando um turista luso pergunta qualquer coisa para se orientar nas cidades. Eles percebem perfeitamente a nossa língua, mas fingem não perceber porque são racistas para connosco. Ronaldo teve a coragem de desmascarar esse pateta e mafioso Florentino Perez, presidente do Real Madrid, e virar-lhe as costas. Ele que compre agora o Mabbpé, o Neymar ou quem quiser e verá se é a mesma coisa. Resta-nos desejar felicidades e muitos golos a Ronaldo. E viva a Juventus!

-1.jpg

 

Fazenda é sério

Um dos fundadores do Bloco de Esquerda, Luís Fazenda, concede hoje uma entrevista ao "i" que vale a pena ler. Aliás, o jornal está cada vez melhor e já vende mais que o Público. Fazenda mostra o que é a seriedade em política e dá uma lição aos meninos Robles e Catarina do que é a política com honestidade e verticalidade nos princípios que se dizem defender. Obviamente, que Luís Fazenda condena o especulador Robles e diz que um bloquista não pode ter comportamentos destes. E manda-os reflectir. Isso, eles bem precisam de reflexão e não se esquecerem que o que Robles fez deixou o BE pelas ruas da amargura. Não há ninguém que não condene a hipocrisia e o oportunismo de Robles. E a falta de seriedade foi tão grande que o prédio de Robles destinava-se a Alojamento Local e, por isso, conseguiu que fosse destinado, mesmo em frente ao prédio, um estacionamento exclusivamente para tuk-tuk's....

i-2018-07-30-ef2d12.jpg

 

Futebol

O futebol está aí. Os apaixonados já enchem os estádios. Mas, afinal é assim:

Sporting: vamos ganhar! Empatou.

FC Porto: vamos ganhar! Empatou.

Benfica: vamos ganhar! Empatou.

SportingMarselha2.jpg

 

O pinta-paredes

O vereador bloquista Robles andou a pintar paredes de vários prédios que tinham fracções vazias. A sua política é contra a especulação imobiliária e contra os despejos. Por qualquer cabala que fizeram o menino Robles queria ter um lucro de 4 milhões com a venda de um prédio em Alfama de onde despejou o gerente de um café e deixou quatro empregados no desemprego. Tudo boa política para um bloquista porque se trata de uma cabala. Mas, o vereador revolucionário e testa de ferro da chefe Catarina é um militante coerente. Ontem, foi ao seu prédio de Alfama e em tons de cabala pintou a parede com os mesmos dizeres que colocou nos prédios dos outros. Assim, sim. Coerência acima de tudo. Bem pintado...

Robles.jpg

 

Troféu

O meu filho Rui Severino deixou-me cheio de orgulho. Ele, que é o único treinador de cavalos de corridas a galope português na Austrália, foi convidado para trabalhar na China, onde as corridas de cavalos já têm grande impacto e onde já laboram vários treinadores e joqueis estrangeiros. Ontem, na Mongólia Interior, realizaram-se as principais corridas de cavalos em ambiente de festa nacional. Um dos seus cavalos bateu o recorde da pista ao sair vitorioso. Ao longo dos meses conseguiu que os cavalos treinados por si obtivessem várias vitórias que lhe propocionaram a conquista do troféu de melhor treinador, conforme a foto nos mostra.

Troféu.jpg

 

Incompetência

Os assessores de António Costa ou os organizadores do MNE sobre a visita do Presidente francês Emmanuel Macron a Portugal são uns incompetentes totais. Para transportar o Presidente da França nada melhor para o ofender que escolherem um carro alemão. Transportaram Macron num Audi, quando a França tem carros maravilhosos da Peugeot, Citroen ou Renault. Só damos barraca...

Macron.jpg

 

Lua de sangue

O eclipse da Lua com cor de sangue foi ontem visto por milhões de pessoas. O fenómeno só regressa em 2100.

 

Foto: Sobre o Templo de Apolo, em Corinto.

lua.jpg

 Foto: Templo de Poseidón, Atenas

lua.jpg

 

Pág. 1/3