Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Pau Para Toda A Obra

Pau Para Toda A Obra

Angola à beira da rotura política

José Eduardo dos Santos, ex-presidente de Angola foi um ditador? Foi um corrupto? Foi um desviador de dinheiros públicos? Não sei, não tenho provas. O que eu sei é que fez enriquecer milhares de portugueses e alguns ficaram milionários. Permitiu que os seus generais e os seus filhos colocassem milhões de euros em Portugal. Sei de um banco português que estava à beira da falência e que o ex-presidente de Angola mandou a filha Isabel injectar mais de 400 milhões de euros. Veio o novo presidente, que hoje anda por aí a passear em Lisboa, e anda a tentar dar-se o ar de muito honesto e a querer mudar tudo para inglês ver. Já se esqueceu do seu passado e das benesses que Eduardo dos Santos lhe deu. Mas, João Lourenço foi longe de mais e veio a público dizer que o antigo chefe de Estado angolano deixou os cofres vazios. Eduardo dos Santos, com coragem e frontalidade já lhe respondeu e diz que no dia que passou a pasta a Lourenço deixou nos cofres do Banco Nacinal de Angola nada mais que 15 mil milhões de euros.

Naturalmente, que já viram que a coisa está preta em Angola e que o futuro político não vai ser risonho. Há muita arma espalhada por grupos de apoio de Santos e de Lourenço e a situação pode descambar para o confronto. Basta lerr as palavras importantes neste aspecto de Isabel dos Santos: "A situação está a tornar-se cada vez mais tensa, com a possibilidade de se juntar à crise económica existente, uma crise política profunda"... agora tirem as vossas conclusões.

Luanda.jpg