Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Pau Para Toda A Obra

Pau Para Toda A Obra

'magalhães' naufragou

 

> Era uma vez um primeiro-ministro que combinou com um amigo que era importante inventar uma fábrica de mini-computadores para distribuir pelas escolas e vender aos milhares para outro amigo venezuelano. A fábrica deve ir à falência porque a fundação do tal 'Magalhães' não presta contas desde 2009, deve dezenas de milhões de euros e ainda por cima os computadores oferecidos aos putos vendem-se em todas as feiras.

Governo quer extinguir Fundação para as Comunicações Móveis.

 

 

palmas

 

 

> Palmas para a 'Lusomedicamenta'. O nosso aplauso para uma empresa 100% portuguesa que está a dar cartas em todo o mundo. A Lusomedicamenta fabrica para as maiores farmacêuticas mundiais e exporta para mais de 50 países. Tudo em Portugal, por portugueses.

A Lusomedicamenta representa um novo "tipo" de empresa multinacional. A nacionalidade da totalidade dos seus 220 trabalhadores é portuguesa, e as duas unidades de fabrico são todas localizadas em Portugal (em Queluz e na Póvoa de Santo Adrião). O seu negócio, no entanto, está espalhado por mais de 50 países, localizados nos cinco continentes. Um aplauso bem merecido.

 

COMPUTADOR SÓ HÁ 1, O MAC E MAIS NENHUM


> A revista americana Fortune, divulgou o seu tradicional ranking das empresas mais admiradas do mundo. O estudo conta com a participação de executivos do mundo todo que avaliam diversos quesitos de mais de 600 empresas globais.

1º. Apple
2º. Google
3º. Berkshire Hathaway
4º. Johnson & Johnson
5º. Amazon.com
6º. Procter & Gamble
7º. Toyota Motor
8º. Goldman Sachs
9º. Wal-Mart
10º. Coca-Cola

Fonte: Fortune
Ranking completo neste link.

In Lista 10

TAP em boas mãos

A TAP está a atravessar uma crise grave na sua sustentação financeira e tem perdido milhões de euros nos últimos meses devido ao aumento do preço do crude. Os trabalhadores já decidiram ir para a greve devido à administração da TAP não lhes responder concretamente sobre as suas preocupações e reivindicações.
Mas, no reino da administração da TAP acontece o milagre das rosas, aliás, dos pintos. O presidente da administração, o brasileiro Fernando Pinto, quadriplicou o ordenado em cinco anos. Segundo o semanário Sol, Pinto passou o seu ordenado de 190 mil euros no ano que iniciou a actividade de gestor na companhia para 1,2 milhões em 2007.
É fartar vilanagem...

Águas de Portugal no vermelho

O Tribunal de Contas descobriu que a situação financeira na empresa 'Águas de Portugal' é caótica e que se encontra à beira do colapso. Há accionistas que estão na falência. O TC indica no seu relatório que a gestão foi catastrófica e que prejudicou em milhões de euros a empresa. É importante perguntar o que irá acontecer aos responsáveis desta situação, os quais estão todos bem na vida com uma vida faustosa e luxuosa.
Entretanto, ouvimos falr em aumento do preço da água ao consumidor. Depois não venha o primeiro-ministro dizer que ninguém fazia ideia que pudesse vir aí uma revolta social...