Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Pau Para Toda A Obra

Pau Para Toda A Obra

O ROUBO FOI ENORME

> Hoje, a notícia que mais me impressionou diz respeito às facturas falsas apreendidas no Ministério das Finaças no valor de sete milhões de euros só com o sector da sucata.
Dá que pensar. Temos o direito de pensar no montante exorbitante roubado a todos nós se atendermos que facturas falsas podem existir relacionadas com outros sectores, nomeadamente, com estradas, auto-estradas, pontes, barragens, açudes, material do Exército, da Força Aérea, da Marinha, da PSP, da GNR, viaturas do Estado, material informático, material eléctrico, mobiliários, cerimónias, banquetes, viagens, e tanta, tanta despesa que foi direccionada para os mais diversos sectores e que envolveu milhares de milhões de euros.
À primeira vista, se as facturas falsas atingirem o que pensamos nos últimos 20 anos, o roubo foi enorme e muito nos admira como é que Portugal ainda não chegou à bancarrota...

OS SENHORES DAS FINANÇAS

- Bom dia, papá!... Ainda estás na cama?... Estás na sorna, não é?

- Olá, meu querido! Dormiste bem?

- Dormi! Olha, hoje como é sábado podíamos ir lá ao parque e jogávamos um bocado à bola...

- É longe, querido!

- Vamos de carro, não é longe! Não tens dinheiro para a gasolina, é papá?

- Não é isso, querido!... Aqueles senhores das Finanças levaram-nos o carro...

DOS PIORES


> Razão tem Medina Carreira quando prova por A mais B que as finanças do país estão pela rua da amargura e que o país com 100% de endividamento estará à beira da falência. Com um ministro das Finanças que internacionalmente é classificado como um dos piores, naturalmente, que não há esperança por melhores dias que valha.
Teixeira dos Santos, classificou-se no 15º lugar, numa lista de 19 do ranking do jornal britânico 'Financial Times' que se centrou na Europa a 27, deixando, no entanto, de fora as economias mais pequenas.
Num ano de crise, difícil para os titulares das pastas das Finanças, Teixeira dos Santos foi considerado “um sobrevivente” conseguindo por isso uma melhor posição este ano do que em 2008, ano em que ficou em último lugar.

Contudo, foi penalizado por “uma economia com grandes fraquezas estruturais e défices externos em escalada”. A francesa Christine Largarde foi considerada a melhor ministra das Finanças. Venceu sobretudo pela atitude internacional quando os temas foram a regulação e o futuro da banca. Esta lista, realizada pelo quarto ano, baseia-se em informações dos países de cada ministro e na opinião de um júri composto por sete economistas europeus. São três os níveis de pontuação: política, económica e de credibilidade. Se Teixeira dos Santos consegue o 15º no ranking total, ao nível político fica-se pelo 17º, na credibilidade pelo 12º lugar e é 8º no económico.

FISCO JÁ REEMBOLSOU TODOS QUE ENTREGARAM IRS PELA NET

Finanças Bom trabalho

> Os reembolsos das declarações de IRS entregues por via electrónica ficaram concluídos na semana passada, anunciou o Ministério das Finanças em comunicado.

A conclusão ocorreu mesmo antes do prazo antecipado determinado pelo Governo que terminava esta terça-feira, dia 30 de Junho. Mas, mais do que isso, os reembolsos foram ainda concluídos mais de dois meses antes do prazo final relativo à 1ª fase, que está estabelecido na Lei (31 de Agosto) e mais de 3 meses antes do final do prazo legal relativo à 2ª fase (30 de Setembro). As Finanças esclarecem ainda no mesmo comunicado que, desde 17 de Abril de 2009 até ao passado dia 25 de Junho, foi autorizada a emissão de 1.77 milhões de autorizações de créditos (reembolsos de IRS), no valor de 1.444,5 milhões de euros.

Deste total, 1,26 milhões de reembolsos dizem respeito à primeira fase, e ascendem a 884,3 milhões de euros, enquanto que os restantes 511.108 reembolsos, no valor de 560,2 milhões de euros, correspondem à segunda fase. Os reembolsos da 1ª fase pagos entre Abril e Maio correspondem às declarações apresentadas via Internet nos meses imediatamente anteriores. A emissão dos créditos correspondentes às declarações de IRS da 2ª fase apresentadas (via Internet) em Abril e Maio de 2009 foi concluída dia 25 de Junho.

Governo cumpriu

O que é verdade deve realçar-se. O Governo de Sócrates prometeu que reembolsava os contribuintes que enviassem por Internet as declarações do IRS até ao fim de Abril. Cumpriu e milhares de pessoas já viram o dinheiro na sua conta bancária. Encómios para o Ministério das Finanças.

Educação, boas maneiras, etiqueta e respeito na Função Pública, precisa-se!!!

Um leitor do PPTAO deu-me conta do e-mail que enviou para o Ministério das Finanças indagando sobre o reembolso do seu IRS.
O cidadão escreveu assim:

"Boa tarde o meu nif é o ......... e tenho no resumo de cobrança a nota
que o reembolso foi emitido a 27/04, pois bem, como até hoje não está
depositado na conta que indiquei e como foi noticiado, a minha questão
é a seguinte:
é verdade que o mesmo é pago ainda este mês de Abril?
obrigada"

A resposta enviada pelo endereço dsirs@dgci.min-financas.pt foi a seguinte:

"vai"

Despesa leva à falência

Portugal está a endividar-se assustadoramente. A despesa voltou a aumentar com o lado das receitas a ser uma miragem. As receitas fiscais cairam mais de 12% nos últimos três meses. A Islândia em Portugal é que pode não ser uma miragem...

Resposta do ministro das Finanças: "Está tudo controlado!". Deve estar a referir-se a corridas de automóveis onde existem as derrapagens controladas...