Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Pau Para Toda A Obra

Pau Para Toda A Obra

Chico esperto

O caso do vereador lisboeta do Bloco de Esquerda contribui para que mais pessoas se desinteressem pela política. E cada vez mais ouvimos os portugueses a dizer "quero que os políticos se lixem, são uma cambada de corruptos". O vereador Robles deu uma conferência de imprensa patética. Ele sabe bem que se não estivesse na Câmara de Lisboa nunca teria conhecimento que existia um prédio degradado em Alfama que se podia comprar por trezentos e tal mil euros. Mesmo assim, para um jovem ter esse dinheiro e mais outros milhares para a restauração do imóvel, o menino Robles é dos bloquistas ricos. Há quem defenda que pode ser-se de esquerda e ser-se rico. Pois, mas não podem passar o tempo em comícios a vociferar contra os ricos e contra a especulação imobiliária e respectivos despejos de idosos e depois vender um imóvel por milhões para arrendamento local. O vereador Robles é o típico chico esperto. Comprou baratinho para depois restaurar e vender por um balúrdio. O prédio esteve à venda por cerca de seis milhões de euros, bolas, que o menino é mesmo dos espertos e daqueles que nos fazem meter nojo dos políticos.

E depois temos o fisco, que ou é cego ou o menino Robles tem grande cunha para que a sua "casinha" não fosse avaliada conforme o valor dos seis milhões, mas sim dos trezentos e tal mil euros. Tudo nos conformes e o fisco avaliou a casa com mais de 10 divisões por uma bacatela e o chico esperto Robles não pagará o IMI que ele muito bem sabe que teria de pagar se tivesse havido legalidade. Ilegalidade? Sim, meu caro vereador contestatário. É que a restauração do prédio tinha de ter sido comunicada ao fisco. Enfim, uma tristeza em pleno que até leva o seu partido a continuar a dar-lhe confiança política em vez de o demitir de funções na edilidade.

correio-da-manha-2018-07-28-6b86b2.jpg

 

1 comentário

Comentar post