Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Pau Para Toda A Obra

Pau Para Toda A Obra

A loucura da pedofilia

O mundo enlouqueceu. A pedofilia está a desgraçar milhares de famílias por todos os continentes. Os médicos dizem que é uma doença. Os clínicos mais especializados afirmam que se trata de traumas de infância. Os psicólogos opinam no sentido de que apenas existe maldade, frustação, inveja e desejo de maltratar e até de matar. Os pedófilos estão a aumentar todos os dias cometendo os mais horrendos crimes. Usam os computadores para a sua actividade na mioria dos casos. Conseguem convencer crianças disto e daquilo e chega a ser inconcebível como é que ao verem imagens de crianças de quatro e cinco anos se masturbam. Os pedófilos têm de ter uma legislação mundial que os castigue de forma severa. Mas quem decide? Não sei. A UNESCO, a ONU, uma organização que seja criada por personalidades insuspeitas? Pois, mas esse é que é o problema, porque temos pedófilos que são juízes, polícias, ministros, advogados, padres, jornalistas, engenheiros, etc. O caso é gravíssimo, e por falar em engenheiro, aconteceu em Espinho, Portugal, um caso escabroso, maquiavélico e repugnante que haveria muita gente que cortava o pescoço a um engenheiro e a uma mulher que foi sua amante. A mulher há uma ano começou a obrigar a filha com oito anos a ser violada pelo tal engenheiro. Agora, a menina tem nove anos e o caso foi descoberto. A puta da mãe até entrava nas orgias de vez em quando. O engenheiro violava a menina e a mãe ao mesmo tempo. Felizmente que os colegas do engenheiro descobriram no seu computador de serviço algumas fotografias de cariz sexual entre o colega, a tal mulher e a menor. Apresentaram logo queixa à PJ e os dois já estão presos. Mas, o que resolve? A menina ficou traumatizada para toda a vida e sem família. O mais certo acabará um dia como prostituta. Os meliantes cumprem prisão e depois sairão cá para fora para continuar a sua actividade pedófila. Estamos num beco sem saída. A castração química não resolve porque os tarados continuam a violar as menores com os dedos. Resta um apelo: que a justiça se decida pela heroicidade perante a sociedade sentenciando os pedófilos com a pena máxima de 25 anos de prisão. Ao menos, que tivessemos essa medida como justiça a todos os menores que têm sido abusados.

Pedofilia.jpg