Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Pau Para Toda A Obra

Pau Para Toda A Obra

socratistas apoiam cavaco

 

 

Guta Moura Guedes

 

 

 

 

 

 

 

 

 

> Até há pouco tempo Veiga Simão, Basílio Horta, Proença de Carvalho, Daniel Bessa, José Miguel Júdice e Guta Moura Guedes eram apontados como apoiantes do primeiro-ministro José Sócrates. Contudo, estas personalidades apoiam a candidatura de Cavaco Silva.

 

O advogado Daniel Proença de Carvalho, os antigos ministros Veiga Simão, Roberto Carneiro e Basílio Horta e o ex-líder do CDS Adriano Moreira são alguns dos nomes que integram a comissão de honra da recandidatura de Cavaco Silva a Belém.

Segundo fonte da candidatura, integram ainda a comissão de honra de Cavaco Silva - que tal como há cinco anos é liderada pelo antigo Presidente da República Ramalho Eanes - a fadista Ana Moura, a directora da bienal ExperimentaDesign Guta Moura Guedes e a cantora Simone de Oliveira.

Na semana passada tinham já sido anunciados alguns dos nomes que integram a comissão de honra da recandidatura de Cavaco Silva à Presidência da República, entre os quais se encontra o banqueiro António Horta Osório, o arquitecto Carrilho da Graça, o economista Daniel Bessa e o advogado José Miguel Júdice.

Entretanto, Cavaco Silva irá apresentar o manifesto da sua candidatura no dia 29 de Novembro.

Tal como há cinco anos, o documento será apresentado no Porto e deverá ter como palco o mesmo local escolhido em 2005, a Alfândega do Porto.

CAVACO E OS CAVALOS

Um cavalo vencedor com a 'Portuguese Cross' pertencente ao autor deste blogue numa corrida
em Darwin-Austrália treinado por Rui Severino


> Será que o Presidente Cavaco Silva entenderá alguma coisa de cavalos? Sim, de cavalos, os animais que no mundo, entre outras coisas, salvam as economias de muitos países através da existência de corridas de galope ou de trote. Cavaco Silva vai estar presente em Ponte de Lima para as festas anuais, as quais têm o cavalo como atracção maior.
Seria bom que algum, dos muitos, assessor do Presidente lhe dissesse que é em Ponte de Lima que há muitos anos se aguarda pela aprovação em Portugal das corridas de cavalos a galope.
Seria bom que Cavaco Silva aproveitasse a ocasião para enviar um recado ao Governo de que a economia portuguesa poderia levar um empurrão muito positivo se as corridas de cavalos fossem uma realidade no nosso país, à semelhança de inúmeros países, nomeadamente, a Inglaterra, França, Irlanda, EUA, Brasil, Itália, Chile, Austrália, Nova Zelândia, Japão, China, RAE Hong Kong, RAE Macau e Arábia Saudita.
Seria bom que Cavaco Silva demonstrasse ao "cego" ministro da Agricultura que as apostas em corridas de cavalos a galope chegam a proporcionar 45% das receitas governamentais em alguns países.
Seria bom que Cavaco Silva mostrasse ao mundo que Portugal possui uma das melhores raças de cavalos do mundo - o Lusitano.
Enfim, seria bom que o Presidente da República fizesse qualquer coisa por aquilo que diz ser a necessária implementação de esforços por parte de todos para melhorar a economia.