Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Pau Para Toda A Obra

Pau Para Toda A Obra

Rádio espanhola





A
'Antena 1', estação de rádio estatal, mais parecia esta manhã uma rádio espanhola. Com umas espanholadas musicais lá nos foi transmitindo ao longo da manhã que hoje se comemorava o Dia Mundial da Luta contra a Sida. Parece mentira que uma estação de rádio com a responsabilidade institucional não tenha programado com a devida antecedência um trabalho que relembrasse ao auditório a razão de hoje ser feriado. A razão de ser do 1º de Dezembro. O que significa "Restauração". Nem uma palavra sobre o assunto ao longo da programação e dos noticiários. Lamentável...
As gerações mais novas mal sabem o que foi o 25 de Abril quanto mais o que se passou em 1640. Por isso mesmo é que uma 'Antena 1' tem a obrigação de convidar historiadores e ocupar a onda com uma recordação sobre acontecimentos marcantes da história de Portugal, que inclusivamente obrigam à comemoração de um feriado nacional. Ou então, para que serve o feriado? Para arrumar papéis, para ficar na sorna, para ir ao cinema ou para lavar o carro. Eu prefiro lamentar que a memória histórica dos feitos dos nossos antepassados sejam atirados para o caixote do lixo...
Igualmente se lamenta que diários como o 'Correio da Manhã', 'Diário de Notícias' e Jornal de Notícias' não tenham feito qualquer referência ao 1º Dezembro na sua primeira página.

Comentário oportuno de José Martins:

É isso mesmo!
Eu estive em casa todo o dia com a RTPi ligada e, sequer, um noticiário, falou no 1 de Dezembro.
Muitos "gajos/gajas" do canal da TV estatal que cá a gente tem a fazer a cobertura das estradas cobertas de neve.
Um festival de peças, frias, como a neve.
Perguntas/entrevistas de merda a automobilistas, a habitantes de serras (coitadinhos) como eles se sentiam com a tragédia do nevão...
Resposta: "a gente encara a neve com normalidade, temos comida,jogamos as cartas e bebemos uns copos etc.etc..
Mas para que falar e fazer festa no dia 1 de Dezembro os nossos governantes?
Se Portugal já está espanholado!
Hipocresia aos montes....
Mandá-los à "bardamerda" ainda é pouco...

Triste Portugal nos dias que correm!

Estão a formar mentalidades novas que no dia de amanhã cagaram-se para a memória de Aljubarrota e outras batalhas que ao longo dos séculos, os portugueses, mantiveram a sua identidade.
E agora com a chegada e a propaganda do PC "Magalhães" foi o golpe de misericórdia para a história.
Primeiro o Magalhães de facto é português; embarcou nas Naus na Índia e foi oferecer-se ao Rei de Castela.
O Magalhães, nunca capitaneou uma nau portuguesa, serviu apenas bordo como marinheiro.
Tenho dúvidas se não teria "surrupiado" cartas marítimas (muito em voga na época quinhentistas) e ir vendê-las a Castela.
O Magalhães não deu nada a volta ao mundo... Ficou a meio na ilha de Cebu na Filipinas.
O Magalhães é um heroi falso e, depois de ter andado à pancadaria em Cebu,onde perdeu a vida, foi feito heroi, como outros por conveniência, política, foram forjados.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.