Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Pau Para Toda A Obra

Pau Para Toda A Obra

só falta o pacheco pereira

 

> Este Governo é masoquista. Depois de um assessor para o gabinete de Miguel Relvas que passava o tempo a arrasar Passos Coelho na bloga, temos agora o Pedro Santana Lopes na Santa Casa da Misericórdia. Pelos vistos, a vida está boa para aqueles que gastaram o tempo a criticar o novo líder do PSD. Ou os tachos são para os calarem de vez?

Não aceito esta nomeação de Santana Lopes para um cargo que move milhares de influências e que faz correr muito dinheiro. E ainda houve a pouca vergonha de informar os média de que o tacho da Santa Casa não seria remunerado... É preciso ter lata. Pela minha parte, aceitava já o cargo "não remunerado". Acontece que de certeza iria ficar muito rico só a negociar o imenso aprovisionamento que é necessário para todas as instituições que dependem da Santa Casa. Pouca gente faz ideia do que é o mundo da Santa Casa, mas o tacho tem de ir para um ex-primeiro-ministro, precisamente devido à sua importância peculiar. Quanto a Santana Lopes sempre pensei que tivesse um pouco mais de dignidade. Se se trata de um cargo "sem importância" que nem merece remuneração, um ex-primeiro-ministro não desce tão baixo...

Santana Lopes na Santa Casa sem remuneração, 'Diário de Notícias'.

 

santanete não tem partido

 

 

> O PSD procura uma estratégia de unidade para enfrentar os tempos próximos que se adivinham complexos e de grande sacrifício. O PSD tem um novo líder que paulatinamente tem procurado demonstrar aos seus militantes e simpatizantes que a sua experiência na vida política já tem muitos anos e o seu início teve lugar numa das melhores escolas para jovens interessados na matéria, como a JSD.

O PSD tem reunido várias individualidades que se encontravam afastadas, por desalento, dos meandros políticos. O PSD tem procurado cativar quem nunca pensou em alistar-se numa força partidária. O PSD tem tentado "limpar" da sua plataforma decisória um punhado de ovelhas ranhosas que há anos conspurcam o nome do partido nas Juntas de Freguesia, Câmaras Municipais, empresas municipais e Assembleia da República. Esperemos que o consiga.

O PSD, goste-se ou não dele, é o único partido que pode servir de alternativa governativa aos ditos socialistas. Em face disto, não se compreende como é que um indivíduo que andou sempre na ribalta política, e a viver dela, que chegou a primeiro-ministro mas que rapidamente saiu fora por incompetência, ainda tem a coragem de tudo fazer para que o PSD se transforme em terra queimada. Pedro Santana Lopes não tem o direito moral, cívico e político de andar a destruir a acção mobilizadora e unificadora de Pedro Passos Coelho, pela simples razão de se sentir um frustrado político criticado em todos os areópagos da sociedade. E não tem esse direito porque Santana Lopes não tem partido. O seu partido sempre foi o Partido Popular Democrático (PPD) e este que existe liderado por Passos Coelho denomina-se Partido Social Demacrata, uma instituição completamente diferente daquela que Santana Lopes reivindica. No mínimo, poderia enveredar pela dignidade e pela verdade políticas recriando o seu PPD, o tal partido de direita conservadora do qual os sociais-democratas não têm qualquer saudade.

 

santana lopes tinha 'girls' no governo

 

> Quem o disse foi o ministro das Finanças e escandalizou a Assembleia da República. Mas não defendem que as verdades são para serem ditas? Então, depois de um deputado do PSD ter acusado um gasto astronómico num jantar da ANACOM, Teixeira dos Santos respondeu que o jantar da ANACOM foi promovido por 'girl' nomeada por Santana...

COR-DE-ROSA

> As revistas cor-de-rosa são um veneno que deviam ser abulidas do planeta. Não sei se haverá algo pior do que passar-se o tempo a tentar saber a vida íntima e as relações pessoais de cada um que passou a ser vedeta de televisão, cinema, teatro, político, escritor ou simplesmente companheira de um qualquer presidente de clube de futebol. Às publicações cor-de-rosa só interessa o casa-descasa, na cama com quem, a nova namorade de, os "palitos" da e do, a roupinha que veste ou que despe, a celulite de A ou B, a plástica da Caneças ou da Aparício, os cabelos brancos do Pedro Santana Lopes. E por falar em Santana Lopes, imaginem vocês que uma revista dessas até se deu ao desplante de noticiar nada mais falso que o veredor social-democrata ter mudado de companheira. Que teria deixado a avenida de Roma e que já estaria a viver com uma Dina de trinta e poucos anos. Deve ser uma invenção cor-de-rosa porque ainda anteontem vi Pedro Santana Lopes no café do costume junto à sua residência... só se foi buscar a mala.

HONROSO CONVITE

Pedro Santana Lopes Bloggers à mesa

> O JORNAL DO PAU foi distinguido com um honroso convite para se inscrever num encontro que Pedro Santana Lopes, candidato a presidente da Câmara de Lisboa, irá manter com vários bloggers. Agradecemos a distinção, mas não nos é possível a inscrição por nos encontrarmos fora de Lisboa.

SANTANA ATACA COSTA

Bairro Alto Horários por impulso

> A candidatura encabeçada por Santana Lopes (PSD) à Câmara de Lisboa acusou, em comunicado, o presidente da autarquia, António Costa (PS), de ter gerido "sobre impulso" e de "forma casuística" a questão dos horários dos estabelecimentos do Bairro Alto.

"Os avanços, os recuos e as contradições desta Câmara vão sendo cada vez mais notórias à medida que nos aproximamos das eleições. Aliás, já ninguém estranha pois basta ver a evolução das posições de António Costa e de Sá Fernandes sobre matérias estratégicas e determinantes para o futuro de Lisboa, como nos casos do terminal de contentores e da terceira travessia do Tejo", refere a coligação "Lisboa com sentido".

Em texto que cruza uma retrospectiva dos horários de funcionamento dos bares do Bairro Alto com questões ao presidente da Câmara de Lisboa, a candidatura do ex-primeiro ministro assinala que "já é longa" a questão dos horários de funcionamento dos bares, definindo como "avulsas e contraditórias" as medidas tomadas por António Costa ao longo do tempo.

"António Costa, como é sabido, diz-se 'bom de contas', e na comparação entre o número dos utentes e moradores do Bairro Alto, terá chegado à óbvia conclusão que os utentes, sendo uma maioria largamente superior, darão mais votos?" - questiona a candidatura "Lisboa com sentido".

"São lamentáveis as figuras que algumas pessoas se dispõem a fazer só para tentarem manter o poder", finaliza o texto.

Os estabelecimentos comerciais do Bairro Alto, em Lisboa, vão passar a estar abertos até às 03h00 às sextas-feiras, sábados e vésperas de feriados, uma "solução de equilíbrio", segundo notou na ocasião fonte da autarquia à Lusa, que entra em vigor a partir desta semana.

António Costa, presidente da autarquia de Lisboa, reuniu sexta-feira com os presidentes das juntas de Encarnação e de Santa Catarina, com representantes da Associação de Comerciantes do Bairro Alto, com a Polícia Municipal e da Polícia de Segurança Pública (PSP), tendo sido aprovadas várias medidas, depois de uma avaliação geral.

Os horários mais restritivos no Bairro Alto haviam sido aplicados em Novembro de 2008 como parte integrante do plano de intervenção da autarquia para a zona.