Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Pau Para Toda A Obra

Pau Para Toda A Obra

já há inteligências no governo

 

 

 

Corrida de cavalos em Darwin-Austrália, onde o cavalo vencedor (com as cores da Cruz de Cristo) foi treinado pelo meu filho Rui Severino

 

> Até que enfim que alguém no Governo se apercebeu que as corridas de cavalos a galope são uma enorme mais-valia nas economias dos países onde se realizam apostas nas corridas de cavalos. Uma antiga reivindicação do sector equestre português poderá ser uma realidade a partir de uma decisão agora tomada pelo ministro da Agricultura. Foi criado um grupo de trabalho que irá estudar o modelo a ser implementado, sendo o grupo coordenado pela Fundação Alter Real. Esperemos que a legislação mude depressa e que a economia do país possa começar a desenvolver-se com a existência de bons hipódromos à semelhança, nomeadamente, de França, Inglaterra, Itália, Brasil, Chile, EUA, Austrália, Hong Kong, Macau, Japão e China.

 

CORRIDAS DE CAVALOS: LUZ AO FUNDO DO TÚNEL

Um dos meus cavalos com as cores da "portuguese cross" à frente numa corrida da Austrália


> O projecto prevê apostas em corridas em Portugal e no estrangeiro. Promotores já se reuniram com o Governo, que ainda não deu luz verde ao projecto.

O Governo está a estudar uma nova proposta para o lançamento de apostas hípicas no País. A Liga Portuguesa de Criadores e Proprietários de Cavalos de Corrida e a Federação Equestre Portuguesa são as entidades promotoras do projecto, que propõe um modelo de apostas semelhante ao Euromilhões. Esta é mais uma tentativa de alterar a lei de 1956, que estabelece o regime jurídico das apostas em corridas de cavalos em Portugal e que as limita em exclusivo aos hipódromos.

Segundo Eduardo Serra Jorge, consultor jurídico do projecto, o projecto em discussão preconiza a "alteração do quadro legal existente", pois as "apostas em corridas de cavalos não têm nenhuma viabilidade económica" no actual regime, propondo que "funcionem como um Euromilhões dos cavalos", em que apostas integram corridas em Portugal e no estrangeiro.

O modelo que está em cima da mesa prevê que as apostas possam ser realizadas em diversos locais e meios, desde o recinto da corrida, a quiosques interactivos e pela Internet.

Porque os promotores do projecto não querem afrontar ninguém, em particular a Santa Casa da Misericórdia (SCM) - entidade com a qual já se reuniram -, poderiam até, caso houvesse interesse, ser utilizados alguns dos cinco mil pontos de venda da SCML para instalar parte dos 500 quiosques interactivos que se prevêem necessários. Segundo Serra Jorge, a SCM "mostrou-se interessada em acompanhar o processo".

NOTA: Desde sempre que inserimos na nossa barra lateral a nossa posição:

PORTUGAL DEVE TER
CORRIDAS DE CAVALOS

MONOPÓLIO DA SANTA CASA
TEM DE ACABAR

Grande vitória (republicação com vídeo da corrida)


Grande festa em Darwin, Austrália neste dia de S. Patrick (14.03.09) e onde as corridas de cavalo a galope representam o acontecimento do mês. O meu filho Rui participava como treinador apresentando o cavalo 'Bluegrass', numa corrida de 1.000 metros (Ver video da corrida em 'Race Replay - Race 2'). Para grande alegria minha acabo de ver na net que o seu cavalo venceu a corrida.

14 March 2009 - Fannie Bay - Race 2
(Last Updated: 14/03/2009 19:58:01)


INDIANBRIDES.COM MDN PLATE 1000m: 4.40 fav BLUEGRASS (gr m 4y Fasliyev (USA) - Zasu Rhythm. Trainer: R Severino) 56 (Brendon Davis) 1, 5.00 PENTOOPAPER 58 (S Sheargold) 2, 6.00 HEZA COMMANDS 58 (P Shiers) 3.
Then followed: 17.00 Abrutzo 5.00 Slick Spirit 7.00 Only For You 26.00 Must Make Magic 9.00 Dasherway 11.00 Stance 26.00 Viggo 21.00 Pure Strategy last. Scr: Figure Skater, Silver Pegasus, Bayou Blitz. Sht nk, 1/2 len. Time: 0:57.47. (Last 600m 35.60).

Apassionata - Grand Voyage




Reconhecido como o espectáculo equestre de maior sucesso da actualidade, a Apassionata regressou ao Campo Pequeno, em Lisboa, ontem, hoje e amanhã, com um novo espectáculo intitulado "Grand Voyage".
Cerca de 45 cavalos das mais nobres raças, protagonizam momentos musicais, de humor e de equitação acrobática. Em "Grand Voyage" poderá apreciar a beleza dos cavalos islandeses num sapateado contagiante, o samba de um pónei Shetland e o espantoso can-can protagonizado por cavalos Frisão. A Alta Escola também está presente na graciosidade dos movimentos de cavalos Andaluzes e Lusitanos.

A actriz Ana Brito e Cunha é a anfitriã deste espectáculo que não estaria completo sem a presença dos Cavalos American Quarter e suas famosas habilidades de rodeo.

Os portugueses adoram cavalos. Portugal tem cavalos de raça e reconhecidos entre os melhores em todo o mundo. Portugal não tem corridas de cavalos a galope devido a uma decisão deste Governo que anulou um decreto aprovado pelo Governo anterior de Pedro Santana Lopes. As corridas de cavalos a galope poderiam constituir um dos maiores sustentáculos da economia nacional. A mafia dos outros jogos de apostas não o permite.

O meu filho regressa às corridas


A nova temporada de Corridas de Cavalos a Galope vai ter início na Austrália e em Darwin o meu filho Rui é treinador. No ano passado conquistou o troféus para o treinador do melhor cavalo com três anos de idade. É o único treinador português em toda a Austrália. As suas cores são o azul de fundo com a Cruz das caravelas portuguesas, registada nos livros oficiais para todo o país como "portuguese cross". Aqui vos deixo com muito orgulho e satisfação a corrida do seu regresso, marcada para sexta-feira.

Fannie Bay - 20 February 2009


Race 3
5:25pm
Victorian Bushfire Appeal (76)
Restricted 76 Handicap Min Hcp Wgt: 55.0kg Apprentices Can Claim
$11,000
1300m

TAB NumberHorse NameBarrier PositionWeightJockeyTrainer
1Faslination259.0B HuppatzMs T Halter
2Jorston458.5Brendon DavisR Severino
3Carneggan Jester857.5Ms V ArnottMs K Hughes
4Mr Troubadour357.5S Sheargold (a 2.0)Ms K Hughes
5Testagold657.5S Hillebrand (a 2.0)S V Brown
6Goodonya Ziggy556.5T WalshMs K Hughes
7Leica Con756.0S RidlerS A Clarke
8Diamond Rains155.5D BatesG Clarke

O cavalo chateado


- Calma, calma! Chega para lá!
- Espera! Eu sou cavalo mas não sou parvo! Tu és a namorada do primeiro-ministro, não és?
- Sou,sim! Porquê?
- Tens de falar com ele por mim... pergunta-lhe qual a razão porque continua a ser proibido uma coisa que resolvia o problema da economia em Portugal...
- O quê?
- Pergunta-lhe porque é que ainda não temos corridas de cavalos a galope, ok?

O mundo e eu (16)


As corridas de cavalo a galope são uma das maiores riquezas na economia de países como a Inglaterra, Irlanda, França, EUA, Austrália, Brasil, Chile, Itália e tantos outros. Portugal como é um país sem dívida externa, sem desemprego, sem pobres, sem taxas de juros, mas com muito petróleio, ouro e diamantes dá-se ao luxo de rejeitar as corridas de cavalo a galope em defesa de uma Santa Casa da Misericórdia que lamentavelmente sempre boicotou legislação nesse sentido, para depois termos a assistência santa e miserável que conhecemos, sem nunca sabermos para onde vai parar o dinheiro do Euromilhões e das lotarias. O meu filho é o único treinador português de cavalos de corridas a galope na Austrália com várias vitórias já conquistadas como se pode ver nas imagens. Bons tempos em que eu estava a seu lado. Resta-me alguma esperança para o ter em Portugal, caso as lutas dos "carolas" de Ponte de Lima e da Alter, por corridas no nosso país, saiam vencedoras contra tudo e contra todos os acomodados aos milhões santos...