Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Pau Para Toda A Obra

Pau Para Toda A Obra

A corja da Defesa

Roubaram armas em Tancos. Que mal tem? O tráfico de armas em Portugal e respectivo negócio sempre foi realizado tendo como base alguns militares que nunca mereciam ter vestido a farda. Desta vez, foi um antigo fiuzileiro que tinha a sua mafia infiltrada na Polícia Judiciária Militar e na GNR que resolveu tratar do roubo. Como aquilo deu para o torto, resolveram devolver o armamento arranjando uma geringonça que levasse o armamento de regresso à base. No meio disto tudo, há um chefe do Estado-Maior das Forças Armadas, um chehe do Estado-Maior do Exército e um ministro da Defesa que assobiaram para o lado de forma gravíssima, pois, chegaram a dar a entender que nem roubo tinha acontecido. Quem não se recorda daquela figura triste que o chefe do Estado-Maior das Forças Armadas fez ao lado de António Costa em S. Bento? Triste figura que já demonstrava que estavam imbuídos na incompetência e no compadrio até às orelhas. E o pateta do ministro da Defesa o que faz? Nada. Defende o tacho, que é bem bom. Que a imagem e a honra destas tristes marionetas vão para o caixote do lixo, pouco me importa e já lá deviam estar. Todavia, a imagem, a honra, o patriotismo e o sacrifício das Forças Armadas ficarem na mó de baixo por causa destes figurantes, isso é que não pode acontecer e se há militares honrados que levantem a voz contra esta chefia embriagada pelas mordomias que nunca tiveram e que gritem bem alto que as marionetas devem ir pairar para outra feira de vaidades e de vigarices...

Costa.jpg

 

1 comentário

Comentar post