Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Pau Para Toda A Obra

Pau Para Toda A Obra

Presidente da República interrompe as férias

O Presidente Cavaco Silva interrompe hoje as férias para se dirigir ao país através da televisão, às 20 horas.

Contactámos com o nosso comentador político Ambrózio Ribeirôa, no sentido de indagar qual a justificação de tão secreta, peculiar e rara atitude e deixamos aqui a gravação da conversa:
- Bom dia, Ambrózio Ribeirôa! Desculpa incomodar-te mas também me acordaram às quatro da madrugada para me dizerem que o Presidente mandou encher o depósito da gasolina do carro porque tinha de deslocar-se urgentemente de Boliqueime a Lisboa para uma importante comunicação ao país...
- E o ar dos pneus?
- O quê? Ar dos pneus?
- Sim, também é importante porque um atentado ou o carjacking pode começar por um pneu vazio...
- Sim, mas gostaríamos de saber a tua opinião sobre o momento de tão grande gravidade para que o Presidente se desloque à televisão?
- O que eu sei é que ele vai aparecer na televisão por causa da Gala dos Talentos, no Campo Pequeno...
- Não fales em Campo Pequeno porque a tourada deve ser outra...
- Então, pode ser para anunciar a demissão do governo de Sócrates...
- Porquê?
- Por causa daqueles computadores para os putos que são feitos em Hoing Kong há mais de dez anos e que são um barrete pior que os de Salvaterra de Magos...
- E não será por causa de João Cravinho?
- Do Cravinho? Por causa daquela história do Alberto Martins dizer que não recebe lições de combate à corrupção? Não me parece porque sobre corrupção já estão todos habituados. A intervenção do Presidente pode ter vários motivos: a demissão do ministro Rui Pereira que disse gostar de ter quinhentos mortos na estrada por ano, um escândalo. Pode ser por caua do ministro da Cultura que demitiu o Carlos Fragateiro para dar um tacho ao amigo do chefe. Pode ser para deixar o Mariano Gago ainda mais gago por ter mandado fechar a Universidade Moderna, um estabelecimento exemplar de ensino na óptica do grande educador do povo Paulo Portas. Pode ser por causa dos abraços de Sócrates ao Kadhafi, ao Dos Santos e ao Chávez e ainda a sua intervenção na TV pode estar relacionada com aquela vergonha dos trinta milhões dos salários pagos aos administradores das empresas públicas, algumas delas falidas...
- Em suma, o caso deve ser grave, não Ambrózio?
- Grave, não! Muito grave! O que eu acho, muito sinceramente, é que o Presidente vai anunciar o encerramento do país, para que todos possamos gozar férias...

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.