Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Pau Para Toda A Obra

Pau Para Toda A Obra

é a hora

 

> É a hora para Pedro Passos Coelho ficar na história da política séria e solidária. O Governo vai reformar regime do subsídio de desemprego.

Neste sentido, é a hora do primeiro-ministro dar instruções que não podem existir mais subsídios de desemprego em quantitativo superior a 500 euros. E por quê? Porque Passos Coelho deve decidir-se pela atribuição do subsídio de desemprego a todos os portugueses que se encontrem desempregados com registo efectuado nos Centros de Emprego. E esse subsídio de desemprego igualitário deve ser equivalente ao salário mínimo nacional.