Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Pau Para Toda A Obra

Pau Para Toda A Obra

A ÁGUA DE RAMOS-HORTA

 

 

> José Ramos-Horta já mete água por todos os lados. Até parece que de um dia para o outro perdeu o discernimento. Um político experiente que acaba de ser Presidente da República não deve vir dizer no dia seguinte à saída do cargo que pretende outro cargo. E logo o de primeiro-ministro. Ramos-Horta anunciou que vai apoiar nas próximas legislativas de Julho o Partido Democrático (PD) de Fernando Lasama. E que o faz para que esse partido possa vir a fazer frente à Fretilin ou ao CNRT de Xanana Gusmão. Asneira dupla. Ramos-Horta queria dizer que a Fretilin vai ganhar e que o PD ficará em segundo lugar. Que nesse caso, far-se-ia uma aliança Fretilin-PD e que ele seria o primeiro-ministro. Uma tristeza. Então, Ramos-Horta nunca ouviu falar em reserva da República? Obviamente que era o seu lugar: quietinho, a promover Timor-Leste pelo mundo e se um dia mais tarde tivesse que intervir novamente seria como Presidente da República. Mais grave ainda: Ramos-Horta "esqueceu-se" que o PSD de Zacarias da Costa (o único diplomata a sério que Timor-Leste possui) está semanalmente a aumentar o seu número de militantes. Veremos em Julho...