Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Pau Para Toda A Obra

Pau Para Toda A Obra

diamantes

 

> O assistente de treinador de futebol Carlos Queiroz em vez de se dedicar à aprendizagem do treinamento da modalidade, para que um dia pudesse ser treinador, não, incrivelmente, dedica-se à... pesca? não, mas à exploração de diamantes em Moçambique. A história está na edição de amanhã do 'Sol'.

 

queiroz vai ajudar à bomba atómica

 

> O assistente de treinador de futebol Carlos Queiroz parece que o único sítio que ainda lhe resta é o Irão. Deve ser para ajudar a fabricar a bomba atómica que tanto amedronta os americanos.

No Irão, Queiroz deverá obter o mesmo resultado de outros sítios:

Arábia Saudita: zero

Japão: zero

EUA: zero

Emirados Árabes Unidos: zero

Moçambique: zero

África do Sul: zero

Sporting: zero

Real Madrid: zero

Selecção Nacional: zero... eh! e os Mundiais de Sub-20? Calma, meu! Calminha, joga baixinho que o árbitro é anão... Nos Mundiais de Sub-20 tudo tem de se agradecer ao grande treinador e obreiro de todo o trabalho, o professor Nelo Vingada.

 

 

ATÉ QUE ENFIM




> Até que enfim que um jogador da selecção nacional de futebol teve a coragem de dizer o que praticamente todos pensam e que não tinham a coragem de o afirmar. Deco foi campeão europeu no FC Porto, um dos melhores jogadores no Barcelona, no Chelsea e, por isso, mereceu a honra de pertencer ao seleccionado português.
Depois de tanta celeuma à volta de Carlos Queiroz, o jogador luso-brasileiro afirmou que «Queiroz é uma pessoa falsa».

ESSA NÃO!


> Pela boca morre o peixe. Carlos Queiroz na entrevista a Judite de Sousa (RTP) mentiu com todos os dentes. Veio dizer que tinha tido vários convites de outras federações de futebol para treinar as selecções desses países. Afinal, soube-se hoje que é o Carlinhos que anda a mendigar um lugarzinho em qualquer lado. Da Ucrânia chegou a confirmação de que o Carlinhos das petas entregou uma proposta à federação ucraniana para treinar a selecção daquele país. Um conselho a Queiroz: Moçambique tem praias lindas para a pesca.

RTP LÊ PPTAO

> Quando da última entrevista da doutora Judite de Sousa [- Está lá, queria falar se faz favor com a Judite de Sousa!... - A doutora Judite de Sousa está em reunião...] a Carlos Cruz criticámos duramente a opção, porque se naquele dia alguém justificava uma entrevista era o homem de quem se falava, Carlos Queiroz.
Parece que somos lidos no gabinete da doutora Judite de Sousa e nos computadores dos muitos jornalistas assessores da doutora Judite de Sousa, porque esta noite, assim a modos que à pressa, de enfiada e fora de programação, lá vai aos estúdios Carlos Queiroz responder à doutora. Obrigadinho pela atenção.

TRISTEZAS DA NOITE
















>
Esta noite foi marcada por dois actos enluvados de grande tristeza. Por um lado, é triste assistir a uma demissão encomendada de um seleccionador de futebol que tinha um contrato estabelecido precisamente com quem o despede injustificadamente. Atenção, que estamos à vontade para tomar esta posição porque sempre entendemos algo de muito diferente: sempre defendemos que Carlos Queiroz não tinha virtude profissional para ser o seleccionador. Posição esta, que é completamente diferente em estar de acordo com um despedimento vergonhoso onde o visado nem sequer teve ensejo de se defender.
Por outro lado, é triste assistir ao entendimento ilógico que Carlos Cruz exerce no sentido de defender a sua imagem, após oito anos de uma super visibilidade. Se Carlos Cruz tivesse optado pelo silêncio desde o momento da sentença judicial, esse silêncio teria sido ensurdecedor e faria tremer muitas hostes.

AI, JUDITE!

> Ele é o homem de quem se fala. Ele enche páginas de jornais. Ele é polémico. Ele provoca que os ânimos se exaltem no seio do Governo. Ele recebe aplausos e pedidos de autógrafos. Ele movimenta juízes e advogados. Ele é amado e odiado por comentadores de televisão. Ele está condenado. Ele é o homem de quem se fala em todo o Portugal. Ele é o Carlos Queiroz, mas à entrevista da Judite de Sousa vai outro Carlos. Ai, Judite tanta incompetência, distracção ou...

QUEIROZ ESTÁ ARRUMADO


> O descalabro da selecção de futebol tendo como timoneiro Carlos Queiroz ficou bem patente nos jogos contra o Chipre e Noruega. Se alguém [como o comentador da SIC Rui Santos] tinha dúvidas que o assistente de treinador não servia para dirigir atletas que sabem de futebol, ficou agora bem patente a inoperância e falta de qualidade do "professor".
Esta manhã, já ouvi as mais diversas afirmações sobre o assunto. Assim:
- "É pá, não se admite que o João Moutinho não tenha jogado!"

- "Aquela de jogar com três que ainda não tinham feito um jogo sequer não lembrava nem ao diabo... como é que o tipo se lembrou do Manuel Fernandes, Raul Meireles e Tiago?"

- "Cá para mim o Eduardo fez de propósito para arrumar com o Queiroz de uma vez por todas!"

- "O Liedson tinha de jogar de início"

- "Aqueles tipos são completamente atrasados mentais... então, põem os homens a aquecer mais de vinte minutos e depois mandam entrar o Liedson quando o jogo está a acabar"

- "O Danny e o Moutinho tinham de jogar para o Liedson e Almeida"

- "Aquele Bruno Alves deve andar maluco com as russas..."

- "Tive pena do Sílvio... coitado do rapaz fez uma estreia quando o caos estava instalado na selecção"

- "Viu-se mesmo que os jogadores querem o Queiroz no olho da rua... o Quaresma e o Nani não jogaram nem metade do que sabem"

- "Jogar até ao fim com um trinco para quê se tínhamos de marcar golos?"

- "Ao Queiroz dava-lhe já hoje o passaporte para o desemprego!"