Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Pau Para Toda A Obra

Pau Para Toda A Obra

Escrever

Escrever é belo. É exteriorizar o que nos vai na alma e no pensamento. Sempre escrevi quando era criança e gostei tanto que me transformei num jornalista vulgar de lineu. O escrever pode fazer bem a quem lê, como pode colocar certas mentes traumatizadas a interpretar mal o que escrevemos. É triste quando a nossa escrita é interpretada precisamente sem senso e com laivos de sonambolismo. Por vezes, a maldade de não nos interpretarem bem leva-nos à vontade de não escrever mais. O que vale é que há sempre imensa gente que gosta do que escrevemos. E nesse sentido, é sempre Natal.