Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Pau Para Toda A Obra

Pau Para Toda A Obra

paulo de carvalho na cabana dos parodiantes

 

 

> Paulo de Carvalho já faz parte da história da música e das cantigas portuguesas. O cantautor sempre esteve ligado aos irmãos Ruy e José Andrade, dos Parodiantes de Lisboa. Chegou mesmo a fazer parte da equipa de futebol da maior produtora de programas de humor na rádio, em Portugal. Possivelmente, Paulo de Carvalho irá emocionar-se quando estiver de visita à Cabana dos Parodiantes, em Salvaterra de Magos. O encontro entre os amigos da Cabana e o prestigiado artista terá lugar no próximo dia 8, 5ª feira, pelas 22:00 horas, numa iniciativa do proprietário da Cabana e artista plástico, Fernando Andrade.

Paulo de Carvalho na Cabana dos Parodiantes...um sonho tornado realidade!

 

 

 

só nós três

 

 

> Os cantautores Paulo de Carvalho, Fernando Tordo e Carlos Mendes voltam a estar juntos com o espectáculo "Só Nós Três", esta noite no Casino Estoril, num reencontro 22 anos depois da primeira apresentação. "De lá para cá já se passou muita coisa, mas curiosamente parece que mantemos a mesma voz, pois não foi preciso alterar os tons dos arranjos musicais. Não estragámos nada a nossa voz", disse à Lusa Fernando Tordo, que compôs propositadamente para este espectáculo a canção "Três Vezes Vozes".

Além das "canções incontornáveis" de cada um dos intérpretes, todos eles com vitórias no Festival RTP da Canção, o concerto apresentará novas canções e será o ponto de partida para uma digressão nacional dos três cantores e compositores.

"É claro que estas canções só fazem sentido connosco, 'só nós três', pelas histórias que partilhamos e pelo percurso de quase todos à beira dos 50 anos, e também mostrar à malta nova como se mantém uma carreira", prosseguiu Tordo.

"É preciso ver que estamos a falar de uma cultura e é muito engraçado termos sobrevivido a isto tudo", advertiu o cantor. "Apenas queremos demonstrar que as carreiras longas são difíceis e que é preciso muito trabalho", rematou.

"Cavalo à solta", "Adeus Tristeza", "Tourada", "Depois do Adeus", "Os Meninos do Huambo" e "Amélia dos Olhos Doces" são os "temas incontornáveis" dos três intérpretes e que serão ouvidos no Salão Preto e Prata do Casino ao lado de temas recentes como "O Meu Mundo Inteiro", composto por Paulo de Carvalho, "Caso Perdido" e "Três Vezes Vozes", por Tordo, ou "Vi as Águas", música de Carlos Mendes para um poema de Sophia de Mello Breyner Andresen.