Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Pau Para Toda A Obra

Pau Para Toda A Obra

JARDIM GONÇALVES NÃO PERDOA A BERARDO

> Jardim Gonçalves apresentou um novo processo contra Joe Berardo, devido a declarações do empresário madeirense à imprensa, afirmando que o antigo presidente do Banco Comercial Português (BCP) teria “roubado billions de euros aos accionistas”.
Num comunicado enviado à imprensa elaborado por Jardim Gonçalves, o antigo presidente do banco privado alude a uma entrevista dada por Joe Berardo ao 'Diário de Notícias', no passado domingo, 30 de Agosto, em que este afirmou que “Jardim Gonçalves roubou billions de euros aos accionistas [do BCP]”.
Jardim Gonçalves reage a estas declarações dizendo que “esta actuação caluniosa e ilícita do senhor José Berardo já não constitui novidade. Nos últimos dois anos, sempre que se referiu à minha pessoa, fez questão de utilizar termos grosseiros e gravemente injuriosos. Uma atitude reiterada que, para além de inadequada e injusta, não é, obviamente, inocente e meramente casual”.
Perante “tão vil, despropositada, grave e infamante acusação”, o antigo presidente do BCP decidiu dar entrada no Departamento de Investigação Penal com uma queixa-crime.
Jardim Gonçalves diz ainda repudiar “veementemente as declarações do senhor José Berardo”, lamentando que “tenham sido proferidas por um presidente de um corpo social do Banco Comercial Português em exercício de funções”.
“Berardo parece julgar-se superior à lei e mesmo aos tribunais, proferindo ‘sentenças’ e ‘condenações’ com o propósito, claro e deliberado, de atacar o meu bom nome e a minha vida pessoal e profissional”, acrescenta o antigo presidente do BCP.
Este é já o terceiro processo que Jardim Gonçalves move contra o empresário madeirense. As duas outras acções em curso estão, contudo, "pendentes de decisão judicial", destaca o comunicado.