Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Pau Para Toda A Obra

Pau Para Toda A Obra

CAVAQUISTAS PASSARAM À HISTÓRIA

 

> Será difícil aos cavaquistas perceberem de uma vez por todas que o seu tempo político já passou à história. Já tiveram os seus "cinco" minutos de fama quando andaram a construir auto-estradas por tudo o que era montes e vales para ficar mais dispendioso. Será que os cavaquistas ainda não se convenceram que o BPN, o maior cancro do país, é obra sua? O povo foi a eleições e escolheu Passos Coelho. Nas próximas eleições, de o governo for mau, logo levam com o castigo respectivo, mas andar a aturar os cavaquistas com uma guerra subversiva é que parece fobia de macaco por banana.

Cavaquistas defendem saída de Vítor Gaspar do Governo.

 

 

ADENDA: O professor/comentador Marcelo Rebelo de Sousa, na TVI, acaba de defende exactamente a minha posição sobre esta matéria.

Marcelo manda calar cavaquistas. "Desamparem a loja", diz.

 

 

PAU COMMENTS

 

De Carmindo Mascarenhas Bordalo a 30 de Janeiro de 2012 às 15:30
Tudo guerras de alecrim e manjerona em que Cavaco é especialista insuperável.
Falar do que realmente interessa é que ele não faz.
Por exemplo, do crime de manter debaixo da mesma moeda uma economia tão débil como a nossa e um colosso como a alemã.
Disso não fala ele, pois sempre sonegou aos portugueses o direito de se pronunciarem directamente sobre a questão.
Nomes é o que menos interessa neste momento. Ser o Gaspar, o Baltasar ou o Belchior é indiferente. Interessava, sim, analisar seriamente as políticas e o posicionamento estratégico de Portugal como País que a pouco e pouco perde qualquer hipótese de defesa dos interesses próprios e é governado por organismos europeus de estilo "directório soviético".
Mas disso Cavaco gosta. Não o afecta que, desde a entrada no euro, Portugal tenha mergulhado numa crise sem fim à vista e que vai sempre piorando. O que o perturba é o nome Gaspar, que é Ministro há meio ano.
Triste fim de vida política...


 

 

1 comentário

Comentar post