Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Pau Para Toda A Obra

Pau Para Toda A Obra

Rui Santos arranjou amigo de peso

O polémico comentador desportivo da SIC, Rui Santos, arranjou um aliado de peso para a sua campanha "Pela Verdade Desportiva. A "verdade" é que o Presidente da República também deve acompanhar as coisas da bola, das arbitragens, da "fruta", dos apitos dourados e dos envelopes fora de horas. Cavaco Silva anunciou a sua adesão e apoio à campanha. Agora é que o Rui Santos fica imparável... até já comprou novo gel para os neurónios...

Cartas

O Presidente da República tem um site. O presidente Cavaco está sempre a dizer por onde quer que ande que os portugueses podem dirigir-se-lhe através de email ou carta. O Chefe de Estado e a sua mulher já manifestaram por diversas vezes que estão receptivos aos problemas, necessidades e injustiças que afectem os portugueses. Centenas de pessoas já escreveram ao Presidente a dar-lhe conta de factos que as afectam ou que as prejudicam. Tenho conhecimento que em muitos casos o Presidente deu andamento aos queixumes, apelos e exposições apresentadas. Noutros casos, o Presidente encaminhou os assuntos para certas tutelas da governação e essas tutelas assobiaram para o lado.
Mas, o que era impensável acaba de acontecer. Um cidadão enfermeiro ao sentir-se injustiçado no local de trabalho - Hospital de S. João, Porto - escreveu ao Presidente dando-lhe conta do comportamento ignóbil que as suas chefias têm vindo a praticar para com ele e outros funcionários.
Lamentavelmente, o resultado da atitude do enfermeiro foi um processo disciplinar e uma queixa-crime por parte da administração do hospital. Se o tribunal der razão ao hospital o enfermeiro arrisca-se a ser despedido ou mesmo preso.
E o senhor Presidente não vai interceder contra esta camarilha que não gosta de ouvir as verdades e que já chegou ao cúmulo de aproveitar as férias do enfermeiro e transferi-lo de serviço sem seu conhecimento? E o senhor Presidente não vai tomar uma posição dura contra a administração do hospital, porque tudo isto aconteceu devido ao senhor Presidente ter enviado a carta do enfermeiro para o Ministério da Saúde e este para o Hospital de S. João?

Conclusão: falar mal só em casa. Há uma nova PIDE.

O meu nome (6)

CARLA

Vem do italiano 'Carla', feminino de Carlo e equivalente de Carlos.

Carla é uma mulher bastante segura de si, misteriosa. Não gosta muito de falar, prefere ouvir e analisar. Coloca a verdade acima de tudo. Tem uma vida interior agitada e é frequentemente uma solitária. O grande lema de Carla é "mais vale só que mal acompanhada". Quando finalmente consegue desembaraçar-se das suas dúvidas torna-se uma pessoa muito apreciada (muitas vezes um líder) com algo de guru e de feiticeira à mistura.

Número: 8
Planetas: Marte e Plutão

In 'Nomes Próprios', Ana Belo

O meu nome (5)

HUMBERTO

Vem do germânico "hun" (gigante) e "berht" (brilhante). Santo Humberto nasceu no século XII, era conde de Sabóia; aos 13 anos fazia um retiro numa abadia quando foi obrigado a partir para a guerra. Regressado, foi obrigado a sair novamente da abadia para se casar e dar um herdeiro à Casa de Sabóia. Aceitou contrariado, mas teve ainda de casar e enviuvar quatro vezes, antes de conseguir finalmente regressar à calma da abadia.

Humberto adora o imprevisto. Apesar de ser tímido, fica radiante por poder brilhar em sociedade mal tem um pouco de desafogo económico. Utopista, está mais preocupado com o futuro do que com o passado. Homem complicado, tem contudo uma aparência de simplicidade.

Número:3
Planeta: Júpiter
Festa: 3 de Novembro

In "Nomes Próprios", Ana Belo

O meu nome (4)

MARIA

Há duas probabilidades para a sua etimologia: do hebraico "Miriam", formado por 'mar' (gota) e 'yâm' (mar) ou do hebraico "myriam" (vidente) que resultou "Maria" em latim e "Maria" em grego. É do conhecimento geral que a Virgem Maria era filha de Ana e Joaquim e que depois da morte de seu filho Jesus se tornou a "mãe de todos os homens" e que subiu ao céu a 15 de Agosto. Maria é o nome mais comum há séculos e em quase todo o mundo. A sua composição com outros nomes em Portugal é infinita, como primeiro ou segundo nome.

Maria possui sem dúvida uma bela e forte personalidade. Inspira confiança com o seu ar grave e sério e seduz de imediato pela sua graça inata, a sua feminilidade tranquila. É ambiciosa e gosta de governar, estando plenamente convencida do seu mérito para o fazer. Leal e honesta, segura e orgulhosa, recusa qualquer tipo de compromisso. É bastante melindrosa e susceptível quando se sente atingida no seu amor-próprio.
O amor é a motivação principal de Maria: o amor pelo belo, pela justiça, por um ideal e por ela própria. Sentimental e selectiva, exclusiva e é incapaz de enganar. Realiza-se frequentemente através da criação, de uma forma muito pessoal e original.
Maria tem grandes ambições mas também sabe renunciar e viver só, quando se sente ameaçada pela mediocridade.

Número: 6
Planeta: Vénus
Festa: 15 de Agosto e 1 de Janeiro

O meu nome (3)

ADELAIDE

Vem do germânico "adal" (nobre) e "haidu" (qualidade)

Adelaide é anticonformista, sociável e muito versátil. Feminina, com queda para o teatro, gosta do jogo da sedução e não desgosta da mistificação. Libertária, tem horror aos constrangimentos, à rotina e à falta de humor. Facilmente se deixa deslumbrar por um rapaz "com um encanto louco", como por um vestido "verdadeiramente espantoso" ou um trabalho "tal qual tinha sonhado". Infelizmente regressa à terra tão rapidamente como de lá saiu e cai por vezes de muito alto...
O realismo não é decididamente o seu ponto forte.
Trunfos: adaptabilidade, originalidade, facilidade de comunicação.
Defeitos: é superficial, inconstante, influenciável e oportunista.
Número: 5
Planeta: Mercúrio e Urano
Festa: 16 de Dezembro

In "Nomes Próprios", Ana Belo

O meu nome (2)

EDUARDO

Vem do inglês arcaico "ead" (rico) e "weard" (guardião).

São Eduardo, o Confessor, foi no século XI rei de Inglaterra, antes da invasão de Guilherme, o Conquistador. Deve-se-lhe a construção da abadia de Westminster.

Eduardo é anti-conformista por natureza, por vezes desinteressado e livre, outras apaixonado e escravo. No plano social, Eduardo gosta de se dar com as camadas marginais, sem contudo perder de vista as classes altas.
Para preservar a sua independência, nunca se compromete com obras longas, reservando assim o direito de explorar novos caminhos ao sabor da fantasia. Tem tantas afinidades com a arte como com as técnicas do progresso mas não é carreirista. Este boémio romântico tem um espírito livre permanecendo, contudo, escravo dos desejos do seu coração.

Número: 5
Planetas: Mercúrio e Urano
Festa: 5 de Janeiro

In "Nomes Próprios", Ana Belo

O meu nome (1)

CATARINA

Catarina vem do grego "Kathará", "pura". Santa Catarina de Sena viveu no século XVI tendo entrado para a ordem das Dominicanas e, além de ter escrito uma vasta obra (foi a primeira mulher a fazê-lo no seio da Igreja), criticou abertamente a vida corrupta da maior parte do clero.

O inconsciente das Catarinas está sempre muito atarefado. Elas vivem num estado de sonho permanente: histórias espantosas sobre o poder do amor, contos de fadas e alguns filmes de terror sobre a precaridade das coisas.
Catarina é inconstante e vive ao sabor das suas emoções: ora alegre e confiante, ora escondida e assustada. O seu maior problema é a insegurança. Como é intuitiva e persistente, acaba por compreender que, ao ser ela própria, alcança a segurança.
Catarina tem o dom de convencer e sabe usá-lo quando é preciso. É uma mulher independente e orgulhosa. É um nome muito feminino.

Número: 4
Planetas: Marte e Saturno.
Festa: 25 de Novembro


In 'Nomes Próprios', de Ana Belo