Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Pau Para Toda A Obra

Pau Para Toda A Obra

ANGOLA E SÓCRATES: MUITO GRAVE

> Qual licenciatura, qual Freeport, quais projectos da Guarda, quais idas a Macau, nada tão grave relacionado com José Sócrates como as declarações estonteantes de Jardim Gonçalves, hoje, em entrevista à revista 'NS', suplemento do 'DN'. O ex-presidente do BCP surpreende, arrasa, acusa e chega a ser contundente quando dá a entender que existem jogos e negócios por baixo da mesa entre José Sócrates e José Eduardo dos Santos. O fundador do banco lamenta que Sócrates nunca tenha estado interessado em falar com ele, mas que, coincidentemente fez "duas viagens a Angola aquando dos primeiros movimentos para Paulo Teixeira Pinto ser afastado".

ELES RIEM-SE

> Há uns ex-administradores do BCP que foram multados em cerca de 4 milhões de euros e suspensos por cinco anos de actividade bancária. Tem sido um fartote de rir entre os atingidos. Eles riem-se dos decisores medrosos e dos políticos corruptos que permitiram que eles fizessem o que lhes apeteceu para usufruirem de dezenas de milhões para seu proveito.
Quem não se lembra da vergonha que foi o caso de aquisição do Banco Português do Atlântico pelo BCP pelo preço da uva mijona com o conluio dos políticos que também ficaram abonados? Tudo uma panóplia de irregularidades que só provocam a risada geral aos agora atingidos, porque se isto fosse a sério, a multa global nunca poderia ser menor que 400 milhões e a suspensão de actividade devia ser para todo o sempre. Mas, infelizmente, neste país, já há quem esteja a fazer o mesmo que os ex-administradores do BCP.

COLONIALISMO ANGOLANO

> Angola continua a sua caminhada para o colonialismo total de Portugal. Tudo se vende e tudo os angolanos compram neste país à beira-mar enxovalhado. É deixar vilanagem. A última imposição dos angolanos até revolta, pelo menos, a todos aqueles que optaram por ser clientes do BCP pensando que estavam a contribuir para a existência de um novo banco português forte e seguro. Mas o caso é bem diferente. A Sonangol quer ter voz activa no BCP e lugar na administração.
Ora toma!

JARDIM GONÇALVES NÃO PERDOA A BERARDO

> Jardim Gonçalves apresentou um novo processo contra Joe Berardo, devido a declarações do empresário madeirense à imprensa, afirmando que o antigo presidente do Banco Comercial Português (BCP) teria “roubado billions de euros aos accionistas”.
Num comunicado enviado à imprensa elaborado por Jardim Gonçalves, o antigo presidente do banco privado alude a uma entrevista dada por Joe Berardo ao 'Diário de Notícias', no passado domingo, 30 de Agosto, em que este afirmou que “Jardim Gonçalves roubou billions de euros aos accionistas [do BCP]”.
Jardim Gonçalves reage a estas declarações dizendo que “esta actuação caluniosa e ilícita do senhor José Berardo já não constitui novidade. Nos últimos dois anos, sempre que se referiu à minha pessoa, fez questão de utilizar termos grosseiros e gravemente injuriosos. Uma atitude reiterada que, para além de inadequada e injusta, não é, obviamente, inocente e meramente casual”.
Perante “tão vil, despropositada, grave e infamante acusação”, o antigo presidente do BCP decidiu dar entrada no Departamento de Investigação Penal com uma queixa-crime.
Jardim Gonçalves diz ainda repudiar “veementemente as declarações do senhor José Berardo”, lamentando que “tenham sido proferidas por um presidente de um corpo social do Banco Comercial Português em exercício de funções”.
“Berardo parece julgar-se superior à lei e mesmo aos tribunais, proferindo ‘sentenças’ e ‘condenações’ com o propósito, claro e deliberado, de atacar o meu bom nome e a minha vida pessoal e profissional”, acrescenta o antigo presidente do BCP.
Este é já o terceiro processo que Jardim Gonçalves move contra o empresário madeirense. As duas outras acções em curso estão, contudo, "pendentes de decisão judicial", destaca o comunicado.

BOCAS NA RUA

Guarda-costas

- É pá, o Jardim Gonçalves tem 40 guarda-costas pagos pelo banco. Mas ele anda com medo de quê?
- Isso é tudo uma confusão! Os guarda-costas são para uma filmagem que o homem vai fazer sobre a mafia...